PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

O Capitalismo Mundial

Texto de Carlos Alberto Trípoli e leitura de Jô Soares.

23/10/2014 Posted by | Humor | 1 Comentário

Só de sacanagem

Com texto de Elisa Lucinda e leitura de Ana Carolina. Muito apropriado para reflexão na hora de votar no próximo dia 26.

23/10/2014 Posted by | Reflexões | 2 Comentários

Livrando-se das mágoas

13 dicas ...As mágoas são feridas que não cicatrizaram, vivem infeccionando a nossa mente e influenciando o nosso comportamento. Livrar-se delas é possível e não faltam métodos terapêuticos que possam prestar um eficiente auxílio. Entretanto, a pergunta que deveríamos fazer é justamente aquela que não fazemos: por que nos magoamos?

É humanamente impossível passarmos pela vida sem nos magoarmos; seja na infância, adolescência ou mesmo na fase adulta, estamos absolutamente vulneráveis a decepções, traições, indignidades e tantas outras coisas indigestas que tratamos de inconscientizar ou mesmo, alimentamos conscientemente.

Resolver pendências emocionais alivia, mas não resolve o problema. É preciso conhecer os pontos vulneráveis que nos tornam magoáveis. Mesmo que tenhamos êxito em nossos tratamentos, mesmo que possamos enfrentar e dissolver todos os conteúdos emocionais que nos envenenam, não significa que estaremos livres de futuros dissabores.

A Vida irá se encarregar de nos conduzir a situações onde estaremos expostos novamente a esse tipo de situação. É claro, meu amigo, não poderia ser diferente! Você já se perguntou o que estamos fazendo aqui? Qual o propósito da aventura humana na Terra? Acha mesmo que estaremos isentos de provas e enfrentamentos? Pensa que uma vez livres de um problema não teríamos que enfrentar outros?

O descanso, a paz, a tranquilidade desejada por todos, só serão conquistados quando alcançarmos a iluminação, enquanto isso, para nos aperfeiçoarmos, estaremos sujeitos aos imperativos do Universo. É importante salientarmos que conduzidos por essa Dinâmica Evolutiva não existe a menor possibilidade de estarmos isentos de experiências constrangedoras, portanto, estejam certos que seremos novamente testados. As provas são mecanismos naturais que são indispensáveis no processo do desenvolvimento humano e a única forma de nos livrarmos dessa ação é nos graduando emocionalmente.

Enquanto você lutar em defesa da própria imagem, orientado pela vaidade e pelo orgulho, preocupado com o verniz social, estará atraindo pessoas e situações que irão magoá-lo, portanto, não adianta procurar culpados para as suas decepções, você é que precisa crescer, deixar de ser tão vulnerável, mudar essa natureza de cristal para avançar.

As pessoas são como são, fugir ou evitar situações desconfortáveis também não resolve, é preciso mais do que isso, é preciso desenvolver os poderes que deverão ser usados em sua defesa. Esses poderes existem em estado de latência no seu interior e dentre eles, há aquele que servirá de escudo contra qualquer investida externa, trata-se da humildade.

Ninguém consegue magoar uma pessoa humilde, só é possível magoar pessoas orgulhosas, vaidosas, arrogantes, enfim, pessoas que desconhecem a própria natureza divina, pessoas presas à ilusão de um personagem impermanente conhecido por ego.

Para lidar com as situações indigestas do cotidiano sem se ferir, será preciso expandir a consciência, olhar o próximo com outros olhos, enxergar além do evento em si, buscar uma compreensão mais profunda dos condicionamentos humanos e aceitar os padrões mentais que levam as pessoas a se comportarem daquela forma que (aos seus olhos) parece tão negativa. Não estamos aqui para julgar, classificar, separar, discriminar, nada disso! Estamos aqui para aprendermos a viver de forma orgânica e sistêmica, pois somos todos “farinha do mesmo saco”. Será preciso partir de pressupostos diferentes para não sofrermos tanto com os outros, por exemplo, será necessário rever o entendimento que temos acerca daquilo que consideramos certo e errado, bom e mal etc.. Não se pode continuar julgando as pessoas pelo entendimento que elas têm, cada um está dentro de um patamar de consciência, enxerga o mundo de forma distinta e o mais curioso é que a grande maioria age acreditando que suas ações são as mais coerentes, muitos não fazem o mal por simples opção, agem apenas de acordo com o entendimento que alcançaram, fazem aquilo que acreditam, muitas vezes, ser o correto, por isso é muito difícil julgar.

Não podemos continuar na escravidão de um programa emocional desatualizado, agindo de forma automática, sem questionamentos, conduzidos por emoções e hábitos, precisamos refazer todas a nossas crenças, deixar de se preocupar com avaliações, parar de mendigar afeto, livrar-se de modelos estúpidos de perfeição e parar de buscar a aprovação das pessoas.

Não fique magoado, é hora de acordar!

22/10/2014 Posted by | Comportamento | 2 Comentários

A Carroça Vazia

carroça vaziaCerta manhã um pai convidou seu filho para um passeio no sítio, e o menino aceitou com prazer. Em certa altura do caminho, pararam perto de uma árvore e o pai perguntou ao filho:
– Além dos passarinhos, você está ouvindo alguma coisa?
O menino prestou atenção e respondeu:

– Estou ouvindo um barulho de carroça.

– Isso mesmo, filho, é o barulho de uma carroça vazia – disse o pai.

– Mas pai, como pode saber que a carroça está vazia se ainda não a vimos?

– Filho, a gente sabe que uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, mais barulho faz.

Aquele garotinho cresceu e se tornou um homem. E sempre que vê alguém falando com arrogância, se vangloriando, querendo impor sua vontade a todo mundo, querendo demonstrar que é dono da verdade e da razão absoluta, falando da vida dos outros, ele se lembra das palavras do seu pai:

“Quanto mais vazia a carroça, mais barulho faz.”

17/10/2014 Posted by | Comportamento | Deixe um comentário

Qual é a sua filosofia de vida?

7 passos para dominar o  egoFilosofar não é só para filósofos, basta pôr-se a pensar.

Certamente você conhece quem tenha “sua filosofia”, sendo executivo, cozinheiro, professor ou engenheiro.

Lembro, por exemplo, de dois geógrafos que criaram filosofias: Friedrich Ratzel e Vidal de La Blanche.

O primeiro afirmava que “O homem é produto do meio”, e sua filosofia recebeu o nome de “determinismo”.

O segundo dizia “O meio é produto do homem”, e assim criou o “possibilismo”.

Aparentemente opostas, as duas visões são complementares, pois somos, sim, influenciados pelo ambiente em que estamos, mas também temos o poder de influenciar o mesmo ambiente.

Essa percepção pode fazer uma imensa diferença.

E você, qual é sua filosofia de vida?

12/10/2014 Posted by | Opinião | Deixe um comentário

The Karajan Legacy

Um tributo ao grande maestro Herbert von Karajan.

Nascido em 5/4/1908 em Salzburgo (Áustria), e falecido em 16/7/1989 em Anif (Áustria),  von Karajan foi um dos maestros de maior destaque do período pós-guerra.

Ele passou 27 anos de sua vida à frente da Orquestra Filarmônica de Berlim.

Beethoven: Symphony No. 9; Brahms: Symphony No. 3; Dvořák: Symphony No. 9 “From the New World”; Brahms: Symphony No. 1; Rachmaninov: Piano Concerto No. 2 ; Beethoven: Symphony No. 3 “Eroica” ; Verdi: Otello / Vickers · Freni ; Bizet: L’Arlésienne Suite No. 2 ; Beethoven: Symphony No. 6; Beethoven: Symphony No. 2; Brahms: Symphony No. 2; Beethoven: Symphony No. 7 ; Debussy: Prélude à l’après-midi d’un faune  e Brahms: Symphony No. 4

12/10/2014 Posted by | Songbook | Deixe um comentário

Reino de Deus

OMG 15Se aspiramos conquistar o Reino de Deus, recordemos Jesus que nos revelou, conjugando “dizer” e “fazer”.

