PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

O Perdão

BB 46Raiva, ódio e mágoa são sentimentos ácidos que corroem as nossas possibilidades de felicidade.
Felizmente existe um antídoto: o perdão. Mas não serve qualquer perdão.
Somente o perdão sincero é libertador.
Quando você não perdoa, está represando energia negativa dentro de si.
Isso conduz a doenças do corpo e da alma, e é a maior causa do sofrimento espontâneo (aquele que nós mesmos causamos).
Se deseja ser livre, pratique o perdão.
Quando você perdoa, não pense que está fazendo algo maravilhoso pelo outro ao perdoá-lo.
Se o perdão é importante para o outro, é ainda mais importante para você!
Quando você perdoa, você se liberta. Com o perdão, as algemas que te prendiam ao passado se rompem, e você passa a caminhar livremente.
Perdoe.
Liberte-se!

31/05/2014 Posted by | Atitudes | Deixe um comentário

Com uma flor …

pablo“Como uma flor a seu perfume, estou atado à tua lembrança imprecisa.”
Pablo Neruda

30/05/2014 Posted by | Poesia | Deixe um comentário

Avalanche

“Não será a mulher tudo o que nos resta do paraíso terrestre”
– Albert Camus

O Diretor Ben Shirinian, e coreógrafo e dançarino Guillaume Côté expuseram neste vídeo a emoção no desempenho de uma bailarina. A sequência é arrebatadora e foi produzido pela Bravo!Fact e The National Ballet of Canada. A música é “Avalanche” de Leonardo Cohen.

30/05/2014 Posted by | Mulher, Videobook | Deixe um comentário

Dicas para melhorar sua imagem pessoal

carismaDesde que comecei a publicar meus posts aqui no blog Prime Life reuni diversas boas dicas para quem deseja aprimorar sua imagem pessoal e postura profissional e precisa de ajuda para isso. Porém, nunca apresentei de forma sintetizada as dicas que servem como apoio para o início de uma revolução na imagem e na postura. É isso, então, que vou fazer hoje…

Como começar

Todo bom profissional sabe que cuidar da sua imagem pessoal é essencial na busca pelo sucesso. Porém, a tarefa de descobrir o que fazer para que a imagem pessoal reflita seus talentos, conhecimentos e habilidades pode não ser das mais fáceis.

Para começar, recomendo que você:

1) Busque se conhecer

Olhe para o espelho e se enxergue como você realmente é. Ao fazer essa autoanálise você terá a noção exata do que fica bem para você, além de conseguir fazer escolhas mais assertivas.

2) Saiba o que você almeja

Tenha seus objetivos profissionais muito claros. Saiba o tipo de profissional que é, como as pessoas o enxergam e como quer ser percebido por elas. Sabendo o que você quer e quem você é fica muito mais fácil traçar o caminho para chegar aos seus objetivos e definir como você deve se comportar para chegar ao “destino desejado”.

3) Analise se a sua Imagem Pessoal corresponde ao seu conhecimento

A relação entre embalagem e conteúdo deve ser equilibrada. Você não pode, nem deve, vender uma imagem do que não é, porque assim não conquistará credibilidade junto aos outros.

4) Esteja aberto a mudanças

Imagem não é algo estático, precisa ser adaptada o tempo todo, seguindo as mudanças que acontecem em sua vida: em casa, no trabalho, nos objetivos profissionais e pessoais, etc. Tudo isso demanda mudança na sua imagem pessoal.

5) Nunca relaxe

Às vezes o profissional cai no comodismo – ou porque já chegou a determinado cargo ou porque acha que as pessoas não reparam mais nele – e acaba deixando de lado preocupações essenciais para o sucesso. Nunca descuide da sua imagem, afinal você pode servir de exemplo para outras pessoas e deve continuar se valendo das ferramentas que lhe levaram ao sucesso.

6) Mantenha a alegria e a positividade

Não adianta adequar a imagem e a postura e se fechar para os outros, cultivando o pessimismo. O foco é o equilibro! E o otimismo traz as pessoas pra mais perto de você.

7) Nunca se esqueça de sorrir

Sorria e abuse das palavras mágicas “obrigado”, “desculpa”, “por favor”, “com licença”, etc. Estas simples ações abrirão portas e contarão pontos na avaliação que os outros farão da sua imagem pessoal.

