PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Camacho Ecuador

Camacho EcuadorA marca Camachos é, historicamente, especializada em criar charutos apenas com tabaco de Honduras, mas agora apresenta uma novidade que promete interessar aficionados que buscam aromas e sabores diferentes, o Camacho Ecuador

Segundo a Camacho, o lançamento é uma nova experiência de sabor intenso, cor, aroma e textura completamente únicos. A folha de Ecuador Habano é uma das mais especiais do arsenal da marca por crescer nos solos ricos em nitrogênio das montanhas andinas, e é considerada a mais versátil folha de tabaco existente, criando inúmeras possibilidades de combinações para que os master blenders possam experimentar e ir além dos limites já conhecidos na criação de um sabor único.

Mas esse não é o único diferencial do Camacho Equador, que tem binder que envolve o charuto vindo da Mata Fina, no Brasil, e filler de uma mistura especial de tabaco hondurenho e Pelo de Oro Ligero, um tipo de tabaco dominicano, além do wrapper equatoriano. A nova linha será lançada em cinco tamanhos, Robusto (5 polegadas e vitola 50), Toro (6 polegadas por vitola 50), Churchill (sete polegadas por vitola 48), Figurado ( 6 1/8 polegadas e vitola 54) e Gordo (6 polegadas e vitola 60).

18/07/2014 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Sinfonia do Tabaco

avo uvezianTerno branco e chapéu panamá. Essas são as marcas do libanês Avo Uvezian, uma das mais legendárias figuras do mundo do tabaco. Vindo de uma família de músicos, Avo fez parte de um trio de jazz e compôs a música ‘Strangers in the night’, imortalizada na voz de Frank Sinatra. Sua paixão por charutos fez com que ele criasse uma marca de charutos altamente apreciada pelos aficionados.

Nascido em Beirute em 1926, Uvezian sempre foi apaixonado por música, escolhendo o piano como seu instrumento. Depois de viajar pelo Oriente Médio com seu grupo ‘The Lebanon Boys’, ele se mudou para os Estados Unidos para estudar música na Juliard, em Nova York. Seus estudos foram bruscamente interrompidos com a convocação para a Guerra da Coréia, na década de 50. Depois de ser dispensado dos serviços militares em 1952, ele mudou-se para Porto Rico, onde se tornou um grande apreciador de charutos.

Depois de uma viagem à Suíça onde não encontrou seus charutos preferidos, Uvezian decidiu criar sua própria linha de charutos. Depois de se unir ao produtos dos charutos Davidoff, Hendrick Kelner, ele criou a marca Bolero, em 1987, que era vendida em Porto Rico. Um ano depois do lançamento, começaram a ser vendidos em Nova York, na loja da Davidoff, com o nome de Avo. Bastante suaves, os charutos Avo foram bem aceitos no mercado americano e, em 10 anos mais de três milhões de unidades eram vendidas anualmente. No ano em que as vendas alcançaram 750 mil unidades, Avo Uvezian fez um acordo com a Davidoff, que comprou a marca, e ficou responsável por sua representação mundial. Ele se tornou um embaixador da boa vida, sendo o ‘garoto-propaganda’ da marca e de seu lifestyle.

Inspiradas na carreira musical de Avo, nasceram as linhas Avo XO Trio, composta pelo XO Maestoso, XO Prelúdio e Intermezzo; e Avo XO Quarteto, composta pelos charutos Presto, Allegro, Serenata e Notturno. Há também os charutos da linha Domaine Avo, mais encorpados e marcantes, lançados para agradar os aficionados que preferem baforadas mais fortes. Verdadeiros clássicos entre os apreciadores!

www.avo.com

14/02/2014 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Charutos verdes

Ocharutos verdess antigos charutos esverdeados da Alec Bradley, chamados Dirty Hooligan, foram renomeados para Filthy Hooligan e já estão mais do que prontos para invadir as prateleiras das melhores tabacarias norte-americanas. Segundo o proprietário da maison, Alan Bradley Rubin, a mudança no nome do produto não deve alterar o seu sucesso, já que a marca possui um nome consolidado no mercado do tabaco

A nova linha estava nos primeiros estágios de produção quando a mudança do nome aconteceu. Os poucos itens que haviam sido produzidos tiveram que ter suas embalagens atualizadas. Os deliciosos Filthy Hooligans são confeccionados com folhas de tabaco colhidas especialmente em Honduras, Nicarágua e Panamá. Esse blend único é o grande responsável pelo sabor inconfundível dos inusitados charutos. Notas apimentadas garantem um sabor delicioso, acompanhado por uma fumaça encorpada e sedutora.

As diferenciadas folhas utilizadas na fabricação dos Filthy Hooligans são de um verde vibrante que atrai a curiosidade dos aficionados. Todas elas passam por um processo de tratamento coordenado por ninguém menos que Nestor Plasencia, um importante produtor de tabaco e fabricante de charutos cubanos. O produto será lançado unicamente no tamanho 6 x 50 do tipo Toro, e em edição limitada – 2000 caixas com 22 charutos cada.

http://www.alecbradley.com

07/02/2014 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Cigar News

upmann reserve 1844Com apreciadores famosos como Winston Churchill e John Kennedy, a H. Uppman é muito tradicional e apreciada no mundo. A marca lançou recentemente duas edições especiais, para presentear os aficionados com novos sabores.

Fundada em 1844, a H. Uppman está entre as mais antigas no segmento dos charutos. O banqueiro alemão Herman Upmann, que se estabeleceu em Cuba na primeira metade século decidiu diversificar seus negócios e investiu em uma fábrica de charutos, que começaram a ser produzidos para presentear seus principais clientes. Pioneira, a marca foi a primeira a utilizar caixa retangular de cedro espanhol como embalagem, já que o material conserva a umidade dos charutos.

A primeira novidade é o H. Uppman 1844 Reserve, de sabor denso por conta de um mix de fumos diferentes. Folhas peruanas, nicaraguenses e dominicanas foram usadas no blend, que ganha ainda mais complexidade com wrapper equatoriano. O paladar é adocicado e a fumaça branca e pesada, assim como as cinzas, que conferem robustez à experiência.

Outra novidade da marca é a edição Diamondblack, muito aromática. Produzidos em quatro tamanhos – Corona, Churchill, Robusto e Toro – os charutos são suaves e densos, criados pelo cigar maker Omar Ortez, que selecionou fumo da Nicarágua para produzir a edição. Diferente e leve, esses charutos são ideais para quem quer provar algo novo, mas sem exagerar, só com toque de originalidade no sabor.

Site:
http://www.altadisusa.com/

24/01/2014 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Pura Exclusividade

padron 1926Uma mistura de restaurante, bar e cigar club, the Boisdale é um dos lugares mais especiais de Londres. Dentro do ‘complexo’ localizado próximo ao Palácio de Buckingham está o Auld Restaurant, o pub Back Bar, o charmoso restaurante Courtyard Garden, e o MacDonald Bar. O espaço, fundado em 1988 pela família MacDonald, é repleto de influências da cultura escocesa e esconde um private club frequentado pela nata londrina. Visitar The Boisdale Jazz & Cigar Club, lugar mais do que especial para os amantes de charutos poderem apreciar os melhores puros e melhores whiskies do Reino Unido.

The Boisdale Jazz & Cigar Club tem um charme retrô típico dos clubes de cavalheiros do século XIX. Com decoração clássica em madeira escura e o xadrez da família MacDonald, o lugar recebe os membros que procuram uma boa bebida, música excelente e ambiente sofisticado. Destaque para a carta de drinks com mais de 100 clássicos, os 400 rótulos especiais de vinhos e mais de 190 tipos de whiskies escoceses. Todos os dias, o quinteto Richard Pite’s Boisdale Blue Rhythm Band toca jazz e blues dos anos 30, 40 e 50, proporcionando uma verdadeira viagem no tempo para os freqüentadores.

Confortáveis poltronas de couro, tapetes persa e mantas de cashmere para os dias mais frio, dão um toque especial ao ambiente. A seleção de puros também é invejável. São mais de 100 tipos dos mais tradicionais cubanos como Partagas, Romeo y Julieta, Montecristo e Vegas Robaina. O grande destaque é a linha vintage de charutos, com vitolas como Lusitânia 1998, Churchill 2000, Prince of Wales 1997 e Don Alejandro 1999. Para conseguir conhecer o charmoso cigar club a dica é reservar uma mesa em um dos restaurantes do espaço. Aprecie um delicioso jantar (os pratos com salmão e com carne selecionada, vindos diretamente da Escócia, são verdadeiros clássicos) e aguarde até 22h, quando os não-membros podem conhecer o bar privado para ouvir a banda de jazz e fumar um puro. Prazer para poucos!

www.boisdale.co.uk

17/01/2014 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Camacho Blackout 2013 Limited Edition

Camacho Blackout 2013Parte das marcas da Davidoff, a hondurenha Camacho lançou uma edição especial de final de ano diferenciada. O Camacho Blackout 2013 Limited Edition vem de uma produção especial vintage e promete agradar àqueles que buscam um charuto complexo, saboroso e original

Como todos os produtos Camacho, Blackout é feito na fábrica da marca em Honduras com capa (wrapper) hondurenha plantada em 2006, semi-capa (binder)da Nicarágua de 2009 e um blend de tabacos em seu interior vindos de Honduras, Nicarágua e Brasil. Todos os charutos foram enrolados muitos anos atrás e envelhecidos por dois anos, um diferencial, já que geralmente o tempo de envelhecimento é de apenas alguns meses.

Outro ponto diferente dessa edição especial é que o wrapper passou por um processo de fermentação a pressão, intensificando a temperatura externa, o que torna a folha mais escura e oleosa.

O Blackout vem em cinco tamanhos: o Robusto de cinco polegadas e vitola 50, o Figurado de 6 1/8 polegadas e vitola 54, o Toro de 6 polegadas e vitola 50, o Gordo de 6 polegadas e vitola 60 e o Churchill de sete polegadas com vitola 48. Todos os cinco tamanhos vêm em caixas polidas que seguem a linha dos charutos, em preto e cinza, com 20 unidades cada. A edição especial já está disponível nos Estados Unidos.

http://camachocigars.com

04/12/2013 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Cigar News

homem-fumando-charuto-wallpaper-21633Alec Bradley Prensado Double T
A jovem marca (criada por Alan Rubin em 1996) está lançando seu Prensado Double T, um charuto grande, ousado e repleto de sabor. A nova edição da aclamada linha Prensado da marca, tem vitola 60 e 15,2 centímetros de comprimento, e é produzida com um blend entre tabaco de Honduras e da Nicarágua, além de ter uma capa que foi envelhecida por três anos antes de chegar à produção dos charutos. Com um formato único, o Double T tem sabor ultra cremoso e tabaco adocicado, o que garante uma experiência aromática, com notas de espresso e de especiarias.
http://www.alecbradley.com/

Ernesto Perez-Carillo Maduros
A marca apresentou recentemente uma das mais pedidas adições à sua gama, os charutos de formato Maduro (um charuto pode ser considerado Maduro quando a folha da capa passa por um processo de cozimento ou de amadurecimento natural, até atingir uma cor específica). Feita com capa de folha plantada em Connecticut, a linha inclui oito tamanhos diferentes, entre eles Encantos (12 cm, vitola 50), Churchill Especial (18 cm e vitola 49) e Predilectos (15,5 cm e vitola 52).
www.epcarrillo.com

Cohiba Behike
A Habanos apresenta a Cohiba Behike, considerada a linha mais exclusiva que a empresa já lançou. O grande diferencial está em seu blend, que inclui tabaco ‘Medio Tempo’, uma folha encontrada apenas na parte superior de alguns pés de tabaco, que fazem com que o sabor seja único e exclusivo. Será produzido um número pequeno de charutos sob esse blend, que possui três bitolas (BHK 52, 2,06cm x 11,9 cm; BHK 54, 2,14cm x 14,4 cm; e BHK 56, 2,20cm x 1,66 cm).
www.habanos.com

