PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Diet ou Light?

Karl Lagerfeld criou o design das edições limitadas da Coca-Cola Light e da Diet Coke, lançadas em Paris. A nutricionista Eliane Romantini explica o que, afinal, é melhor para a dieta: diet ou light?

É muito comum ver quem está de dieta consumir versões light ou diet dos alimentos. Basta ir ao supermercado para ficar à caça daqueles que prometem ser a salvação, ou seja, os menos calóricos. Aí, pensamos que escolhendo esses produtos, o problema está resolvido e iremos, num passe de mágica, perder o peso desejado. Infelizmente, temos más notícias, não é bem assim. Para começar, você sabe qual a diferença entre alimentos light e diet? Se não sabe e costuma consumi-los apenas por conta das categorias em que se encontram, você está no caminho errado

Há quem consuma produtos diet por acreditar que são livres de açúcar e assim vão perder peso mais rápido. Também tem quem ache que os alimentos light não têm gordura e, por isso, podem comê-los à vontade que não vão engordar. Não é nada disso.

O que é diet

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), produtos diet são aqueles que excluem algum tipo de nutriente, como açúcar, gordura, sódio, carboidratos ou proteínas, da composição do alimento. Eles são feitos especialmente para pessoas que têm alguma patologia, como diabetes, hipertensão ou algum tipo de alergia. Portanto, quem está de dieta e consome um chocolate diet, por exemplo, achando que não vai engordar, está enganado. É que, apesar de não ter açúcar na composição, ele possui até 20% mais de gordura que o tradicional. Além de mais gordura, alimentos que não contêm açúcar costumam ter mais sódio e sorbitrol, adoçante derivado da glicose e da frutose, que é bastante calórico. Ou seja, não parece ser um bom negócio para quem está de dieta, certo? Melhor deixar alimentos diet para os diabéticos.

O que é light

Já os produtos light são aqueles que têm uma redução mínima de 25% da quantidade de qualquer ingrediente, como açúcar, sódio e gordura, comparado à versão convencional do mesmo alimento. Eles são indicados para quem tem como meta perder ou simplesmente manter o peso. Porém, cuidado! Ao contrário do que muita gente acredita, as versões light não são isentas de gordura. Apenas, em alguns casos, têm uma quantidade menor deste nutriente em comparação à fórmula original. Por isso, a nutricionista Eliane Romantini, alerta para que não exagerar na quantidade consumida. “Há quem ache que só porque está comendo um alimento light pode consumir o dobro do que a versão convencional, o que não é verdade. Quem ingere estes produtos em excesso pode acabar consumindo mais calorias do que se tivesse optado pela fórmula original”, diz. Portanto, moderação na hora de consumir os produtos light!

Light X Diet

Uma boa saída para quem se preocupa com a saúde e a boa forma é ler e interpretar os rótulos dos alimentos antes de comprá-los. Não encha o carrinho do supermercado com alimentos só por fazerem parte das categorias “light” ou “diet”. Como mostramos acima, um alimento pode ser isento de açúcar, mas rico em gordura. A melhor forma de saber se está fazendo a escolha certa é ler a composição nutricional dos alimentos e comparar as versões light e diet com as convencionais. O recomendado é comprar aquelas que mais se encaixam com o seu objetivo e suas necessidades.

Chave da dieta

A preferência pelas versões light dos alimentos também não exclui os bons hábitos alimentares. Há quem ache que só porque optou pelo pão light pode abusar em outras refeições. Não, não pode. Disciplina e mudança dos hábitos alimentares são a chave da dieta. Prefira frutas, verduras, legumes e alimentos naturais sempre. Entre uma barrinha de cereal light e uma maçã, por exemplo, fique com a fruta!

Eliane Romantini: Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Karl Lagerfeld created a limited edition design for Coca-Cola Light and Diet Coke launched in Paris. The nutritionist Eliane Romantini explains what, after all, is better for the diet: diet or light?
It is very common to see who is consuming dietary fat versions of food or diet. Just go to the supermarket to get to hunting those who promise to be the salvation, that is, the fewer calories. So, we think that choosing these products, the problem is solved and we will, magically lose the desired weight. Unfortunately, we have bad news, not quite. To begin with, you know the difference between light and diet foods? If you do not know and usually eat them only on account of the categories in which they are, you’re on the wrong track
There are those who consume diet products because they believe they are sugar free and so will lose weight faster. We also have people who think that light foods are fat and therefore can eat them at home they will not get fat. Nothing like that.
What’s diet
According to the National Health Surveillance Agency (ANVISA), diet products are those that exclude some kind of nutrient such as sugar, fat, sodium, carbohydrates or proteins, the composition of the food. They are specially made for people who have a condition such as diabetes, hypertension or any type of allergy. So who is diet and consume a diet chocolate, for example, thinking that will not get fat, you’re mistaken. This is because, despite having no sugar in the composition, it has up to 20% more than the traditional fat. In addition to more fat foods do not contain sugar tend to be more sodium and sorbitrol, sweetener derived from glucose and fructose, which is very high in calories. That is, there seems to be a good deal for anyone on a diet, right? Better leave food diet for diabetics.
The light that is
Since the light products are those having a reduction of at least 25% of the amount of any ingredient, such as sugar, sodium and fat compared to the conventional version of the same food. They are suitable for anyone who has a goal to lose weight or simply maintain. But beware! Contrary to what many believe, the light versions are not free from fat. Only in some cases have a smaller amount of nutrient in comparison to the original formula. Therefore, the nutritionist Eliane Romantini, cautioned against exaggerating the amount consumed. “Some people think that just because a food is eating light can consume twice as much as the conventional version, which is not true. Who eats these products in excess can end up consuming more calories than if you had opted for the original formula,” says . Therefore, moderation in time to consume light products!
X Light Diet
A good solution for anyone concerned with health and fitness is to read and interpret food labels before buying them. Do not fill the grocery cart with food just by being part of the category “light” or “diet”. As discussed above, a food can be sugar free, but rich in fat. The best way to know if you are making the right choice is to read the nutritional composition of food and light versions, and compare with the conventional diet. The recommended approach is to buy ones that most fit with your goal and your needs.
Key Diet
The preference for low-fat versions of foods also does not exclude good eating habits. Some people think that just because they opted for light bread can be abused in other meals. No, it can. Discipline and change of dietary habits are the key to the diet. Choose fruits, vegetables and natural foods ever. Among a cereal bar and a light apple, for example, keep the fruit!

30/03/2012 Posted by | Bem Estar, Saúde | Deixe um comentário

Aman Sveti Stefan, Montenegro

Com esplêndida beleza natural, praias em pitorescas enseadas, lagos com cristalinos e montanhas circundando a região, Montenegro é considerado a pérola do Mediterrâneo. É nesse paraíso natural que se esconde o hotel Aman Sveti Stefan, na ilha do mesmo nome no Adriático, local repleto de história e sofisticação despojada

Na Costa Adriática de Montenegro se esconde um hotel paradisíaco com a marca de sofisticação da rede Aman Resorts. O Aman Sveti Stefan mistura a antiga grandeza européia com estilo contemporâneo, despojado, low profile e charme histórico. Fora a originalidade de estar localizado no Balcãs, o hotel está plantado em uma propriedade de 12.400m2 de pura beleza, dividida em duas partes, uma a poucos minutos da outra, ligadas entre si por um istmo. Uma parte está localizada na pequena e charmosa ilha de Sveti Stefan e a outra no continente na Villa Micocer, antigo palacete de veraneio da Rainha Marija Karadordevic, em meio a mais de 800 oliveiras centenárias.

Castelo do século XV

São 50 acomodações entre suítes e cottages, construídas em edificações de pedra originais da região. Cada uma tem décor único que inclui móveis em couro e seda, pisos em parquet, tapetes de lã artesanais feitos à mão, paredes e janelas originais do século XV e uma palheta de tons terrosos. O complexo ainda oferece terraço, pátio e umapiazza para apreciar o pôr-do-sol com máximo de privacidade e tranqüilidade. Conforme rege a filosofia da rede Aman, tudo converge para oferecer ao hóspede o máximo de tranquilidade possível. Quem busca charme em hospedagem deve escolher as suítes na ilha, que proporciona uma experiência com mais originalidade.

Villa Milocer

Para uma imersão mais profunda no mundo das rainhas balcãs e da milenar história da região, a dica é se hospedar em uma das oito suítes da Villa Milocer, cada uma com 125m². As suítes são decoradas com peças originais do palacete e possuem simpáticas sacadas debruçadas para os jardins e o azul do Adriático.

Rainha Maria Karadordevic

As duas piscinas do Aman Sveti Stefan estão estrategicamente de frente para o mar, próximas a seis cabanas-spa, onde é possível desfrutar de massagens e tratamentos exclusivos. Depois de uma caminhada de apenas um quilômetro, os hóspedes chegam a uma praia privativa do hotel conhecida como Queen’s Beach, a preferida da Rainha Marija e dos governantes do país de antigamente. A pequena enseada mede apenas 200 metros, mas é um verdadeiro paraíso privativo com água verde esmeralda e areia com seixos. Puro charme!

