PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Um estudo que prova que o chocolate faz emagrecer!

chocolate7Adoramos seu sabor, o modo como se derrete na língua, o bem-estar que ele nos traz… 

Infelizmente, nada pior do que o drama de consciência que sentimos logo depois de ter comido alguns quadradinhos de uma barra: quantas horas de ginástica vou precisar para queimar todas as calorias?

Este tipo de culpa poderia pertencer ao passado, pelo menos, se você quiser acreditar nos últimos estudos feitos sobre o chocolate. 

Na verdade, parece que um consumo alto de chocolate poderia lhe ajudar a manter o peso sob controle. 

 Há dois anos os pesquisadores americanos constataram que um consumo alto de chocolate traria, certamente, uma grande quantidade de calorias e matéria gordurosa ao organismo, mas que ela desencadearia também um índice de massa corporal (IMC) incrivelmente mais baixo. 

O estudo foi feito com de cerca de 1018 pessoas com idades entre 20 e 85 anos.

Cientistas europeus se dedicaram também sobre esta questão. Estes últimos levaram em conta jovens entre 12 e 18 anos dos quais eles estudaram sempre a mesma seção de pele através de uma análise bioelétrica: eles puderam assim avaliar a quantidade e a composição de massa gordurosa corporal dos jovens voluntários. 

Além disto, dados referentes ao regime alimentar e atividades físicas dos jovens foram coletadas duas vezes por semana. 

 O resultado é surpreendente! 

 Mais os jovens consumiam chocolate, mais seu índice de massa corporal (ICM), sua cintura e sua quantidade de gordura corporal era baixa. A idade ou o sexo pareciam não ter influência, mas ao contrário, estudos estão em andamento para ver se os hábitos alimentares (consumo regular de frutas e legumes ou tipo de bebidas preferidas) podem explicar este surprendente resultado. 

Qualquer que seja o resultado, o chocolate parece ter um efeito positivo sobre o peso e a quantidade de gordura corporal: para os cientistas, o mérito se deve à ação antioxidante dos polifenóis (em particular dos flavonóides) do chocolate.

 Sabemos de fato que estas substâncias permitem reduzir o risco de doenças cardiovasculares. 

 
Podemos então dar liberdade total à gulodice? 

 Vamos poder devorar tabletes inteiros de chocolate sem remorsos? Não é tão simples assim. Os cientistas insistem sobre o fato de que estes primeiros resultados precisam ainda de confirmação. 

 É preciso principalmente estudar mais de perto alguns aspectos: há uma diferença entre comer chocolate amargo e chocolate ao leite, por exemplo? 

A gente não precisa se esbaldar, mas já sabemos que não faz tão mal assim!

Anúncios

27/03/2015 - Posted by | Saúde

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: