PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Como será fazer e receber ligações telefônicas no iPad no iOS 8

AppleUma das novidades mais interessantes do iOS 8 é sem dúvidas o recurso chamado “Continuity”, ou seja, continuidade. Entre várias funcionalidades bacanas dentro desta novidade, uma das que mais chamam a atenção é a possibilidade de realizar ligações telefônicas utilizando nosso iPad ou até mesmo um Mac.

Mas como funciona isto, tendo em conta que o iPad não realiza ligações telefônicas? Por proximidade, evidentemente falando de ecossistema, você precisará ter um iPhone, o recurso sincronizará seu iPad e iPhone ou Mac e iPhone e quando você receber uma ligação aparecerá uma notificação na tela, podendo atender no melhor estilo “viva voz”.

Será um recurso útil? Sem dúvidas, a praticidade de não precisar trocar de dispositivos surpreenderá e acredito que será muito utilizado.

Vamos conhecer um pouco mais sobre o Continuity e a possibilidade de atender ligações telefônicas no iPad.

Continuity, atenda ligações telefônicas no iPad

Embora o iPad com 3G / 4G possua uma linha telefônica vinculada ao chip, o aparelho mesmo assim não foi desenhado para se tornar um telefone, é por uma razão óbvia, não será nada divertido tirar seu iPad da mochila e falar com ele na orelha, já vimos coisas parecidas em aparelhos de outras marcas, mas convenhamos que é bizarro.

O recurso de poder atender uma ligação no iPad ou até mesmo no Mac foi pensado para ambientes controlados, em sua casa, em seu escritório, enquanto usa um destes dispositivos.

iphone-carregando

Hoje temos o FaceTime de voz e vídeo funcionando perfeitamente nestes aparelhos, como também outros serviços de chamadas por VoIP, como o Skype por exemplo, o Continuity lhe dará a possibilidade de se comunicar da mesma forma, utilizando sua linha de celular atual.

Imagine seu iPhone carregando na tomada, ou até mesmo guardado no bolso da calça ou na bolsa, você não precisará mais ir até o iPhone ou buscá-lo, caso estiver utilizando o iPad ou Mac, bastará atender a ligação diretamente nestes aparelhos.

Como funciona?

O Continuity estará sempre vinculado ao ID Apple e funcionará quando os dispositivos estiverem contectados na mesma rede Wi-Fi, como expliquei anteriormente, não foi pensado para o uso “na rua”.

Sempre que você estiver com os dispositivos conectados na mesma rede e utilize o mesmo ID Apple a ligação tocará em todos eles, com a possibilidade da escolha de onde irá atender.

Escolher essa combinação de ID Apple e rede foi importante para ter certeza de que o usuário possui seus dispositivos no mesmo ambiente, garantindo assim a privacidade.

recebendo-ligacao-no-mac

Sendo assim, não importa se o iPhone está no bolso da calça, na bolsa ou carregando no quarto, o usuário poderá sempre tomar a ligação rapidamente utilizando qualquer um de seus outros iDevices.

A maçã não mencionou se o sistema funcionará também por Bluetooth, de momento sabemos que funcionará por Wi-Fi, em breve poderemos ter novidades neste sentido.

Notificação de ligações

Quando o iPhone tocar, o Continuity mostrará o nome e o número de quem está ligando na tela de seu iPad ou Mac, funcionará da mesma forma que você já está acostumado. Se você já tem o contato em sua agenda telefônica sincronizada via iCloud (ou da forma que for) aparecerá também a foto de quem está ligando para você, fazendo tudo funcionar perfeitamente e de fácil identificação.

Para atender bastará deslizar no iPad (como no iPhone) ou clicar, no Mac. Claro que se você estiver ocupado poderá também rejeitar esta ligação e enviar uma mensagem personalizada avisando o contato de que não pode atender aquela ligação no momento, ou ignorar a ligação.

contatos-mac-ligacoes

Realizar ligações

Para realizar ligações teremos vários meios e isso é o que torna a história ainda mais interessante, você poderá ligar usando seu iPad ou Mac acessando um contato no aplicativo Contatos, algum contato existente em alguma reunião de sua agenda (aplicativo Calendário) ou até mesmo ligar diretamente pelo Safari, ao navegar.
•Contatos:
Essa é a forma mais básica, você abre o aplicativo Contatos no iPad ou Mac, escolhe a quem deseja ligar, toca na opção e o iPhone realizará a ligação que será encaminhada ao iPad ou Mac.
•Calendário:
Desta forma você poderá tocar no número de algum dos participantes de sua reunião e realizar a ligação que funcionará da mesma forma que descrevi acima.
•Safari:
Esta é a parte mais interessante, você poderá navegar na internet, entrar em algum site de seu interesse, localizar o telefone da empresa e tocar nele, o Safari perguntará rapidamente se você deseja ligar para este número utilizando o Continuity, de fato a ligação funcionará em seu iPad ou Mac, tudo de forma automática.

Sempre que você estiver em uma ligação aparecerá um relógio, indicando a duração da ligação, também terá outras opções similares às do iPhone, para desligar, mudar a uma chamada via FaceTime com vídeo ou voz, colocar em mudo, etc.

Considerações Finais

Este é mais um recurso que soma na hora de decidir por uma marca, o iOS possui recursos no que diz respeito a ecossistema que nenhum outro sistema oferece, o iOS 8 está chegando para melhorar ainda mais estes recursos e trazer novas funcionalidades, como o Continuity.

29/06/2014 Posted by | Tecnologias | Deixe um comentário

A diferença que um chiclete pode causar à primeira vista

Um experimento da Trident realizado com gêmeos mostrou que o ato de mascar chiclete pode mudar radicalmente a imagem que você passa de si mesmo

A marca de chicletes Beldent, conhecida no Brasil como Trident, recrutou gêmeos idênticos para uma ação publicitária em 2013, realizada na Argentina, com o intuito de mostrar a diferença que uma simples goma de mascar pode causar à primeira vista. “Almost Identical” ganhou 8 leões no festival de publicidade de Cannes na semana passada.

Os irmãos foram vestidos de forma igual e sentados lado a lado. Contudo, apenas um deles recebeu um chiclete. Um total de 481 pessoas foram chamadas para participar do experimento. Elas se sentaram em frente aos gêmeos com um fone de ouvido para responder perguntas como: “Qual desses dois parece ter mais amigos?”; “Qual desses dois parece tem mais amigos imaginários?”; “Qual deles parece ser convidado para mais festas?”; “Qual desses dois daria um aumento a você?”; “Qual deles demitiria você caso pedisse um aumento?”.

Aqueles que mascavam a goma foram relacionados com a maioria das perguntas positivas (73%), o que leva a crer que o simples fato de mascar um chiclete pode mudar completamente a imagem que você apresenta aos outros.

A campanha, que claramente é enviesada, pois todas as perguntas se concentram no fator simpatia e, obviamente, pessoas mascando chiclete passam uma impressão de que são mais descontraídas e simpáticas. Além disso, a ação acaba funcionando do mesmo modo para as demais marcas de chiclete, por não ressaltar nenhum diferencial da Beldent. Mas, em todo caso, a criação da Del Campo Saatchi & Saatchi, realizada no Museu de Arte Comtemporânea de Buenos Aires, foi bem recebida pelo público, visto o sucesso que teve na premiação do último sábado (21).

Assista à ação e deixe sua opinião nos comentários:

27/06/2014 Posted by | Pesquisas | Deixe um comentário

É Fácil, É Difícil

masculinidadeÉ fácil trocar as palavras,

Difícil é interpretar os silêncios!

É fácil caminhar lado a lado,

Difícil é saber como se encontrar!