Coloque essas dicas em ação, é o que você precisa para poder assegurar uma imagem pessoal sólida e que dê suporte aos seus talentos e objetivos.

29/05/2014 Posted by | Autoconhecimento | Deixe um comentário

Maysoon Zayid: Uma lição de vida

Maysoon Zayid, uma americana de descendência árabe, nasceu com paralisia cerebral devido a um erro médico durante o seu parto.
Desde então ela teve que superar várias dificuldades, por ser mulher, árabe, e ainda por cima deficiente.
Mas, apesar disso tudo ela não perde o bom humor, jamais

28/05/2014 Posted by | Lição de Vida, Videobook | Deixe um comentário

Mulheres que bebem vinho têm menos tendência a engordar

um casalUma pesquisa do Hospital das Mulheres, em Boston, mostrou que as mulheres que bebem de um a dois drinques por dia possuem 30% menos chances de engordar.
Depois de estudar quase 20 mil mulheres à partir dos 39 anos, a média mostrou que apesar de todas terem mudado seu peso a medida que envelheciam, as que ganharam mais peso não tomavam nenhum tipo de bebida alcoólica.
Além disso, as mulheres que ganharam menos peso tinham um consumo moderado de vinho tinto diariamente.
A pesquisa apresenta diversas razões para isso acontecer, mas uma delas é que as mulheres metabolizam o álcool de forma diferente dos homens.
A bebida acaba acelerando o metabolismo delas e isso resulta em um maior gasto calórico.
Mas é preciso ficar de olho: as calorias do álcool somam na balança, então é preciso ter cuidado para não passar dos limites na hora de completar a taça.

28/05/2014 Posted by | Saúde, Vinhos | Deixe um comentário

Por que é bom ser generoso

BB 52Sim, dividir a experiência e o conhecimento é quase sempre sinônimo de construir valor

A poetisa goiana Cora Coralina (1889-1985) dizia que feliz é a pessoa que divide o que aprende e sabe com os que estão ao seu lado. Sábias palavras, vindas de uma mulher muito simples e muito elegante também. O ato de compartilhar é uma gentileza. Li, recentemente numa revista que dizia que a gentileza faz bem à saúde. A nota informava que um cardiologista americano estudou as reações que os atos de generosidade e gentileza provocavam em nosso corpo. Segundo o estudo, todas as vezes que você é gentil com outra pessoa, uma reação interna faz com que você desacelere todos os seus órgãos e, dessa maneira, proteja seu coração dos males do estresse.

O profissional que, além de polido, é generoso faz um bem enorme a si mesmo e à própria carreira. Ao compartilhar seus conhecimentos e sua experiência, o generoso tende a ganhar a admiração e o respeito de seus pares e subordinados. Afinal, quem de nós não quer estar perto de uma pessoa genuinamente generosa, que joga limpo sempre e que o tempo todo divide com o time aquilo que sabe? Tendo a equipe ao seu lado, as chances de o generoso obter bons resultados aumentam.

Que delícia é ser parceiro de um líder ou de um colega que vibra de forma verdadeira a cada conquista nossa e a cada passo dado que nos deixa mais perto do sucesso. O ser humano generoso compreende que, quanto mais ele divide o que sabe com os que o rodeiam, mais ele agrega aos outros e, da mesma forma, mais ele cria possibilidades de expandir sua sabedoria, sua expertise e seu conhecimento também. Aquele que costuma agir de maneira contrária, temeroso por levar a pecha de bonzinho ou de bobão, precisa rever conceitos: dividir na vida profissional é quase sempre sinônimo de somar. Não tema que outros levem os louros da glória em seu lugar — os parceiros generosos sempre se lembram de mencionar seus mentores ou sua fonte de inspiração para o sucesso.

Os mesquinhos que não agem assim em pouco tempo despencam das alturas, pois, à medida que as pessoas percebem aproveitadores ao seu redor, tratam de se relacionar com eles de outra maneira, quase sempre numa distância polida que os coloca no lugar que pessoas assim merecem ocupar.

27/05/2014 Posted by | Comportamento | Deixe um comentário

Aprender a esperar

aprender a esperarUm dos maiores desafios para o ser humano é aprender a aceitar o tempo da existência para o alcance de seus objetivos. Geralmente, o ego nos leva a querer materializar nossas metas de maneira imediata, sejam elas quais forem. Entretanto, a vida se encarrega de nos fazer entender que, na maior parte das vezes, nosso agir não é direcionado pela sensatez, a maturidade e a confiança.