Gastronomia dos Balcãs

Para uma refeição despretensiosa, a opção é o Olive Tree, uma brasserie com vista para o mar e a Ilha de Sveti Stefan. No restaurante Queen’s Chair, a gastronomia italiana divide o deleite com a vista da Baía de Budva. Na Piazza estão uma enoteca, pasticceria, antipasti bar e cigarroom. Dentro da Villa, o Loggia Beach Club é perfeito para aproveitar um dia de sol nas espreguiçadeiras, enquanto se aprecia um drink. Um destino verdadeiramente único!

Insider

Viagem a Sveti Stefan, dicas de Andre e Patricia Abud:

– A cidade murada de Kotor, na Baía de Kotor, é um passeio imperdível com sua água verde cristalina e montanhas ao redor. Realmente paradisíaco! Dica: subindo até a igreja é possível apreciar uma vista panorâmica única.

– Para uma late lunch, vá ao famoso restaurante Stari Mlini, com comida típica da região rica em frutos do mar e peixes. Os pratos são servidos em panelas de ferro fundido. De lá é possível apreciar um riacho de água transparente que desemboca na baía de Kotor, o que deixa a experiência ainda mais inesquecível. http://www.starimlini.com

– Outra vista fundamental é o Skadar Lake. Vá de carro. O caminho por si só, costeando o mar Adriático, já vale a vista. No lago há um passeio de barco que leva ao Rio Rijeka Crnojevica para um almoço no restaurante Stari Most, especializado em peixes de água doce.

– A poucos quilômetros do hotel está o vilarejo de Budva, à beira-mar, onde se concentra o agito local. Ali estão ótimos restaurantes, bares, lojas e nightlife. Para os amantes de frutos do mar, a dica é reservar uma mesa no terraço do Restaurante Demizana.

– Outra cidadezinha próxima ao hotel é a pequena Przno, em uma enseada, com vários restaurantes à beira mar, com ambientesintimistas, muito agradável. O restaurante Langust serve um spaghetti com frutos do mar e molho de tomate daqueles inesquecíveis

Como chegar:

– Vôos da Montenegro Airlines saem de Roma, Paris e Londres até o aeroporto de Tivat, cidade costeira no sudoeste do Montenegro na baía da Kotor, de onde partem ostransfers que chegam direto ao hotel em 30 minutos.

– Também é possível chegar de carro a Sveti Stefanvindo de Dubrovnik, na Croácia, em apenas duas horas e meia de estrada.

www.amanresorts.com/amansvetistefan/home.aspx

André e Patrícia Abud: Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Aman Sveti Stefa, Montenegro
With splendid natural beauty, beaches in picturesque coves, with crystalline lakes and mountains surrounding the region, Montenegro is considered the pearl of the Mediterranean. It is in this natural paradise that hides the Aman Sveti Stefan hotel on the island of the same name in the Adriatic, full of history and sophistication stripped
In the Adriatic coast of Montenegro is a hidden paradise hotel brand with sophisticated network Aman Resorts. The Aman Sveti Stefan mixes the old European grandeur with contemporary style, stripped down, low profile and historic charm. Outside the originality of being located in the Balkans, the hotel is planted on an estate of 12.400m2 of pure beauty, divided into two parts, a few minutes of each other, connected by an isthmus. A party is located in the small and charming island of Sveti Stefan and the other on the continent in Micocer Villa, a former summer palace of Queen Marija Karadordevic amid more than 800 olive trees.
Castle of the fifteenth century
There are 50 accommodations from suites and cottages, built of original stone buildings in the region. Each has unique décor that includes leather and silk furnishings, parquet floors, handmade wool rugs handmade, original walls and windows of the fifteenth century and a palette of earth tones. The complex also offers a roof, patio and umapiazza to enjoy the sunset sun with maximum privacy and tranquility. As a governing philosophy of the network Aman, all converge to offer you the utmost peace possible. Whoever seeks to charm in hosting should choose the suites on the island, which provides an experience with more originality.
Villa Milocer
For a deeper immersion in the world of the Balkans and queens of ancient history of the region, the tip is to stay in one of eight suites of Villa Milocer, each with 125m ². The suites are decorated with original pieces of the mansion and have nice balconies leaning out over the gardens and the blue Adriatic.
Queen Mary Karadordevic
The two pools of Aman Sveti Stefan are strategically overlooking the sea huts near six-spa, where you can enjoy exclusive massages and treatments. After a walk of one mile, guests arrive at the hotel’s private beach known as Queen’s Beach, a favorite of Queen Marija and the country’s rulers of old. The small cove measures just 200 meters, but it is a private paradise with emerald green water and sand with pebbles. Pure charm!
Balkan Cuisine
For an unpretentious meal, the option is the Olive Tree, a brasserie overlooking the sea and the island of Sveti Stefan. Queen’s Chair in the restaurant, the Italian gastronomy divides delight in the view of the Bay of Budva. In the Piazza is an enoteca, pasticceria, antipasti bar and cigarroom. Inside the Villa, the Loggia Beach Club is perfect to enjoy a day of sun beds, while enjoying a drink. A truly unique destination!
Insider
Trip to Sveti Stefan, tips Andre and Patricia Abud:
– The walled city of Kotor Bay of Kotor, is an unforgettable experience with its crystal clear water and green mountains around. Truly heavenly! Tip: rising to the church you can enjoy a unique panoramic view.
– For a late lunch, go to the famous Stari Mlini restaurant with typical food of the region rich in seafood and fish. The dishes are served in cast iron cookware. From there you can enjoy a stream of clear water that flows into the Bay of Kotor, which makes the experience even more memorable. http://www.starimlini.com
– Another view is the fundamental Skadar Lake. Go by car. The road itself, skirting the Adriatic, is worth the view. In the lake there is a boat ride that leads to Rijeka Crnojevica River for lunch at the restaurant Stari Most, which specializes in freshwater fish.
– The hotel is few kilometers from the town of Budva, on the seafront, which concentrates the jam location. There are great restaurants, bars, shops and nightlife. For lovers of seafood, the tip is to book a table on the terrace of the Restaurant Demizana.
– Another town near the hotel is small Przno in a cove with several restaurants by the sea, with ambientesintimistas, very nice. The restaurant serves a Langust spaghetti with seafood and tomato sauce those unforgettable
Getting there:
– Flights Montenegro Airlines out of Rome, Paris and London to the airport in Tivat, a coastal city in southwest Bay of Kotor in Montenegro, from where ostransfers coming straight to the hotel in 30 minutes.
– You can also reach by car Sveti Stefanvindo Dubrovnik, Croatia, in just two hours by road.

30/03/2012 Posted by | On The Road | Deixe um comentário

Girarrosto

Com uma cozinha inspirada nas antigas tradições culinárias, o chef Paulo Barros – juntamente com o empresário Paulo Kress – acabou de inaugurar o restaurante Girarrosto. A dupla investe agora no mix de boa gastronomia, bar e ateliê de pães. A nova empreitada ocupa o imóvel do antigo Pandoro, localizado no Jardim Europa, que passou por uma significativa reforma

O cardápio, bem variado, apresenta massas típicas da região da Toscana, saladas e antepastos italianos. A grande novidade fica por conta do carro-chefe da casa, o girarrosto (forno à lenha giratório trazido da Itália, que cozinha em baixa temperatura, por um longo período, de onde sairão carnes assadas). Há também uma grelha de carvão para o preparo de peixes, frutos do mar e outras carnes. Com isso, o chef quer resgatar técnicas tradicionais da gastronomia.

Ao lado de Barros, o italiano de Florença, Massimo Barletti, será o responsável por elaborar as massas da casa e coordenar o dia a dia da cozinha. O chef trabalhou no Trebbiano, restaurante do L’Hotel, em São Paulo, passou pelo resort de Comandatuba e, em Florença, na Itália, abriu o La Griglia, dirigido hoje por sua irmã.

No forno trazido da Itália, Barros prepara carnes de cordeiro, pato, frango, porco e codorna. Entre, elas destaque para a Porchetta (corte do suíno desossado e assado em forno por um longo período, tradicional forma italiana de assar a carne). Da grelha, saem pratos como o Misto de frutos do mar em crosta de ervas com emulsão de limão siciliano e a tradicional Bisteca all Fiorentina, além de peixes e costeletas de cordeiro. Os assados e os grelhados são acompanhados por batatas rústicas, cebola e mini legumes.

Em homenagem ao famoso estabelecimento que ocupava o imóvel, o bar do restaurante foi batizado de Pandoro. O ambiente convida para apreciar um bom drinque ou vinho italiano, saborear os antepastos da casa – dispostos numa vitrine – e claro, comer bem, um atributo italiano. Para isso, Barros criou petiscos especiais que podem ser degustados à noite, na área do bar. Boas pedidas são: a Schiacciata de queijo brie, aspargos frescos e presunto de Parma; a Bruschettona da Toscana, que leva queijo stracchino, linguiça e miniagrião, e oCovaccino de abobrinha grelhada e grana padano.