É fácil beijar o rosto,

Difícil é chegar ao coração

por Fernando Pessoa

26/06/2014 Posted by | Pensamentos | 2 Comentários

Lágrimas

lágrimaNinguna persona merece tus lágrimas, y quien se las merezca no te hará llorar.
Por Gabriel García Márquez

25/06/2014 Posted by | Pensamentos | Deixe um comentário

Cargas desnecessárias

borboletaUm viajante caminhava cansado pela estrada, levando uma grande pedra nas mãos. Nas costas ainda carregava um pesado saco de terra.
No caminho, uma pessoa viu sua dificuldade e lhe perguntou:
– Cansado viajante, por que carrega essa pedra tão grande?
– É estranho, mas eu não tinha realmente notado que ainda a carregava. Ela não tem mais utilidade para mim – disse o viajante.
Então, ele jogou a pedra fora e se sentiu muito melhor.
Mais adiante, outra pessoa cruza seu caminho e lhe pergunta:
– Por que carrega esse saco de terra tão pesado?
– Estou contente que me tenha feito essa pergunta – disse o viajante – porque eu não tinha percebido que não precisarei mais dele.
Desfez-se do saco de terra, e percebeu que tornou-se um homem mais livre e passou a caminhar mais tranquilo e feliz.

Qual era na verdade o problema dele? A pedra? O saco de terra? Não. Era o apego e a falta de consciência da existência desses pesos. Uma vez que as viu como cargas desnecessárias, livrou-se delas e já não se sentia mais tão cansado.

Coloquei esta breve e conhecida história porque ela nos traz um precioso ensinamento.
Abandone tudo aquilo que não condiz com seu caráter, sentido de vida, objetivos e metas.
Tudo que não agrega, que te distrai e te afasta da direção que decidiu dar à sua vida deve ser abandonado em favor desta causa maior.
Muitas pessoas não chegam onde desejam porque ficam prisioneiras do apego a hábitos, circunstâncias e outras questões.
O apego é uma âncora que mantém você preso onde está agora.

Reflita sobre isto!

25/06/2014 Posted by | Fábulas, Reflexões | Deixe um comentário

20 manias e costumes de pessoas ricas

otimistaNão basta que elas tenham muito dinheiro. Pessoas ricas têm alguns costumes próprios delas e algumas dessas manias são feitas todos os dias. Não é preconceito, e, sim, uma questão cultural. Tudo isso foi resultado de uma pesquisa feita por Dave Ramsey, um consultor financeiro que é conhecido por ter horror à dívida.

Seu plano de capacidade financeira é aplicável a qualquer pessoa, com algumas alterações de acordo com o indivíduo. Ele realizou um estudo comparando pessoas com mais e menos dinheiro, resultando em 20 fatos pelos quais os ricos saem na frente. Conheça a lista fornecida por Ramsey e tire as suas próprias conclusões sobre o assunto:

01 – Menos calorias

70% dos ricos comem menos do que 300 calorias por dia com junk food, ou seja, salgadinhos, bolinhos doces, sanduíches, batatas fritas, entre outras coisas. 93% das pessoas pobres comem mais do que 300 calorias diárias com essas porcarias.

02 – Sempre focados

80% das pessoas ricas são focados em realizar algum objetivo único, enquanto 12% das pessoas pobres fazem isso.

03 – Exercitando-se mais

76% dos ricos fazem exercícios aeróbicos quatro vezes por semana e somente 23% dos pobres exercitam-se regularmente.

04 – Audiobooks

63% das pessoas ricas ouvem livros de áudio (conhecidos também como audiobooks) durante o trajeto para o trabalho contra 5% das pessoas pobres.

05 – Lista de tarefas

81% das pessoas abastadas de grana mantêm uma lista de afazeres diários. Somente 19% dos que tem menos dinheiro fazem isso.

06 – Filhos que leem

63% dos pais ricos fazem seus filhos ler dois ou mais livros de não ficção por mês contra 3% de pobres.

07 – Trabalho voluntário

70% dos pais ricos obrigam seus filhos a fazerem, pelo menos, 10 horas por mês de trabalho voluntário contra 3% dos pobres.

08 – Desejando parabéns

80% das pessoas ricas fazem ligações desejando feliz aniversário para alguém enquanto 11% dos pobres fazem isso.

09 – Listando objetivos

67% dos ricos fazem uma listagem com todos os seus objetivos contra 17% dos pobres.

10 – Lendo mais

88% dos ricos leem 30 minutos ou mais por motivos de educação ou de carreira. Somente 2% das pessoas com menos dinheiro leem isso.

11 – Menos sinceros

Aqui, os ricos ficam para trás: 6% deles dizem tudo o que está na mente, enquanto 69% dos pobres fazem isso.

12 – Network

79% das pessoas ricas passam cinco horas ou mais por mês se relacionando com sua lista de contatos. Das pessoas com menos dinheiro, somente 16% mantêm contato.

13 – Menos TV

67% das pessoas com mais grana passam menos de uma hora na frente da TV contra 23% dos que não tem dinheiro.

14 – Nada de reality shows

6% dos ricos assistem a reality shows contra 78% dos pobres.

15 – Acordando mais cedo

44% dos ricos acordam três horas antes para o trabalho contra 3% dos pobres.

16 – Pensando no futuro

74% das pessoas ricas ensinam bons hábitos de sucesso diário para seus filhos contra apenas 1% dos que não tem dinheiro.

17 – Criando oportunidades

84% dos ricos acreditam que bons hábitos criam oportunidades em todos os setores da vida. Apenas 4% dos pobres pensam assim.

18 – Má sorte

76% das pessoas com dinheiro acreditam que maus hábitos trazem má sorte contra 9% dos pobres que pensam dessa forma.

19 – Sempre se aperfeiçoando

86% dos ricos acreditam que precisamos nos aperfeiçoar permanentemente no campo educacional, estudando cada vez mais. 5% dos pobres se contentam com o que conseguem.

20 – Amor à leitura

86% dos ricos amam ler como passatempo. 26% dos pobres pensam dessa forma.

25/06/2014 Posted by | Comportamento | 3 Comentários

Another Day In Paradise

Another Day in Paradise é uma canção escrita e originalmente gravada pelo músico britânico Phil Collins. Foi a primeira canção lançada como compacto simples de …But Seriously (1989), o quarto álbum de estúdio de Collins.
Em “Another Day in Paradise”, assim como no álbum do qual faz parte, Collins abandona substancialmente o estilo dance-pop das canções de No Jacket Required (1985), seu último álbum lançado até então.
Collins escreveu “Another Day in Paradise” com o intuito de chamar atenção para o problema da falta de moradia nas grandes regiões metropolitanas do mundo. De acordo com ele, a letra da canção foi escrita após uma visita que fez à cidade de Washington, capital dos Estados Unidos. Ali, ficou chocado ao encontrar um grande número de pessoas vivendo em situação de pobreza extrema, incluindo sem-tetos que lutavam para sobreviver. Ele ficou chocado com a situação de abandono total em que essas pessoas viviam e também com a falta de preocupação da cidade como um todo ao problema dessas pessoas, apesar de ali ser a sede do governo estadunidense (daí o sarcasmo utilizado no título da canção).

22/06/2014 Posted by | Songbook | Deixe um comentário

Paciência e Persistência

Não se queixePaciência e persistência são atributos raros, especialmente quando combinados.

A boa notícia é que eles podem ser aprendidos, e há bons mestres nessa matéria.

O primeiro mestre é a própria experiência: o sofrimento que não revolta, mas que enrijece o espírito, levanta a cabeça, endireita a espinha.

O segundo é a história, presente nos livros, nos companheiros mais velhos, nos pais, nos conselheiros.

É importante ouvir quem já viveu, já experimentou e, por isso, pode contar o sabor da vida — que de amargo pode tornar-se doce, quando a perseverança vence a indolência e a desesperança.

22/06/2014 Posted by | Reflexões | Deixe um comentário

Valor de uma pessoa

caminhar-na-areiaQuer saber o verdadeiro valor de uma pessoa?

Pense em como seria sua vida sem ela …

21/06/2014 Posted by | Pensamentos | Deixe um comentário

Luta pela vida

Eu sou pequeno, mas eu sou o grande vencedor.

21/06/2014 Posted by | Motivação, Videobook | Deixe um comentário