Ao contrário, é guiado pela ansiedade, a angústia e a impaciência. Quanto mais vemos frustrados nossos desejos, mais facilmente corremos o risco de nos entregar ao desânimo, à depressão e ao sentimento de vítimas do destino.

Entretanto, se conseguirmos mudar nossa maneira de enxergar a dinâmica da vida, teremos a oportunidade de aprender importantes lições. Não alcançar a realização de uma determinada meta pode se revelar uma bênção, uma vez que nem todos possuem a sabedoria necessária para saber do que necessitam para serem felizes.

Este aprendizado só se torna possível para os que já alcançaram algum grau de consciência, e conseguem perceber, a cada momento, qual o propósito da existência ao colocar em seu caminho um determinado obstáculo.

Visto que o crescimento só acontece nos momentos desafiadores, se estivermos plenamente atentos, seremos capazes de saber em cada um deles, qual a lição que aquela circunstância pretende nos ensinar.

Assim, ao invés das queixas, poderemos ofertar à vida, um profundo sentimento de gratidão.

“Não há céu e não existe inferno. Eles não são geográficos, eles são parte de sua psicologia. Eles são psicológicos. Viver uma vida de espontaneidade, verdade, amor e beleza é viver no céu. Viver uma vida de hipocrisia, mentiras e compromissos, para viver de acordo com os outros, é viver no inferno. Viver em liberdade é o céu, e viver na escravidão é o inferno.

…A minha ideia de céu não é sobrenatural. O céu é aqui – você apenas tem que saber como vivê-lo. E o inferno também está aqui, e você sabe muito bem como vivê-lo. É apenas uma questão de mudar sua perspectiva, a sua abordagem em relação à vida.

A Terra é linda. Se você começar a viver a sua beleza, apreciando suas alegrias sem culpa em seu coração, você está no paraíso. Se você condena tudo, cada pequena alegria, se você se tornar um condenador, um envenenador, então a Terra mesmo se transforma em um inferno – mas só para você. Depende de onde você mora, é uma questão de sua própria transformação interior. Não é uma mudança de lugar, é uma mudança de espaço interior.

Viva com alegria, sem culpa, viva totalmente, viva intensamente. E então o céu não é mais um conceito metafísico, é sua própria experiência.
Osho – O Livro da Sabedoria

26/05/2014 Posted by | Autoconhecimento | Deixe um comentário

Dicas para uma mulher se dar bem na cama

boa de camaEstudos realizados mostram que 50% das brasileiras possuem queixas sobre a vida sexual. Boa parte das mulheres atribui essa insatisfação à rotina do namoro ou casamento, dificuldade de chegar ao orgasmo e falta de desejo espontâneo de fazer sexo. Descartados os casos em que há problemas de saúde relacionados, é possível reverter esse quadro de desinteresse. Não deixe a responsabilidade nos ombros de seu parceiro! Com dedicação e força de vontade você conseguirá vencer a falta de desejo. Confira oito dicas para se dar bem na cama e retomar o prazer da vida a dois em todos os sentidos.

Seja você mesma
O seu parceiro é atraído por você devido aos seus atributos físicos e à sua personalidade, não por uma versão idealizada do seu corpo e da sua atitude. Tenha isso em mente e libere-se! Seja você mesma e confie que suas qualidades e defeitinhos (que todo mundo tem) fazem você especial aos olhos do seu par. Se está com uns quilinhos a mais, não anda se sentindo tão bonita ou tem vergonha de alguma parte do seu corpo, relaxe. Quem sabe justamente aquilo que você não gosta em si mesma é o que mais atrai o seu parceiro.

Entregue-se
Já ouviu dizer que quanto mais se faz sexo, mais se tem vontade de fazer novamente? Pense nisso toda vez que se sentir desestimulada. Não espere o seu parceiro dar o primeiro passo: surpreenda-o com um beijo cheio de desejo. E quando for a vez dele procurar você, esteja aberta a receber suas carícias. Mesmo que você não sinta muita vontade no começo, relaxe e entregue-se ao prazer. Aos poucos você se sentirá cada vez mais desejada, estimulada e, consequentemente, verá aumentar a frequência e a potência das relações.