Para proporcionar um produto mais saboroso e como era preparado antigamente, os chefs Paulo Barros e o napolitano Raffaele Mostaccioli, especialista em panificação, desenvolveram receitas de pães de longa fermentação natural e assados no lastro. Segundo Barros, esse tipo de preparo resulta em um pão fresco, com sabor especial, além de ser mais saudável. As massas em geral e as de pizza servidas no Girarrosto serão todas produzidas no ateliê de pães do restaurante.

Ambiente

Projetado pela arquiteta Ana Luiza Carvalho do Amaral, a casa conta com uma área de 1.000m², sendo que o amplo salão térreo acomoda até 280 pessoas. A decoração estilo Toscano Contemporâneo é dividida em sete ambientes: área de espera, bar, salões, área externa e varanda.

Cada salão possui uma atmosfera diferente. No principal, prevalece um ambiente mais sofisticado com vista para a massaria e uma cozinha envidraçada em que é possível observar a brigada preparando as massas da casa. No salão do fundo, um espaço mais aconchegante, com menos mesas, ideal para eventos.

Girarrosto

Avenida Cidade Jardim, 56

Jardim Paulistano – São Paulo

Tel:             11 3062-6000

www.girarrosto.com.br

Girarrosto
With a kitchen inspired by the ancient culinary traditions, the chef Paulo Barros – along with businessman Paul Kress – just opened the restaurant Girarrosto. The pair now invests in the mix of good food, bar and studio of bread. The new venture occupies the property of the former Pandoro, located in Jardim Europa, which underwent a significant reform
The menu, nicely varied, presents masses typical of Tuscany, Italian antipasti and salads. The great novelty is the flagship of the house, Girarrosto (swivel wood stove brought from Italy, cooking at low temperature for a long period, which will leave roast meats). There is also a charcoal grill to prepare fish, seafood and other meats. Thus, the chef wants to rescue traditional techniques of gastronomy.
Next to Barros, the Italian in Florence, Massimo Barletti, will be responsible for preparing the masses of the house and coordinate the day to day kitchen. The chef worked in Trebbiano, restaurant L’Hotel in Sao Paulo, became the resort Comandatuba, and Florence, Italy, opened the La Griglia, now directed by his sister.
In the oven brought from Italy, Barros prepare meats, lamb, duck, chicken, pork and quail. Between, they focus on the Porchetta (cut boneless pork roast in the oven for a long period, traditional Italian form of roasting meat). The grid, leaving dishes like the mixed seafood in a herb crust with lemon emulsion and traditional Bisteca all Fiorentina, and fish and lamb chops. The roasted and grilled meats are accompanied by rustic potatoes, onions and mini vegetables.
In honor of the famous establishment that occupied the property, the restaurant’s bar was named Pandoro. The atmosphere invites you to enjoy a good drink or Italian wine, tasting the appetizers of the house – arranged in a window – and of course, eat well, an attribute Italian. For this, Barros created special snacks that can be tasted in the evening in the bar area. Good options are: Schiacciata brie cheese, fresh asparagus and Parma ham; the Bruschettona of Tuscany, which leads stracchino cheese, sausage and miniagrião and oCovaccino grilled zucchini and grana padano.
To provide a product with more flavor and was prepared as before, the chefs Paulo Barros and Neapolitan Raffaele Mostaccioli, a specialist in baking, bread recipes developed long natural fermentation and baked in ballast. According to Barros, this type of preparation results in a fresh bread, with special flavor, and be healthier. The masses in general and pizza served in Girarrosto are all produced in the studio of bread from the restaurant.
Environment
Designed by architect Ana Luiza Carvalho do Amaral, the house has an area of 1,000 m², and the large hall downstairs accommodates up to 280 people. The Contemporary Tuscan style decorating is divided into seven environments: waiting area, bar, lounges, outdoor dining area and balcony.
Each room has a different atmosphere. In the main, a more sophisticated prevails overlooking Massaria glass and a kitchen where you can see the brigade preparing the masses of the house. In the hall of the fund, a more cozy, with fewer tables, ideal for events.

30/03/2012 Posted by | Gastronomia | Deixe um comentário

Literatura do tabaco

Preparado por Cigar Aficcionado uma seleção especial com o que há de melhor nas livrarias sobre a arte de fumar. Alguns livros foram publicados recentemente, outros são mais raros, mas todos devem constar na biblioteca do aficionado. Afinal, descobrir diversas marcas de charutos, aprender curiosidades sobre o assunto, entrar em contato com perspectivas interessantes na área e ampliar o conhecimento sobre o universo do tabaco é um verdadeiro prazer

Melhores guias

– “The Good Cigar: A Celebration Of The Art Of Cigar Smoking” por Harry Paul Jeffers e Kevin Gordon, The Lyons Press, 1997

– “Cigar Aficionado’s World Of Cigar” por Marvin R. Shanken, Courage Books, 1996

– “The Cigar” por Barnaby Conrad, Chronicle Books, 1996

São ótimos livros para quem pretende descobrir o mundo do charuto. Eles apresentam uma visão geral do tema, englobando os processos de fabricação e a popularização das “hojas”. Também fazem um panorama a respeito dos acessórios necessários para fumar, como umidores e cortadores ideais, e sugerem acendedores com designs sofisticados. Além disso, mostram as diversas formas com que os charutos aparecem no cinema, na arte e na literatura. Ideal para iniciantes.

Melhores histórias

– “The Illustrated History Of Cigars” por Bernard Le Roy e Maurice Szafran, Harold Starke Publishers, 1999

– “The Gentle Art Of Smoking” por Alfred H. Dunhill e Max Reinhardt, The Bodley Head Ltd, 1981

– “Nat Sherman’s A Passion For Cigars: Selecting, Reserving, Smoking And Savoring One Of Life’s” por Joel Sherman e Robert Ivry. Andrews Mcmeel Pub, 1998

Essas obras contam a história dos charutos, desde os primórdios, e suas curiosidades através de fotografias e litografias maravilhosas. Mostram os contrastes entre os hábitos da arte em sua origem e os dias de hoje, indicando os que mudaram e a cultura que permaneceu. O livro de Alfred Dunhill, proprietário da famosa fábrica inglesa de mesmo nome, trata não só dos charutos, como também de cachimbos e afins. Já o do célebre Sherman, presidente da Nat Sherman Inc., explica como o aficionado deve selecionar o tipo de tabaco que irá eleger como seu.

Melhores cubanos

– “The Journey Of The Havana Cigar” por Antonio Núñez Jiménez, TFH Publications Inc, 1995

– “The Havana Cigar: Cuba’s Finest” por Charles Todesco, Abbeville Press, 1997

Esse grupo centra-se em tudo que vem a ser relacionado aos adorados “habanos” e a cultura que os ronda. Toda a jornada é ilustrada por magníficas imagens, destacando a presença marcante dos charutos em salas de reuniões e mesas de jogos. Ainda explicam as diferenças no sabor e as características próprias das “hojas”, com fotografias que esboçam a paisagem tropical e luxuriante da ilha de Cuba.

Melhores enciclopédias

– “Perelman’s Pocket Cyclopedia Of Cigars” por Richard Perelman, Perelman, Pioneer & Co, 2008

– “The Cigar Companion: a connoisseur’s Guide” por Anwer Bati, Running Press, 1993

Apresentam as mais de 1.200 marcas de tabaco existentes no mercado norte-americano, trazendo uma breve descrição de cada uma, que inclui informações sobre o calibre, corpo e formato de cada charuto. Perelman destaca-se por fazer um panorama econômico ao comparar preços de décadas anteriores com as mais recentes.

Melhor livro sobre a arte das etiquetas

– “The Art Of The Cigar Label” por Joe Davidson. Wellfleet, 1989

O livro centra-se especificamente nas ilustrações artísticas publicitárias, englobando informações sobre as etiquetas e anilhas que envolvem os charutos. Davidson ainda explana um pouco da história do tabaco e como a publicidade das imagens auxiliou no crescimento das marcas.

Cigar Aficcionado: Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Literature tobacco
We prepared a special selection with the best there is in bookstores on the art of smoking. Some books were recently published, others are more rare, but all must appear in the library aficionado. After all, find different brands of cigars, learn fun facts about the subject, contact interesting prospects in the area and increase knowledge about the universe of tobacco is a real pleasure
Best guides
– “The Good Cigar: A Celebration Of The Art Of Cigar Smoking” by Harry Paul Jeffers and Kevin Gordon, The Lyons Press, 1997
– “Cigar Aficionado’s Cigar World Of” by Marvin R. Shanken Courage Books, 1996
– “The Cigar” by Barnaby Conrad, Chronicle Books, 1996
They are great books for those wishing to discover the world of cigars. They present an overview of the topic, covering the manufacturing processes and the popularization of “hojas.” They also make a picture about the accessories needed to smoking, as umidores ideals and cutters, and lighters with sophisticated designs suggest. Also, show the various ways in which the cigars appear in film, art and literature. Ideal for beginners.
Top stories
– “The Illustrated History Of Cigars” by Bernard Le Roy and Maurice Szafran, Harold Starke Publishers, 1999
– “The Gentle Art of Smoking” by Alfred H. Dunhill and Max Reinhardt, The Bodley Head Ltd, 1981
– “Nat Sherman’s A Passion For Cigars: Selecting, Reserving, Smoking And Savoring One of Life’s” Joel Sherman, Robert Ivry. Andrews McMeel Pub, 1998
These works tell the story of cigars, from the beginning, and their curiosity through beautiful photographs and lithographs. Show the contrast between the habits of the art in its origin and the present day, indicating that the culture has changed and what remained. The book of Alfred Dunhill, owner of famous English manufacturer of the same name, is not only cigars, but pipes and the like. Already the famous Sherman, president of Nat Sherman Inc., explains how the amateur should select the type of tobacco they will elect as their own.
Top Cuban
– “The Journey Of The Havana Cigar” by Antonio Núñez Jiménez, TFH Publications Inc, 1995
– “The Havana Cigar: Cuba’s Finest” by Charles Todesco, Abbeville Press, 1997
This group focuses on everything that comes to be related to the beloved “Habanos” and culture that round. The whole journey is illustrated with magnificent images, highlighting the marked presence of cigars in meeting rooms and gaming tables. Also explain the differences in flavor and characteristics of “hojas”, with photographs outlining the lush tropical landscape of the island of Cuba.
Best Encyclopedias
– “Perelman’s Pocket Cyclopedia Of Cigars” by Richard Perelman, Perelman, Pioneer & Co, 2008
– “The Cigar Companion: a connoisseur’s Guide” by Anwer Bati, Running Press, 1993
Present the more than 1,200 existing tobacco brands in the U.S. market, bringing a brief description of each, which includes information on the size, shape and body of each cigar. Perelman stands out for making an economic outlook by comparing prices from previous decades with the latest.
Best book on the art of labels
– “The Art Of The Cigar Label” by Joe Davidson. Wellfleet, 1989
The book focuses specifically on artistic illustrations advertising, encompassing information on the labels and bands involving cigars. Davidson also explains a little history of smoking and how advertising images helped in the growth of brands.

30/03/2012 Posted by | Livros, Tabaco | Deixe um comentário

A seus pés!

Tesão é algo inexplicável. Pode ser despertado nos mínimos gestos, com roupas, pensamentos, atitudes comuns ou simplesmente ser focado nas partes mais remotas da anatomia humana como, por exemplo, um dedinho! Sim! Todos já ouvimos falar nos adoradores de pés!

As mulheres se preocupam em estar sempre com a barriga durinha, os cabelos sedosos e o bumbum empinado, mas não podem esquecer que existem homens que são doidos pelos seus pés. Uma unha bem feita e a pele bem cuidada não fazem mal a ninguém!

Imaginar que uma pessoa é capaz de ficar excitada observando, mordendo, lambendo, chupando, beijando ou até mesmo sendo pisada por pezinhos, pode parecer estranho. Mas acredite, há quem morra de tesão por essa prática, que possui um enorme fã clube, capaz de deixar qualquer astro do pop com inveja!

E existe uma boa justificativa para isso: os pés têm conexões com o resto do corpo e, quando estimulados, não só produzem sensações agradáveis como também transmitem estímulos para o corpo todo, pois possuem glândulas que liberam hormônios que atraem o sexo oposto, o feromônio.

Para quem recebe as carícias, aí vai: essa região possui inúmeras terminações nervosas e é considerada uma das partes mais sensíveis do corpo humano. Empolgante, não?!

Por mais obscuro e estranho que possa parecer tal fetiche, o estímulo dos pés é pura sinestesia, pois através da mistura de todos os nossos sentidos obtemos o prazer desejado em torno deles! Quer saber como?

Para começar, o estímulo visual é importantíssimo: É aí que a vontade de ir além é despertada. Unhas feitas e pintadas com cores fortes já dão idéia do que está por vir, acessórios como tornozeleiras e anéis de pé são muito atraentes e sexy, sem contar os sapatos… Hum, não há homem que resista a um pé bem cuidado em cima de um belo par de saltos!

Esse pode ser o primeiro estímulo que seus belos pezinhos podem causar em um homem! Mas quem acha que a coisa para por aqui, se enganou! Escutar… Sim, não basta apenas estar com um salto alto! Os sons dos passos fazem a imaginação de quem os escuta ficar a mil!

Agora chegou a hora de cair de boca, nos pés claro! Existem homens que adoram e chegam a ter orgasmos apenas beijando e lambendo todas as partes do pé! Chupar cada dedo, lamber todos os espaços entre eles, não excitará apenas quem está com a mão na massa – ou com a boca cheia de dedos – mas a pessoa que estiver recebendo essa carícia com certeza agradecerá pelas novas descobertas de deliciosas sensações!

Ah, claro que não podemos esquecer que o pé é uma excelente opção na hora de escolher como começar a esquentar o clima! Uma boa massagem serve tanto para relaxar quanto para abrir espaço para o melhor da festa!

Há quem diga que os pés são preferência de praticantes de sadomasoquismo, o que é uma opinião equivocada, pois não necessariamente precisa existir um dominador e um dominado. Existem pessoas que gostam de ser pisadas e outras que gostam de pisar, mas isso não implica em uma prática exclusivamente SM, pois o fetiche por pés abrange uma série de escolhas e preferências – tudo tem que ser conversado e aceito e, assim, bem aproveitado!

Quem tem tal fetiche consegue se excitar por pés “ao natural” e a outra pessoa não precisa estar necessariamente fazendo malabarismos sexuais com eles. Ver um pé que o agrade é o suficiente para que o nosso amigo fique bem animadinho, ainda mais se ele puder tocar, lamber, cheirar, beijar ou massagear aquele pé! E se ganhar um footjob (palavra em inglês para masturbação com os pés – sim isso é possível e pode ser muito, mas muito excitante), maravilhoso!

Existem muitos e muitos tipos de fetiche e de zonas erógenas, e esta prática é apenas uma dessas tantas! Independentemente da complexidade do assunto, uma coisa é certa: o desejo é sadio e faz parte da natureza humana. O que não pode atrapalhar o jogo sexual são as frustrações e castrações impostas. Portanto, não hesite em pisar firme no mundo das fantasias e desfrutar de momentos gostosos.

Sabendo disso, mulherada, não se esqueçam que, além de estarem em forma, bem vestidas e maquiadas, cuidem de seus pés, pois vocês podem ser surpreendidas por alguém que estará mais de olho neles do que em seus cabelos e farão com que descubram uma infinidade de sensações prazerosas que vocês nunca imaginaram que seus pés poderiam proporcionar!

Se um dia você estiver com aquele cara que sempre repara quando você trocou de sapato, quando fez o pé, quando comprou meia nova e que quando fala com você olha mais para os seus pés do que para qualquer outra parte sexual mais óbvia, incluindo o seu rosto… Essa pessoa pode estar prestes a cair aos seus pés. Literalmente!

Os pés são só o começo, depois vem as pernas, as coxas…

Haroldo Wittitz: Author, Editor and Publisher

At his feet
Lust is something inexplicable. It can be awakened in the smallest gestures, clothes, thoughts, attitudes, common or simply be focused on the more remote parts of the human anatomy, for example, a finger! Yes! We’ve all heard the worshipers of feet! Women worry about always being durinha belly, silky hair and upturned buttocks, but can not forget that there are men who are crazy for their feet. A nail well made and well cared for skin never hurt anyone! Imagine that a person is able to become aroused watching, biting, licking, sucking, kissing or even being trampled by feet, it may seem strange. But believe me, there are people dying of lust for this practice, which has a huge fan club, able to leave any pop star envious! And there is good reason for this: the feet have connections with the rest of the body and, when stimulated, not only produce pleasurable sensations as well as transmit stimuli to the whole body, because they have glands that release hormones that attract the opposite sex, the pheromone . For those who receive the caresses, here goes: this region has numerous nerve endings and is considered one of the most sensitive parts of human body. Exciting, is not it? For more obscure and strange as it may seem as fetish, the stimulation of the feet is pure synesthesia, as by mixing all of our senses we obtain the desired pleasure around them! Want to know how? For starters, the visual stimulus is important: This is where the will to go beyond is awakened. Manicured nails, painted with bright colors already give an idea of what’s to come, accessories like anklets and rings of the foot are very attractive and sexy, not to mention the shoes … Um, no man can resist a well-kept one foot on top of a nice pair of heels! This may be the first stimulus that can cause your beautiful feet in a man! But those who think the thing to here, a mistake! Listen … Yes, it is not enough just to be with a high heel! The sounds of the steps are the imagination of those who listen get a thousand! Now it’s time to fall from the mouth and feet of course! There are men who love and reach orgasm just kissing and licking every part of the foot! Each finger sucking, licking all the spaces between them, not just who is to excite your hands dirty – or with a mouth full of fingers – but the person who is receiving the caress surely thank you by the new discoveries of delicious sensations! Oh, of course not forget that the foot is an excellent choice in choosing how to start the warm weather! A good massage serves to relax as much as to make room for the best party! Some say the feet are preferably practitioners of sadomasochism, which is a mistaken belief, it does not necessarily need to be a dominating and dominated. There are people who enjoy being trampled and others who like to walk on, but this does not imply a practice exclusively SM, for the foot fetish encompasses a series of choices and preferences – everything has to be spoken and accepted, and thus well spent ! Who has this fetish can be aroused by feet “au naturel” and the other person does not necessarily have to be juggling sex with them. See a foot that is pleasing enough to be our friend and fired, even if he can touch, lick, smell, kiss or rub that foot! And if you win a footjob (English word for masturbation with feet – yes this is possible and can be very, very exciting), wonderful! There are many, many kinds of fetish and erogenous zones, and this practice is only one of many! Regardless of the complexity of the subject, one thing is certain: the desire is healthy and is part of human nature. What can not disrupt the game are the sexual frustrations and castrations imposed. So do not hesitate to step firmly on the world of fantasies and enjoy delicious moments. Knowing this, ladies, do not forget that, besides being in shape, well dressed and made-up, take care of your feet because you may be surprised by someone who will watch them more than your hair and will make you discover a multitude of pleasurable sensations you never imagined that his feet could provide! If one day you’re with that guy ever notice when you switched shoes, when he made his foot when he bought new and half that when you look speaks more to your feet than to any other part of sex more obvious, including the his face … This person may be about to fall at your feet. Literally! The feet are just the beginning, then comes the legs, thighs …

30/03/2012 Posted by | Sexo | Deixe um comentário

Explore o seu interior

Nascemos com um grande tesouro, tão vasto, tão grandioso que é inexaurível.Mas vivemos em tão grande pobreza porque nunca cavamos até o fundo de nosso ser.

Procuramos em outros lugares. Esse é o detalhe mais estranho no homem: ele procura em todos os lugares — está disposto a ir ao monte Everest, está disposto a ir à lua —, mas não está pronto para entrar em si mesmo.

No momento em que você diz…: “Explore seu interior”, as palavras não são ouvidas. Mas é lá dentro que está o tesouro. E vivemos carregando o tesouro, porém continuamos como mendigos. Sua realidade está em seu interior, e você a procura fora.

A primeira exploração deve ser feita internamente. Se você não a encontrar lá, é claro que poderá explorar o mundo todo. Mas isso nunca acontece.

Aqueles que procuram dentro sempre encontram.

Anônimo: Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Explore your inner

We are born with a great treasure so vast, so grand that it is inexhaustible.

But we live in such great poverty because they never dig to the depths of our being. We look elsewhere. This is the detail in the strangest man: he seeks everywhere – are willing to go to Mount Everest, is willing to go to the moon – but is not ready for yourself.

The moment you say …: “Explore your inner”, the words are not heard. But it is there that the treasure is. And we live carrying the treasure, but still as beggars. Your reality is in inside, and you demand out.

The first operation should be done internally. If you do not find it there, it’s clear that you can explore the world. But that never happens.

Those who are always looking inside.

30/03/2012 Posted by | Meditação, Reflexões | Deixe um comentário

Seu tempo é limitado

Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro. Não sejam aprisionados pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas. Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior. E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar. Tudo o mais é secundário.

Steve Jobs

28/03/2012 Posted by | Pensamentos, Reflexões | Deixe um comentário

Orgasmo e libido: 10 perguntas e 10 respostas

Orgasmo e libido: 10 perguntas e 10 respostas

01.Existe algum remédio para despertar o desejo da mulher?

Não, não há nenhum medicamento para aumentar o desejo sexual da mulher. O desejo sexual está vinculado a aspectos emocionais e psicológicos. Ele é indispensável para que se alcance o prazer sexual. A falta ou desequilíbrio hormonal pode interferir no desejo, que, nesse caso, deverá ser tratado pelo médico. Mas uma vez que as taxas hormonais estejam equilibradas você estará pronta do ponto de vista fisiológico para sentir desejo, e apenas fatores psicológicos poderão interferir.

02.Por que algumas mulheres que ficam excitadas, inclusive com lubrificação vaginal, não conseguem chegar ao orgasmo?

A dificuldade em chegar ao orgasmo, quase sempre tem a ver com fatores emocionais, tais como repressão, culpa, ou primeiras experiências insatisfatórias. Também o desconhecimento sobre o próprio corpo e as regiões de maior excitação (zonas erógenas) colaboram com a dificuldade de se chegar ao orgasmo. O orgasmo se alcança com a plena entrega, ao prazer e ao parceiro. Para isso é necessário estar livre de sentimentos de culpa, ou repressão. Agora é importante você perceber que o orgasmo é um ápice, o final de um caminhar que é o prazer sexual. Assim que é possível se ter muito prazer, sem necessariamente chegar ao orgasmo. Portanto vivencie o caminho, se o destino for o orgasmo, ótimo. Se não for, você pode ter experimentado muito prazer, e isso é para ser valorizado e apreciado.

03.É verdade que é mais fácil ter orgasmo clitoriano do que vaginal? Qual é a diferença, o vaginal é melhor?

Para a mulher é necessário um tempo maior para se excitar. Por isso a importância dos jogos eróticos. O orgasmo é um clímax, é um estado de graça, que pode ser atingido após momentos de trocas afetivo-sexuais. Ele se inicia no cérebro. Para atingir o orgasmo a mulher precisa de uma forte excitação. É necessário também um desejo de entrega a essas sensações e ao parceiro. O clitóris por ser um órgão externo e de fácil fricção desempenha um papel muito significativo para se atingir o orgasmo. O clitóris também é fortemente enervado, o que o torna mais sensível. O prazer se estende do clitóris à vagina, podendo ocorrer o orgasmo vaginal. Todo o orgasmo é bom, não é a sua localização que lhe atribui valor, que diz se é melhor ou pior. Para a maioria das mulheres é mais fácil atingir o orgasmo vaginal quando estão por cima do homem. Quando a mulher ocupa essa posição,  fica livre para fazer os movimentos e friccionar o clitóris no púbis (parte superior ao pênis) do homem, atingindo o orgasmo mais facilmente.

04.Todas as mulheres gozam da mesma forma?

Cada mulher é única, singular. E o orgasmo é único para cada uma. Certamente a anatomia não varia muito, os corpos femininos se parecem na sua estrutura. Tem clitóris, vagina, vulva, útero, ovários, seios, etc. Cabe a você, mulher, descobrir o que em seu corpo lhe trás mais prazer. Você deve percorrer e descobrir por si só o caminho que poderá levá-la ao gozo. E para a mesma mulher é possível encontrar várias maneiras de gozar, ou diversos caminhos para chegar à excitação. Para tal é importante que você procure conhecer o que lhe dá prazer e compartilhar isso com o seu parceiro. Compartilhar também o que lhe causa desconforto ou desprazer. Enfim, o conhecimento de si e o diálogo com o parceiro serão grandes aliados na busca do prazer e do gozo.

05.A falta de prazer pode ter um fator físico?

Sim. Se a mulher tiver alguma disfunção anatômica, ou alguma doença, isso poderá lhe causar dor e consequentemente desprazer. Por isso é sempre importante descartar algum problema de saúde física consultando um ginecologista.

Mas na grande maioria dos casos a falta de prazer se origina em dificuldades psicológicas e emocionais. Por isso é importante identificar e procurar resolver as dificuldades sexuais, uma vez que a atividade sexual é uma das fontes mais genuínas de prazer. Procurar ajuda profissional para avaliar as possíveis causas físicas é importante. Mas também é possível contar com ajuda psicológica quando as causas forem emocionais.

O diálogo entre os parceiros poderá ampliar as possibilidades de entendimento nesse assunto que é sempre, e ainda nos dias de hoje, envolto em tabus. Se antigamente sexo era um tabu para quem o fazia, hoje em dia é um tabu para quem não o faz muito bem. Ou seja, se antigamente havia a proibição de se viver livremente o sexo, nos dias atuais é obrigatório se fazer sexo magnificamente. Assim que o melhor caminho é o compartilhamento com o parceiro, assim como a ajuda de um profissional da área.

06.Existe algum exercício que facilite o orgasmo? Quem pratica pompoarismo tem mais chances de sucesso na transa?

Sim, o orgasmo pode ser facilitado quando você conhecer o seu corpo e a sua sensualidade. Uma boa prática, é colocar-se nua frente ao espelho e observar o seu corpo, as suas curvas. Olhar para si mesma sem olhar crítico, sobre suas gordurinhas, magreza ou imperfeições. Olhar aprovando o seu corpo. E comece a tocar-se: seios e mamilos; escorregue pela barriga e chegue a sua vagina, descubra o seu contorno; encontre o clitóris, sinta os pontos de maior sensibilidade; desça um pouco mais e chegue ao ânus, contorne-o.