23/11/2013 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Montecristo Petit No. 2

montecristo petitOs fãs do clássico e popular Montecristo No. 2 podem comemorar, já que a marca cubana, uma das mais importantes do mundo do tabaco, se prepara para lançar o Montecristo Petit No. 2, um charuto bem menor do que o primeiro desenvolvido para quem busca uma experiência mais rápida na hora de fumar, mas com o mesmo sabor e complexidade

O Petit No. 2 é a primeira adição à Línea Clásica em muitos anos e vem para agradar àqueles que têm menos tempo para apreciar o No. 2 tradicional. Com vitola 52, o Petit é uma polegada e meia menor do que o original, mas com mesmo nível de sabor da versão clássica. A novidade vem em caixas de 25, 10 e três unidades e traz o novo logo da marca.

O charuto é feito com um blend único de tabaco, produzido usando folhas da zona de Vuelta Abajo em Pinar del Rio, Cuba, terra do melhor tabaco de todo o mundo. Esse blend é marca registrada de todos os tamanhos da Línea Clásica, e tem um sabor de grande complexidade e aroma especial que cativam desde os fumantes mais experientes até os novatos.

http://montecristo.com

09/11/2013 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Destino al Siglo

destino al sigloPoucas marcas conseguem chegar aos 100 anos de idade e tradição, e uma delas é a cubana Arturo Fuente, que atingiu seu centenário em 2012, mas teve seus planos de celebração adiados por conta um incêndio que atingiu um depósito com alguns de seus mais antigos tabacos. Porém a espera de um ano valeu a pena com o novo lançamento Destino al Siglo

Destino al Siglo, que significa “um século de destino”, é um charuto especial que vem embalado em caixas vermelhas contendo 26 charutos, e lembram livros. Essa embalagem ornamentada e luxuosa é inspirada na criação do Arturo Fuente Hemingway Cigar, da marca, na década de 80.

Os charutos são feitos com wrappers do Chateau de la Fuente, a mesma fazenda onda o famoso Fuente Fuente Opux X wrapper é produzida. O que proporciona um sabor especial e único a este charuto é a semente de tabaco cultivada, Habano, e o fato de crescer na luz do sol.

http://www.arturofuente.com

01/11/2013 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário

Benji Menendez Partagas Master

Benji Menendez PartagasA edição comemorativa do Benji Menendez está disponível somente no tamanho 6 x 54, todos confeccionados com as melhores folhas de tabaco cultivadas na República Dominicana. Produzidos na fábrica General Cigar Co., esses diferenciados charutos possuem notas muito peculiares, resultando em um sabor agradável e em uma fumaça encorpada, além de extremamente sedutora

Veterana na produção de charutos, a Menendez soube fazer um blend único e fantástico ao desenvolver o Partagas Master Series LX. As folhas de tabaco utilizadas para enrolar esses charutos são cultivadas em Camarões, e as que preenchem o interior do fumo são da Havana e Nicarágua. A versão é muito parecida com a anterior, a Partagas Master Series, exceto pelo fato de que a edição LX, apesar de utilizar os mesmos tipos de tabaco, o faz em proporções diferentes, detalhe essencial para originar um sabor totalmente próprio.

A nova combinação é mais forte e ainda mais saborosa para aqueles que apreciam um charuto mais encorpado. Na nova versão, utilizou-se mais tabaco da Nicarágua, principal motivo que deu origem a um produto sem precedentes, extremamente agradável, irresistível para qualquer aficionado. No sabor, notas complexas de cedro, pimenta e café, combinadas de maneira deliciosa. O final remete a chocolate e canela, atraindo até os paladares menos sensíveis.

O nome LX é o número 60 em algarismos romanos, homenagem aos 60 anos da Benji Menendez no mercado do tabaco. O Partagas Master Series LX vem em uma charmosa embalagem com acabamento fosco, contendo 18 unidades do cobiçado produto.

http://www.partagas1845.com

18/10/2013 Posted by | Tabaco | Deixe um comentário