Ensinou o Divino Mestre:

“Faze aos outros o que desejam o que outros te façam”. E viveu para os outros, sem nada exigir.

“Dá a César o que de César, e a Deus o que é de Deus” E respeitando as autoridades constituídas no mundo, dedicou-se integralmente aos interesses do espírito.

“Quem se humilhar será exaltado”. E ninguém se apagou até hoje quanto ele, para que a infinita bondade se destacasse.

“Quem procura ser maior seja o servo de todos”.  E nas mínimas circunstâncias colocou-se invariavelmente no lugar de quem serve.

“Não saiba a tua mão esquerda, o que dá a direita”. E ouvido algum jamais lhe escutou qualquer expressão de elogio a si mesmo.

“Não é pela boca que torna o homem impuro, mas o que lhe sai do coração.” E banqueteou-se com criaturas consideradas desprezíveis, acordando-lhes o sentimento para a realidade superior.

“Ao que te peças mil passos, caminha com ele mais dois mil”. E fez-se entre os homens inimitável modelo de tolerância.

“A que te rogue a capa, cede também a túnica”. E deu-se constantemente ao próximo consagrando-lhe a própria existência.

“Ama a teus inimigos”. E suportou, em silencio, as forças das trevas que o situaram em aparente derrota.

“Ora pelos que te perseguem e caluniam”.  E aceitou a flagelação injusta, exorando perdão em favor dos próprios carrascos, no suplício da cruz.

Não precisas aguardar revelações estranhas e nem fenômenos espetaculares para surpreender as maravilhas do Reino de Deus

Nem catástrofes cósmicas

Nem convulsões da natureza

Nem terra fulminada

Nem céus abertos

Tudo pode alterar-se, a teus olhos, se tens a luz por dentro de ti

E, além disso, a qualquer momento, a verdade pode trazer-te a grande mudança

por Chico Xavier

12/10/2014 Posted by | Espiritualidade | 2 Comentários

Ampliar o limite

dia nacional do homemA grande vantagem de conhecer o próprio limite não é saber “até onde posso ir”, mas descobrir o que fazer para “ampliar o limite”, aumentando o potencial realizador.

A verdade é que o limite é o mais móvel dos valores humanos.

A única coisa que fazemos, quando trabalhamos em nosso desenvolvimento pessoal, através do estudo, da leitura, do trabalho, dos diálogos, da ginástica, é aumentar nossos limites.

09/10/2014 Posted by | Atitudes | 1 Comentário

Eu acredito

Eugenio MussakEu acredito no poder da verdade.

Acredito na força do trabalho.

No valor da educação.

Na importância da ética.

Acredito que ninguém deve ignorar o que acontece.

Que é necessário aprofundar as análises.

Acredito no vento da mudança.

E acredito que a razão acaba por prevalecer

07/10/2014 Posted by | Opinião | Deixe um comentário

Festa triste

urna eletrônicaFalta alegria na “festa da democracia” brasileira, que acontecerá em alguns dias.
Um regime verdadeiramente democrático tem:
a) eleições livres
b) três poderes independentes e não subordinação ao executivo
c) alternância no poder e não projetos de permanência eterna
d) políticos interessados na nação e não em seus partidos
e) debates de ideias e não acusações grosseiras
f) povo informado e não convencido por propaganda enganosa
Pessoalmente, acho que teremos dois turnos, assim espero Apesar disso, estaremos lá.  Não à omissão…

02/10/2014 Posted by | Opinião | Deixe um comentário