Procure relaxar, se facilitar use um olho de massagem. Enfim descubra você. Ao ganhar intimidade com o seu próprio corpo, poderá se descobrir mais sensual. Isso poderá afetar diretamente a auto-estima. Muitas de nós não temos intimidade com nosso próprio corpo, como vamos ter intimidade com o do nosso parceiro? Para se chegar a um estado de maior prazer é necessário uma entrega maior. Assim quanto maior for a intimidade dos parceiros com os seus corpos, maior poderá ser a entrega, facilitando a intimidade.

O pompoarismo é uma prática milenar usada pelos povos orientais. Consiste em exercícios que atuam diretamente sobre a musculatura vaginal. Essa técnica bem aplicada poderá dar maior autonomia aos movimentos da vagina, aumentando o prazer dos parceiros. Quanto maior a excitação e a entrega, mais facilmente poderá se chegar ao orgasmo. Mas também no pompoarismo o conhecimento do próprio corpo e das regiões de maior excitação, que para cada pessoa é diferente, é parte fundamental do processo.

07.A falta de desejo pode ocorrer por fatores hormonais?

Sim, especialmente na menopausa. Nessa fase a mulher passa por um forte desequilíbrio hormonal, e pode sofrer interferência que impeça o aparecimento natural do desejo. Nesse caso a falta de hormônios, em especial a testosterona, pode interferir no surgimento do desejo. Caso seja identificada a falta de hormônios é necessário averiguar a possibilidade da reposição hormonal. Nesse caso, o tratamento pode resolver a questão do ponto de vista físico, e o especialista recomendado é o ginecologista

Isso ocorre mais frequentemente quando da menopausa.

Mas disfunções hormonais atípicas, embora mais raras, podem ocorrer em qualquer idade, por isso é importante procurar o médico para tentar identificar fatores de ordem física. Quando esses fatores físicos forem afastados como causa da diminuição do desejo, é o momento de procurar identificar se fatores emocionais, tais como estres, depressão, ansiedade, etc, estão ou não afetando o desejo sexual. Nesse caso poderá procurar um profissional da área de psicologia.

08.É verdade que no período menstrual o desejo sexual da mulher aumenta?

A intensidade do desejo varia de mulher para mulher. Embora a menstruação seja um fator físico na mulher, ela é mais ou menos intensificada por hormônios e por tabus que a mulher possa ter a esse respeito. Algumas mulheres podem não sentir nenhuma alteração. Outras poderão se sentir inibidas pela menstruação ter sido por muito tempo associada a um momento de vergonha, em que a mulher sentia necessidade de esconder o seu corpo. Para outras esse período pode ser acompanhado de cólicas e desconforto, evitando ter sexo. Outras ainda preferem terem relações sexuais nesse momento por estarem com risco menor de engravidar.

Essa é a típica situação que demonstra a singularidade de cada mulher, pois para cada uma é há um funcionamento.

09.A maioria das mulheres tem dificuldades para chegar ao orgasmo?

A mulher, comparada ao homem, precisa de um tempo mais longo para chegar ao orgasmo.

Isso tem a ver com fatores educacionais e culturais, pois a sexualidade sempre foi proibida para ela, enquanto incentivada para o homem.

Sendo assim, a mulher necessita de um estímulo maior nas carícias chamadas preliminares, para que possa relaxar mais e sentir-se mais disposta a entregar-se ao prazer e as sensações sexuais.

Mas é importante que você mulher se disponibilize e se abra para conhecer-se e conhecer ao seu parceiro ou parceira para ousar mais nas carícias e possibilidades de entrega.

O orgasmo vem como consequência de um profundo encontro, onde as carícias e os jogos excitatórios possibilitaram um alto grau de prazer e que levam a esse ápice.

10.Só conseguir gozar com masturbação, é normal?

A masturbação é algo que proporciona muito prazer. Pode ser praticada por si mesmo ou pelo parceiro e deve ser algo com participação constante na vida sexual. Porém o encontro dos órgãos sexuais pode trazer muito prazer e faz parte de uma sexualidade mais integral.

Em sexualidade tudo o que não causar dor ou sofrimento tanto de ordem física como emocional pode e deve ser vivido. Certamente uma vida sexual mais satisfatória é aquela que busca encontrar prazer na sua totalidade.

Quando se chega ao gozo apenas com a masturbação, possivelmente algum fator emocional está bloqueando uma experiência mais ampla. E que a sexualidade não está sendo usufruída na sua totalidade.

Dessa forma é possível se alcançar o orgasmo, e isso é um ótimo caminho para a satisfação sexual. Mas é também um sinal de que algo poderá ser trabalhado para aumentar as possibilidades sexuais e ampliar as formas de prazer e de gozo, livres de possíveis repressões ou dificuldades de entrega afetiva.

Lorena Soares (PUC-SP): Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Orgasm and Libido: 10 questions and 10 answers
01.Existe some remedy to arouse the desire of the woman?
No, there is no medicine for increasing sexual desire of women. Sexual desire is linked to emotional and psychological aspects. It is indispensable for achieving sexual pleasure. The lack or hormonal imbalance can interfere with desire, which in this case should be treated by a doctor. But since the hormone levels are balanced you will be ready the physiological point of view to feel desire, and only psychological factors may interfere.
02.Por that some women who are excited, including vaginal lubrication, can not reach orgasm?
The difficulty in reaching orgasm, almost always has to do with emotional factors, such as repression, guilt, or unsatisfactory early experiences. Also the lack of knowledge about their bodies and regions of higher excitation (erogenous zones) collaborate with the difficulty in reaching orgasm. The orgasm is achieved with the full delivery, to pleasure and partner. For this it is necessary to be free of guilt or repression. Now it is important to realize that orgasm is a peak, the end of a walk that is sexual pleasure. Thus it is possible to have a lot of pleasure without necessarily achieving orgasm. So experience the way, if the target is the orgasm, great. If not, you may have experienced much pleasure, and that is to be valued and appreciated.
03.É fact that it is easier to get than vaginal clitoral orgasm? What is the difference, the vagina is better?
For the woman is required a longer time to get excited about. Hence the importance of erotic games. Orgasm is a climax, is a state of grace, which can be achieved after moments of emotional-sexual exchanges. It starts in the brain. To reach orgasm the woman needs a strong excitation. You also need a desire to surrender to these feelings and one’s partner. The clitoris to be an external body and easy friction plays a significant role to achieve orgasm. The clitoris is also heavily innervated, making it more sensitive. The pleasure extends the clitoris to the vagina, the vaginal orgasm can occur. Every orgasm is good, is not your location that gives it value, which says it is better or worse. For most women is more easily achieved when the vaginal orgasm are on top of man. When the woman occupies that position, he is free to make the moves and rub the clitoris in the pubis (top of the penis) of man reaching orgasm more easily.
04.Todas women enjoy the same way?
Each woman is unique, singular. And orgasm is unique for each one. Certainly not the anatomy varies greatly, female bodies look like in its structure. It clitoris, vagina, vulva, uterus, ovaries, breasts, etc.. It’s up to you, woman, find out what your body brings you more pleasure. You should go and discover for themselves the path that will bring it to fruition. And for the same woman you can find many ways to enjoy, or multiple paths to get to the excitement. For this it is important that you seek to know what gives you pleasure and share it with your partner. Share it also causes discomfort or displeasure. Finally, self-knowledge and dialogue with the partner will be great allies in the pursuit of pleasure and enjoyment.
05.A lack of pleasure can be a physical factor?
Yes, if the woman has some anatomical dysfunction, or illness, this may cause you pain and displeasure accordingly. So it’s always important to rule out any physical health problem by consulting a gynecologist.
But in most cases the lack of pleasure stems from psychological and emotional difficulties. It is therefore important to identify and address the sexual difficulties, since sexual activity is one of the most genuine sources of pleasure. Seek professional help to evaluate possible physical causes is important. But you can also have psychological help when the causes are emotional.
The dialogue between the partners may expand the possibilities of understanding in this matter which is always, and still today, shrouded in taboos. If sex was once a taboo for those who did, today is a taboo for those who do not do very well. That is, if the past had a ban on free live sex nowadays is mandatory to have sex magnificently. So the best way is to share with your partner, as well as the help of a professional.
06.Existe some exercise to facilitate orgasm? Who carries pompoarismo has more chances of success in sex?
Yes, orgasm can be easier when you know your body and your sensuality. A good practice is to put yourself naked before the mirror and watch your body, your curves. Look for itself without a critical eye on their flab, thinness or imperfections. Look approving your body. And start playing yourself, breasts and nipples; slip through your belly and reach her vagina, discover your shape, find the clitoris, feel the points of greatest sensitivity; down a little more and get to the anus, around it.
Try to relax, to facilitate use an eye massage. Finally you discover. When you get acquainted with your own body, you can discover more sensual. This may directly affect self-esteem. Many of us have no intimacy with our own body, as we have intimacy with our partner? To reach a state of pleasure is a need to deliver increased. Thus the greater the intimacy of the partners with their bodies, the greater will be the delivery, facilitating intimacy.
The pompoarismo is an ancient practice used by Eastern peoples. It consists of exercises that act directly on the vaginal muscles. This technique applied may well give greater autonomy to the movements of the vagina, increasing the pleasure of the partners. The more excitement and delivery, you can more easily reach orgasm. Pompoarismo but also in the knowledge of the body and regions of higher excitation, which is different for each person is part of the process.
07.A lack of desire may occur due to hormonal factors?
Yes, especially at menopause. At this stage the woman undergoes a strong hormonal imbalance, and can be interfered to prevent the appearance of natural desire. In this case the lack of hormones, particularly testosterone, may interfere with the appearance of desire. If you identified the lack of hormones is necessary to determine the possibility of hormone replacement. In this case, treatment may resolve the question of the physical point of view, and the gynecologist is a specialist recommended
This occurs more frequently when the menopause.
But atypical hormonal disorders, although rare, can occur at any age, so it is important to seek the doctor to try to identify the physical factors. When these physical factors are removed as a cause of decreased desire, is the time to seek to identify whether emotional factors such as stress, depression, anxiety, etc., or are not affecting sexual desire. In this case you can find a professional in the field of psychology.
08.É true that during menstruation the woman’s sexual desire increases?
The intensity of desire varies from woman to woman. Although menstruation is a physical factor in women, it is more or less enhanced by hormones and taboos that women can have in this regard. Some women may not feel any change. Others may feel inhibited by menstruation have been long associated with a moment of shame, the woman felt the need to hide your body. For others this period may be accompanied by cramps and discomfort, avoid having sex. Still others prefer to have sex at that time because they are less at risk of becoming pregnant.
This is the typical situation that demonstrates the uniqueness of every woman, because there is one for each operation.
09.A majority of women have trouble reaching orgasm?
The woman compared to man, you need a longer time to reach orgasm.
This has to do with educational and cultural factors, because sexuality has always been forbidden to her, while encouraged to man.
Therefore, women need a bigger stimulus in preliminary caresses calls, so you can relax more and feel more willing to surrender to the pleasure and sexual feelings.
But it is important that you wife is made available and open to know yourself and know your partner to the more daring caresses and delivery possibilities.
The orgasm comes as a result of a profound encounter, where the strokes and games excitatory allowed a high degree of pleasure and that lead to this culmination.
10.Só can enjoy with masturbation is normal?
Masturbation is something that gives pleasure. It can be practiced by yourself or by the partner and should be something with constant participation in sexual life. But the encounter of the sexual organs can bring much pleasure and sexuality is part of a more wholesome.
In all that sexuality does not cause pain or suffering both from physical and emotional stress can and should be lived. Certainly a more satisfying sex life is one that seeks to find pleasure in its entirety.
When it comes to enjoyment only with masturbation, possibly some emotional factor is blocking a broader experience. And that sexuality is not being enjoyed in its entirety.
Thus it is possible to reach orgasm, and this is a great way to sexual satisfaction. But it is also a sign that something could be worked to increase opportunities and broaden sexual forms of pleasure and enjoyment, free of possible repression or emotional difficulties of delivery.

27/03/2012 Posted by | Sexo | Deixe um comentário

Passe o que passe!

Ainda que a dificuldade seja imensa…E o vento sopre muito forte…Passe o que passe, sempre segue você adiante…Passe o que passe sempre segue você adiante…Continua, segue eternamente…Até obter a liberdade que parece impossível…Ainda que o Sol seja ardente,…Ainda que seus inimigos te alcancem….Zombem ou te critiquem…Quando as dúvidas te assaltem e seus sonhos…De liberdade, se distanciem…Passe o que passe sempre…segue você adiante…Ainda que a negatividade te impeça…De seguir o caminho correto, e tua mente…Se confunda e sua força se quebrante…Passe o que passe, segue você adiante….Quando seu corpo e seu coração…Já não aguentarem, passe o que passe…Sempre segue você adiante….Para você desde agora, a palavra Não Posso!…Já não existe… Porque esta afirmação…é a preferida dos medíocres…Que se negam a uma grande mudança…Renuncia aqueles te assustam!!…E a quem não te apoia em seu caminho evolutivo….Confronta e deixa para trás a teu Ego, e a seu Medo….A esses dois Sabotadores e Perdedores eternos…Que te faz duvidar de você mesmo e de tudo….Deixa para trás as Críticas, Reclames e Intrigas….É perder o tempo, a vida e sua energia…Deixa aos que te aconselham desde o Ódio…Ou desde o Medo e o Apego…Não escutes aos covardes e inseguros…Eles negam ou acabam com seu Poder Pessoal…Segue com paixão seu Sonho mais Amado….Por anos, vidas, séculos e milênios…E não sigas ao Ego, traidor do teu Caminho…Nunca te desenfoques da sua Visão Sagrada…Avança, avança, avança sempre…Passe o que passe sempre segue seu adiante….Segue sempre a voz da Consciência…Com Lealdade ao Caminho e Perseverança…Persiste na Disciplina com um Treinador Pessoal…Se segues a você mesmo, nunca falará humildade…Será como um cão mordendo seu rabo…E sobre tudo, honra a seus verdadeiros Ancestrais…ama e honra aos seres de sua Tribo Amada…Ama e honra seu Caminho, seu Mestre e seu Ensinamento…Seja do Caminho do Xamã, (Sanador ou Terapeuta)…Seja do Caminho do Guerreiro, Líder ou Treinador)…Seja do Caminho do Amante ou Artista…Servidores e Nutridores do Mundo…Seja do Caminho do Sábio e Meditante…Passe o que passe sempre…Lideres honestos e leais ao Amor…Sigam com a Causa Nobre, adiante….O Universo é nosso…

Suryavan Solar: Author

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Pass it pass!
Although the difficulty is immense … And the wind blows very strong … Pass the passing, always follow you on … Pass the passing always follows you later … still, here forever … To get the freedom that seems impossible … Even though the Sun is burning … Even if you reach your enemies …. mock or criticize you … When you hijack the doubts and dreams … In freedom, to distance themselves … Pass it follows you forever … go ahead … Even though the negativity stop you from … follow the correct path and confuse your mind … If your strength is chipping and Pass … what pass, follows you later …. When your body and your heart … I do not hold, pass the pass … that always follows you later …. To you from now, the word I can not! … no longer exists … Why is this statement … the favorite of the poor … that refuse to change … a big Resign those scare you! … And those who do not support you on your evolutionary path … . confronts and leaves to your ego, and his fear …. To these two saboteurs and Losers eternal … What makes you doubt yourself and everything …. It leaves behind the reviews, advertisements and intrigue …. It’s time to lose , life and energy … Let those who give you advice from the Hate … Or since Fear and Addiction … Do not hearken to the cowardly and insecure … They deny or end up with your Personal Power … Follow your dream with passion …. Most Beloved By year , lives, centuries and millennia … and follow not the Ego, traitor to your path … you never desenfoques of its Vision … Holy Advance, advance, advances forever … Pass it passes your always follows below …. Here always the voice of Conscience … Way With Loyalty and Perseverance … persists in the discipline with a Personal Trainer … If you follow yourself, humility … will never speak like a dog biting its tail … And above all, honor their ancestors … true love and honor to beings of their Tribe Beloved … Love and honor your path, your Master and his Teaching … Be the Way of the Shaman (healer or therapist) … Be the Way of the Warrior, Leader or Coach) … Be the Way of the Lover and Artist … Servers and nurturing the World … Be the Way of the Wise and Meditating … Pass the passing … Leaders always honest and loyal to Love … Follow with Noble Cause, below …. The Universe is our …

27/03/2012 Posted by | Pensamentos, Reflexões | Deixe um comentário

Renato Russo

Nesta data, em 1960, nascia no Rio de Janeiro (Brasil), Renato Manfredini Júnior.

Com o nome artístico Renato Russo foi um cantor brasileiro. Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico (1978), que durou quatro anos e terminou devido às constantes brigas que havia entre ele e o baterista Fê Lemos. Russo herdou desta banda uma forte influência punk que influenciou toda a sua carreira. Nessa mesma época, aos 18 anos, assumiu para sua mãe que era homossexual e, em 1989, publicamente por meio da música “Meninos e Meninas”, e também “Mauricío”, do disco As quatro estações de 1989.

Em 1982, integrou a banda Legião Urbana, desenvolvendo um estilo mais próximo ao pop e ao rock do que ao punk. Russo permaneceu na Legião Urbana até sua morte, em 11 de outubro de 1996.

Gravou ainda três discos solo e cantou ao lado de Robert Evangelista, Herbert Vianna, Adriana Calcanhoto, Cássia Eller, Paulo Ricardo, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Laura Pausini, Biquini Cavadão, 14 Bis e Plebe Rude. E em 2010 foi lançado o disco Duetos.

Até os seis anos de idade Renato viveu no Rio de Janeiro junto com sua família. Começou a estudar cedo no Colégio Olavo Bilac, na Ilha do Governador, zona norte da cidade. Nessa época teria escrito uma bela redação chamada “Casa velha, em ruínas…”, que inclusive está disponível na íntegra. Em 1967, mudou-se com sua família para Nova Iorque pois seu pai, funcionário do Banco do Brasil, fora transferido para agência do banco em Nova Iorque, mais especificamente para Forest Hills, no distrito do Queens. Foi quando Renato foi introduzido a língua e a cultura norte-americanas. Em 1969 a família volta para o Brasil, indo Renato morar na casa de seu tio Sávio na Ilha do Governador, Rio de Janeiro.

Em 1973 a família trocou o Rio de Janeiro por Brasília, passando a morar na Asa Sul. Em 1975, aos quinze anos, Renato começou a atravessar uma das fases mais difíceis e curiosas de sua vida quando fora diagnosticado como portador da epifisiólise, uma doença óssea. Ao saber do resultado, os médicos submeteram-no a uma cirurgia para implantação de três pinos de platina na bacia. Renato sofreu duramente a enfermidade, tendo que ficar seis meses na cama, quase sem movimentos. Durante o período de tratamento Renato teria se dedicado quase que integralmente a ouvir música, iniciando sua extensa coleção de discos dos mais variados estilos. Em entrevista, Russo teria alegado que este período fora determinante na formação de sua musicalidade.

Sua primeira banda foi o Aborto Elétrico, ao lado dos irmãos Felipe Lemos (Fê) (bateria) e Flávio Lemos (baixo elétrico), e do sul-africano André Pretorius (guitarra). O grupo durou quatro anos, de 1978 a 1982, terminando por brigas entre Fê e Renato. O Aborto Elétrico foi a semente que deu origem à Legião Urbana e ao Capital Inicial (formado por Fê e Flávio, junto ao guitarrista Loro Jones e ao vocalista Dinho Ouro-Preto).

Após o fim do Aborto Elétrico, Renato começa a compor e se apresentar sozinho, tornando-se o Trovador Solitário. A fase solo durou poucos meses, até que o cantor se juntou a Marcelo Bonfá (baterista do grupo Dado e o Reino Animal), Eduardo Paraná (guitarrista, conhecido como Kadu Lambach) e Paulo Guimarães (tecladista, conhecido como Paulo Paulista), formando a Legião Urbana, tendo Renato como vocalista e baixista. Suas principais influencias eram as bandas de post punk que surgiram na epoca, especificamente, Renato Russo se espelhava no trabalho de Robert Smith, vocalista do The Cure e especialmente Morrissey que era vocalista da banda The Smiths

Após os primeiros shows, Eduardo Paraná e Paulo Paulista saem da Legião. A vaga de guitarrista é assumida por Ico-Ouro Preto, irmão de Dinho Ouro-Preto, que fica até o início de 1983. Seu lugar é assumido definitivamente por Dado Villa-Lobos (que criou a banda Dado e o Reino Animal com Marcelo Bonfá, Dinho Ouro Preto, Loro Jones e o tecladista Pedro Thompson). A entrada de Dado consagrou a formação clássica da banda.

À frente da Legião, que contou com o baixista Renato Rocha entre 1984 e 1989, Renato Russo atingiu o auge de sua carreira como músico, criando uma relação com os fãs que chegava a ser messiânica (alguns adoravam o cantor como se fosse um deus). Os mesmos fãs chegavam a fazer um trocadilho com o nome da banda: Religião Urbana/Legião Urbana. Renato desconsiderava este trocadilho e sempre negou ser messiânico.

Renato Russo morreu no dia 11 de outubro de 1996, as 01h15 da Madrugada, pesando apenas 45 quilos, em consequência de complicações causadas pela AIDS (era soropositivo desde 1989, mas jamais revelou publicamente sua doença). Deixou um filho, o produtor cultural Giuliano Manfredini, na época com apenas 7 anos de idade. O corpo de Russo foi cremado e suas cinzas lançadas sobre o jardim do sítio de Roberto Burle Marx.

No dia 22 de outubro de 1996, onze dias após a morte do cantor, Dado e Bonfá, ao lado do empresário Rafael Borges, anunciaram o fim das atividades do grupo. Estima-se que a banda tenha vendido cerca de 20 milhões de discos no país durante a vida de Renato. Mais de uma década após sua morte, a banda ainda apresenta vendagens expressivas de seus discos pelo mundo.

Que país é esse: “http://www.youtube.com/embed/ds-YTScJYv4?rel=0

Haroldo Wittitz: Editor and Publisher

Renato Russo
On this date in 1960, was born in Rio de Janeiro (Brazil), Renato Manfredini Jr..
With the stage name Renato Russo was a Brazilian singer. His first band was the Electric Abortion (1978), which lasted four years and ended because of the constant bickering between him and the drummer has done Lemos. Russia inherited a strong influence of punk band that influenced his entire career. At the same time, at age 18, took his mother he was gay and in 1989 publicly by means of the song “Boys and Girls”, and “Maurice”, the disc’s Four Seasons in 1989.
In 1982, he joined the band Rolling Stones, developing a style closer to pop and rock than punk. Russian Legion remained in Urbana until his death on October 11, 1996.
He recorded three solo albums and has sung alongside Robert Evangelist, Herbert Vianna, Adriana Evans, Cassia Eller, Paul Richard, Erasmo Carlos, Leila Pinheiro, Laura Pausini, Cavadão Bikini, 14 Bis and Heir Apparent. And in 2010 it launched the album Duets.
Until six years old Renato lived in Rio de Janeiro with his family. He began studying early in Olaf College Bilaspur, on Governor’s Island, north of the city. At that time he would have written a beautiful essay called “old house in ruins …”, which is also available in its entirety. In 1967, he moved with his family to New York because her father, an official of the Bank of Brazil, had been transferred to bank branch in New York, more specifically to Forest Hills, Queens District. Renato was when he was introduced to language and American culture. In 1969 the family returned to Brazil, Renato going to live in the house of his uncle Savio in Ilha do Governador, Rio de Janeiro.
In 1973 the family changed the Rio de Janeiro to Brasilia, going to live in the South Wing in 1975, at fifteen, Renato started across one of the most difficult and curious in his life when out of epiphysiolysis diagnosed with a disease bone. By knowing the outcome, doctors underwent the surgery for implantation of three-prong platinum in the basin. Renato suffered severely the disease, taking six months to stay in bed, almost motionless. During the treatment period Renato would have been devoted almost entirely to music, starting his extensive record collection of different styles. In an interview, Russo argued that this period would have been decisive in the formation of his musicianship.
His first band was the Electric Abortion, alongside the brothers Felipe Lemos (He did) (drums) and Flávio Lemos (bass), and South African Andre Pretorius (guitar). The group lasted four years, from 1978 to 1982, ending a fight between Renato and He did. Abortion Electric was the seed that gave rise to the Rolling Stones and the Initial Capital (formed by Flavio and did so, along with guitarist Loro Jones and vocalist Dinho Ouro Preto).
Abortion after the Electrical, Renato begins to compose and perform alone, becoming the Lone Troubadour. The soil phase lasted a few months, until the singer joined Marcelo Bonfa (Since the group’s drummer and the Animal Kingdom), Eduardo Paraná (guitar, known as Kadu Lambach) and Paulo Guimarães (keyboardist, known as Paulo), forming the Keith Urban, and Renato as a vocalist and bassist. His main influences were the bands that emerged in the post punk era, specifically, Renato Russo mirrored in the work of Robert Smith, lead singer of The Cure and Morrissey who was especially lead singer of The Smiths
After the first shows, Eduardo Paulo and Parana leave the Legion. The wave is assumed by guitarist Ico-Ouro Preto, brother of Dinho Ouro Preto, which is until early 1983. His place is definitely taken by Dado Villa-Lobos (who created the band and the Animal Kingdom As Marcelo Bonfa, Dinho Ouro Preto, Loro Jones and keyboardist Peter Thompson). The entry devoted Given the classic band.
Ahead of the Legion, which featured bassist Renato Rocha between 1984 and 1989, Renato Russo reached the pinnacle of his career as a musician, creating a relationship with the fans that came to be messianic (some worshiped the singer like a god) . The same fans came to make a pun on the name of the band: Religion Urban / Keith Urban. Renato disregarded this pun and always denied being messianic.
Renato Russo died on October 11, 1996, 1:15 a.m. of the Dawn, weighing only 45 pounds as a result of complications from AIDS (he was HIV positive since 1989, but never publicly revealed his illness). He left a son, the cultural producer Giuliano Manfredini, who was then only 7 years old. Russo’s body was cremated and his ashes thrown over the garden of the site of Roberto Burle Marx.
On October 22, 1996, eleven days after the singer’s death, Given and Bonfa, along with businessman Rafael Borges, announced the end of the group activities. It is estimated that the band has sold nearly 20 million albums in the country during the life of Renato. More than a decade after his death, the band still has vendagens expressive of his albums worldwide.

27/03/2012 Posted by | Cultura, Lembranças do Dia | Deixe um comentário