Saia da rotina
Não fique no feijão com arroz, muito menos no “papai e mamãe”. Saia da rotina e garanta o elemento surpresa que manterá a relação pegando fogo. Sempre tenha uma carta na manga para quando a vida a dois começar a esfriar: leve seu parceiro a um hotel romântico ou a um motel exótico, crie brincadeiras ou fantasias especiais ou simplesmente saia da cama e explore outros cômodos da casa. Evite também fazer sexo só antes de dormir: acorde-o de madrugada, aproveite o café da manhã e até o intervalo do almoço para uma rapidinha…

Saiba o que o seu parceiro gosta
Todo mundo tem preferências e fantasias na cama, inclusive o seu parceiro. Descubra o que ele mais gosta e aproveite a oportunidade para apimentar a vida a dois. A chave aqui é o diálogo sincero. Converse com seu par sobre desejos, vontades e fantasias dele. Perca a vergonha de tocar em assuntos que à primeira vista possam ser constrangedores. Além disso, experimente práticas diferentes no momento do sexo e preste atenção na reação do seu parceiro. Vocês só têm a ganhar construindo confiança e intimidade não apenas na cama, mas também no relacionamento em geral.

Saiba o que você gosta
De nada adianta satisfazer os desejos do outro se você mesma não estiver sentindo prazer. É importante se conhecer profundamente e saber o que você gosta para mostrar também ao seu parceiro o mapa da mina. Descubra os pontos do seu corpo onde você tem mais sensibilidade, sem preconceitos ou pudores. Tire da cabeça que a masturbação é algo pecaminoso, vexatório ou proibido, e sim encare-a como parte de um aprendizado sobre o seu corpo e a sua intimidade. O prazer sexual não deve partir apenas do outro: explore-se sozinha ou com a ajuda de brinquedinhos. Você descobrirá novas e excitantes sensações!

Ouse (ainda) mais
Está indo tudo bem no relacionamento e até a vida sexual está em alta? Pois sempre há espaço para melhorar ainda mais! Que tal dar um passo além e apimentar ainda mais o que já está quente? Todo dia é dia de inovar! Use uma lingerie especial, capriche numa posição nova ou no sexo oral, crie joguinhos eróticos, use comidinhas para abrir o apetite do seu amor… realize suas próprias fantasias e ouse muito além do comum. E nunca esqueça de se soltar e demonstrar com gestos e palavras todo o prazer que você está sentindo.

Livre-se de preconceitos
Só de ouvir frases picantes você já se arrepia, mas de constrangimento? Então livre-se dos preconceitos! Entre quatro paredes, vale tudo (ou deveria valer), desde que os dois estejam de acordo, claro. No entanto, se o seu parceiro quer tentar alguma novidade que você até poderia gostar mas tem vergonha ou nojo, pratique o desprendimento! Assuma um personagem para ajudar a ultrapassar esta barreira e procure estar aberta a colocar em prática os desejos do seu amor. Se à primeira vista eles podem ser estranhos, pelo menos tente escutar o seu par sem julgá-lo. Você pode se surpreender positivamente!

Proteja-se
Por último, mas não menos importante: cuide da sua saúde! A chave para uma vida sexual ativa e constante é a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Proteja-se delas e da gravidez indesejada levando preservativos sempre com você. Não entre no papo furado de que somente o homem deve ser responsável por oferecer proteção durante o ato sexual. Além disso, esteja com os exames ginecológicos sempre em dia. Ser boa de cama também significa estar preocupada com o seu bem-estar e o do parceiro nos momentos mais íntimos da relação.

25/05/2014 Posted by | Sexo | 2 Comentários

Esse anúncio fará você pensar sobre a violência doméstica

Experimentos para detectar a reação das pessoas com relação a um produto ou situação representam uma forte tendência na propaganda. Recursos como câmeras escondidas também tem sido utilizados recorrentemente.

O último deles retrata a ação das pessoas que testemunham a violência doméstica. A campanha #ViolenceIsViolence foi criada pela fundação ManKind Initiative, que luta para acabar com a violência no Reino Unido.

A simulação aconteceu nas ruas de Londres e envolveu um casal de atores, que discutia até chegar às vias de fato. O filme que você verá a seguir mostra a reação das pessoas em duas situações distintas, primeiro o homem no papel de agressor, e depois no papel de vítima.

Confira o filme:

25/05/2014 Posted by | Atitudes | 3 Comentários