PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Voyeur

the_voyeurs_motel_by_gay_taleseDifícil não se deixar levar por um livro que começa assim: “Conheço um homem casado, com dois filhos, que comprou um motel de 21 quartos perto de Denver, há muitos anos, a fim de se tornar um voyeur-residente”.

Assim começa VOYEUR, a mova obra de Gay Talese, um escritor-personagem, um jornalista-escritor que sabe bem como enveredar por temas cabeludos e inusitados com as mais ferinas técnicas literárias.

A história por trás do livro começou quando Talese recebeu uma carta à mão, sem assinatura, na qual um sujeito explicava por que ele seria o nome ideal para narrar sua aventura. O autor da carta espionava sistematicamente seus hóspedes desde 1966, e gravava tudo o que via e ouvia.

Pena que Talese, hoje com 84 anos, muitos deles dedicados a reportagens que também são peças de literatura, como A MULHER DO PRÓXIMO, tenha apostado nessa fonte. Uma reportagem do Washington Post mostrou que muitas das peripécias relatadas no livro foram escritas depois que o proprietário já havia vendido o motel.

Mas nada disso tira o brilho de VOYEUR (no fim uma boa ficção) e do autor. Talese, sempre na estica, de chapéu, terno, colete e sapato bicolor (é filho de alfaiate), tem uma obra irrepreensível. Seus livros HONRA TEU PAI, O REINO E O PODER, VIDA DE ESCRITOR e FAMA e ANONIMATO desculpam um vacilo ou outro.

Anúncios

03/09/2016 - Posted by | Literatura

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: