PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

A Harmonizaçao Interior

lugar interiorComer mais um prato daquela sobremesa maravilhosa, porque não? Ficar até mais tarde assistindo um bom filme ou dormir cedo para acordar sem cansaço no dia seguinte? Gastar aquele dinheiro com um bem de consumo ou poupar visando o futuro?

Se pararmos para pensar, percebemos que possuimos várias vozes em nosso íntimo, sempre nos dizendo o que fazer ou  não. Por vezes, essas vozes internas  que os cientistas comportamentais chamam de “partes” da nossa personalidade podem nos deixar muito confusos e indecisos, sem saber o que fazer. Harmonizar essas “partes” pode ser tarefa nem sempre fácil, mas de grande relevância para nosso perfeito equilíbrio interior.

Um bom exercício é começar escrevendo todos os conflitos mais comuns que você enfrenta no dia- a- dia.

Alguns podem se referir à alimentaçao – sobre se devemos comer mais um pouco ou não –   outros, no consumo – entre comprar ou não comprar aquele bem, outros na sexualidade – sobre se devemos viver ou não certas experiências, e por aí vai.

O importante é, ao anotar, ter exata consciência do que cada uma dessas partes diz a você quando ela defende seu ponto de vista. Por exemplo, quando você vai repetir o prato e uma parte fala que você já comeu demais, que vai engordar ou algo assim, o que a outra diz para tentar te convencer a abrir mão de comer mais um pouquinho?

Quando começamos a identificar a estratégia utilizada por nossa mente para nos levar ao equilíbrio fica mais fácil lidar com nossos conflitos. Indiscutivelmente, apesar dessa indecisão nos levar a um alto nível de confusão, o que realmente nossa mente quer é nosso bem-estar.  É uma luta entre o que nos daria maior prazer e o que achamos que é mais a pensar e conversar com você, como correto ser feito em dada circunstância. Compreender que esta conversa interior visa nossa harmonia interna é muito importante, pois ela é o primeiro passo para as ações que vamos adotar. Depois de identificar este processo, comece conscientemente se o fizesse com outra pessoa, tentando intermediar um “acordo” entre essas partes destoantes. Como é possível ter o prazer de comer mais sem a culpa de engordar? Talvez não comer hoje para aproveitar mais amanhã? Talvez fazer mais exercício para compensar o peso extra ou simplesmente respirar fundo e deixar a ansiedade passar. Seja o que for, em qualquer situação de conflito interno podemos sempre tentar harmonizar nosso interior conversando com nossas “partes”. Sei que esse é um conceito um pouco diferente, mas é fundamental para um perfeito equilíbrio do nosso “Eu”.

Sempre vale a pena lembrar que o segredo do nosso equilíbrio frente a vida que temos sempre passa por dentro de nós, em compreender como funcionamos, como decidimos, como acertamos e como erramos. Vale à pena ir em busca de si.

Vamos tentar?

Anúncios

26/01/2015 - Posted by | Atitudes

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: