PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Homem do futuro será incapaz de jogar futebol

homem do futuroO antropólogo e professor da Universidade Estatal de Moscou, Stanislav Drobyshevski, apontou os principais aspectos da continuidade da evolução da raça humana: a aparência física, o cérebro e algumas mudanças que acontecerão com a espécie.

Ele afirma que o nosso corpo continuará se desenvolvendo, que a cor de nossa pele irá escurecer gradualmente – como consequência da mistura de raças –, que os pelos tenderão a desaparecer e que os dentes da boca existirão em menor quantidade com o desaparecimento dos chamados “sisos”.

Uma de suas previsões mais pitorescas, no entanto, diz que “o futuro do nosso pé é o desaparecimento dos dedos”.

A tíbia irá se fundir à fíbula, pois não haverá mais a mesma necessidade que tiveram nossos antepassados de manter a mobilidade no pé enquanto sobem em árvores.

E se nossos pés vierem a perder sua atual mobilidade, isso significa que os dedos não serão mais necessários.

“Dessa forma, no futuro, o balé e o futebol entrarão em declínio”, afirma Drobyshevski.

Por fim, o cérebro seria o mais afetado, pois, como adverte o antropólogo, se a “geração do computador” continuar a não utilizá-lo em toda sua capacidade, ele terá seu tamanho reduzido.

É fato que o corpo humano teve diversas modificações ao longo dos tempos. Mas será que se desenvolverá da forma que o professor Drobyshevski imagina?

O que você acha?

Anúncios

04/08/2015 - Posted by | Curiosidades

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: