PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

BMW i8

BMW i8 revista GQUm automóvel superesportivo com um conceito inovador.

Mais eficiente graças à construção inteligente de baixo peso em fibra de carbono e ao design aerodinâmico.

Mais sustentável devido à tecnologia BMW eDrive extremamente eficiente e aos materiais recicláveis presentes no interior, sem comprometer a dinâmica e a aparência esportiva. Combina perfeitamente o Prazer de Dirigir e a sustentabilidade.

O BMW i8 é um veículo híbrido PlugIn que combina as vantagens de um motor elétrico inovador com as tecnologias dos motores de combustão.

O resultado é uma experiência de direção extraordinária, com consumo de combustível e emissões de CO2 extremamente reduzidos.

O BMW i8 chega para revolucionar o segmento de veículos em que está inserido, sendo o primeiro automóvel superesportivo com consumo de combustível e emissões de CO2 típicos de carros compactos.

A potência deste veículo híbrido PlugIn deve-se também à sincronização perfeita entre o motor elétrico e o motor de combustão, o que é claramente perceptível por meio da eficiência e da dinâmica superiores do veículo.

O primeiro automóvel superesportivo que representa o espírito do progresso.

Anúncios

03/09/2016 Posted by | Carros | Deixe um comentário

BMW revela o conceito M4 GTS

bmw m4 pic 4

O BMW Concept M4 GTS foi revelado em Monterey antes do início oficial deste ano no “Concours d’Elegance”, é uma tomada ainda focalizada no cupê potente M4. E enquanto a empresa poderia estar chamando de carro conceito, não se engane: este carro vai entrar em produção.

E, tão importante para os condutores de BMW em geral, uma série de novos sistemas tecnológicos neste carro.  O mais legal dessas novidades é o sistema de injeção de água. A pulverização de vapor de água para o motor à frente do combustível esfria tudo para baixo

bmw m4 pic3

 

O ar mais frio é mais denso, o que significa que a subsequente combustão do combustível será mais potente e poderosa e isso significa que a pressão do turbo será bem melhor.

Em termos leigos, isso significa que o motor tem potência extra ou eficiência de combustível extra, mas sem ter que aumentar ou reduzir o tamanho ou a capacidade desse motor. É uma ideia genial.

O novo BMW terão os faróis traseiros tradicionais substituídos por OLED, que são mais brilhantes e mais rápidos a reagir do que os LEDs, e a unidade de luz pode ser programada para produzir as diversas cores diferentes se necessárias para alertar aqueles que vêm por trás quando você estiver parando, virando à esquerda ou fazendo retorno.

bmw m4 pic2

O carro possui ajustes manuais com divisores dianteiro de fibra de carbono e asa traseira para que ele possa ser configurado “corretamente” em diferentes pistas (ruas e estradas) além de suas rodas especiais de liga leve.

Numa outra tentativa de melhorar o manuseio, o capô é de fibra de carbono reforçado onde o uso do composto reduz o centro de gravidade do carro, crucial para a condução perto dos limites.

Uma coisa que a empresa não revelou foi as estatísticas de desempenho vitais do carro. Este BMW Coupe M4 pode ir de 0 – 100 km/h em 4,3 segundos e para uma velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 km/h.

Assim, os GTS terá que ter algo especial de fato, se é para melhorar esses números quando entrar em produção.

09/09/2015 Posted by | Carros | Deixe um comentário

Audi R8 V10

audir8v10Projetar um carro esportivo realmente avançado é um dos maiores desafios no design de automóveis. É onde a precisão técnica e o desempenho são colocados no limite da viabilidade. No novo Audi R8 Coupé, nossos designers e desenvolvedores foram bem- sucedidos ao criar um carro que incorpora nossa perfeição automotiva e design inovador.

O design do Audi R8 deixa bem claro.

As linhas laterais fortes e claramente estruturadas enfatizam sua origem – nas competições automobilísticas. Sua forma cheia de estilo com frisos característicos promete uma dinâmica potente e irresistível, que o carro ostenta de forma convincente.

Frente

As quatro argolas da marca não estão em sua posição normal na grade, eles estão sobre o capô. Isso faz a ponta frontal parecer ainda mais baixa e mais próxima da estrada. As duas entradas de ar largas cortam a estrutura única esportiva da Audi. Elas são um elemento de design importante, mas também garantem que o ar resfriado seja fornecido para o motor de alto desempenho e para os freios.

Os faróis de LED

O novo design dos faróis torna o Audi R8 facilmente reconhecível, de dia ou de noite. Isso acontece principalmente devido à aparência característica da faixa de luzes diurnas que contornam e enfatizam as lentes dos faróis baixos flutuantes. As 6 matrizes de LED nas câmaras refletoras se acendem junto com os faróis para iluminar a estrada por igual com a agradável e brilhante cor de luz das lâmpadas de LED. O indicador está integrado na luz diurna superior como uma linha claramente definida. Além disso, o Audi R8 agora possui uma luz giratória estática que, dependendo do ângulo do volante especificado, é ativada automaticamente em velocidades de até cerca de 70 km/h ou em velocidades de até 40 km/h com o indicador ativado para iluminar o curso da estrada com os faróis de LED.

As lanternas traseiras de LED

Além dos faróis, as lanternas traseiras também usam a tecnologia de LED. Aqui, uma faixa de luz de LED contorna o interior recém-projetado da unidade de luz. Ela contém a luz de freio com 24 LEDs e a luz de ré que também usa a tecnologia de LED. O indicador contém 30 LEDs e está localizado na borda inferior das lanternas traseiras, onde ele torna a indicação de direção dinâmica possível pela primeira vez. A alteração na direção pretendida é indicada pelos LEDs em 7 unidades ativadas, chamando mais a atenção dos veículos que estão atrás.

 Motor central V8 ou V10 com tração quattro® permanente nas quatro rodas.

O motor central é apresentado de maneira confiante abaixo da janela traseira, como uma obra de arte em uma grande vitrine. Quando o veículo está em ponto morto, a iluminação do compartimento do motor pode colocar o motor em destaque.

Frisos laterais

Os frisos laterais são característicos da visão lateral. Além de desempenhar sua função de desviar a entrada do ar refrigerando o motor, eles são um elemento de design característico. Na versão V10, os frisos laterais são vazados, na versão V10 plus, eles são feitos de carbono para enfatizar a característica leve.

Aerofólio traseiro

O aerofólio traseiro eletricamente extensível garante uma downforce adicional. Seja pelo controle automático dependente de velocidade ou pelo botão de controle manual no cockpit.

26/06/2015 Posted by | Carros | 1 Comentário

A Propaganda de Fórmula 1 mais espetacular que você já viu

A Red Bull já nos acostumou com propagandas espetaculares em todos os esportes que patrocina, e esta da Fórmula 1 é uma das melhores, mostra um carro sendo montado peça por peça, com as novas regras de construções de 2014.

04/04/2014 Posted by | Carros | Deixe um comentário

100 anos da Maserati

maseratiUma das mais icônicas montadoras italianas, a Maserati comemora 100 anos em 2014 com uma série de eventos como um encontro de carros clássicos e uma exposição no Museo Ferrari

A Maserati abriu suas portas em Bolonha, na Itália, em primeiro de dezembro de 1914, comandado pelos irmãos Alfieri, Ettore e Ernesto Maserati. A empresa era focada em inovação e tecnologia mecânica, produzindo velas de ignição e motores para a marca Isotta-Fraschini’s. Com a primeira guerra, a fábrica foi fechada e reabriu em 1926, produzindo seu primeiro carro de corrida sobre o chassi do Isotta Frasschini. O modelo chamado Tipo 26, era bem avançado para a época, e quebrou recordes mundiais de velocidade com o piloto Borzacchini.

Pouco mais de 10 anos depois, os irmãos Maserati venderem a empresa para Adolfo Orsi, mas ficaram no comando da engenharia da marca até 1944. Entre os feitos da marca que ajudaram em sua publicidade, está o fato de um Maserati pilotado por Wilbur Shaw vencer as 500 milhas de Indianápolis em 1939. Também houve o lançamento do A6 Grand Tourer em 1947, primeiro carro de passageiros da marca, destinado para as ruas e não para as pistas, mas o modelo era muito mais lento do que outros italianos.

A grande consagração como marca sofisticada de carros veio em 1963, com o lançamento do Quattroporte original, o primeiro quatro portas de luxo. Pouco depois, a Maserati foi comprada pela Citroen e lançou modelos épicos atrás de modelos épicos, como o Indy, o Bora e o Khamsin. Em 1975, a montadora italiana foi vendida para a De Tomaso e ficou apagada até 1993, quando foi comprada pela Fiat, e voltou aos seus dias de glória renascendo com o acesso às tecnologias da Ferrari, Fiat e Alfa Romeo.

As celebrações

Para celebrar o centenário da marca, a Maserati está planejando uma série de atividades ao longo do ano que culminarão no encontro oficial da marca em Modena, no mês de setembro de 2014. Mais de 250 Maseratis clássicos são esperados no evento que terá pistas de corrida e aulas de história. Na segunda metade de 2014, uma exposição entrará em cartaz no Museo Casa Enzo Ferrari, mostrando algumas das maiores criações já feitas pela montadora.

http://www.maserati.com

07/02/2014 Posted by | Carros | Deixe um comentário

Bugatti Veyron

BugattiDepois de lançar o primeiro modelo Bugatti Legends em Pebble Beach algumas semanas atrás, a marca revelou no Salão do Automóvel de Frankfurt o segundo modelo em edição especial, o Veyron Grand Sport Vitesse Jean Bugatti. A coleção “Legends Edition” homenageia seis personagens importantes nos 104 anos de história da montadora

A primeira edição especial foi produzida para homenagear o piloto Jean-Pierre Wimille, já essa nova apresentada em Frankfurt, homenageia Jean Bugatti, filho do fundador da companhia, Ettore Bugatti. Engenheiro de testes e designer, Jean entrou para a história ao criar o Type 57SC Atlantic, um dos carros mais raros e caros já produzidos até os dias de hoje. E é exatamente nesse modelo que o Veyron Jean Bugatti é inspirado.

Jean era dono de um 57SC Atlntic preto, conhecido como “The Black Car” e é por isso que o novo modelo é todo feito em fibra de carbono preta. Outros diferenciais estão na moldura da grade feita em platina, nas rodas de cinco raios e na assinatura do importante designer gravada no tanque de combustível. O motor é um w16 de 8,9 litros que tem 1200 cavalos de potência e 153 mkgf de torque. Com velocidade máxima de 408,84 km/h, a edição especial acelera de 0 a 100 km/h em 2,6 segundos.

O interior não é menos impressionante, com acabamento inspirado no clássico 57SC em couro bege e marrom. O logo também é feito em platina. A edição é limitadíssima com a produção de apenas três do Veyron Jean Bugatti.

http://www.bugatti.com/en/home.html

20/09/2013 Posted by | Carros | Deixe um comentário