PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

A última lição de Chico Anysio

“O antidepressivo arrumou a minha vida. Temos de colocar esses remédios ao alcance dos pobres”, disse meu tio, que sofreu de depressão por anos

A última entrevista de Chico Anysio, foi feita em sua casa e não foi para nenhum jornal, rádio ou TV. Com cerca de 40 minutos de duração, foi concedida ao psiquiatra Antônio Geraldo da Silva, presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Chico havia sido convidado para ser padrinho da campanha “A sociedade contra o preconceito”, da ABP, lançada no Congresso Brasileiro de Psiquiatria, ano passado. Devido ao seu estado de saúde e com medo de não comparecer ao evento, fez questão de deixar algumas palavras aos médicos na abertura do congresso, onde seu depoimento foi exibido.

Como sua fala é de grande valia, divido com os leitores algumas de suas últimas palavras. Paciente orgulhoso do psiquiatra Marcos Gebara por quase 25 anos, fez questão de explicitar a importância do tratamento psiquiátrico na sua vida. “Sem os remédios da psiquiatria, eu não teria feito 20% do que fiz.”

O grande Chico Anysio, que divertiu a vida de gerações de brasileiros, sofreu de depressão por anos a fio.

“Depressão é um quadro que só se controla com remédio. O antidepressivo acertou a minha vida. A psiquiatria é fundamental como o ar que eu respiro.” A depressão era “um demônio, um gás letal, ela entra e a pessoa não sente que está deprimida. Os outros é que descobrem”.

Chico definiu como “criminoso” o preconceito contra as doenças mentais, traduzido pela palavra psicofobia. “Achar que ir ao psiquiatra ainda é coisa de maluco é retrato do preconceito. Depressão é uma coisa, maluquice é outra”, comparou.

Chico se revoltou com o descaso com que governos e autoridades lidam com os transtornos mentais e o fornecimento de medicamentos.

“Se é possível ajudar e curar pessoas e isso não é feito, é crime. O governo tem esse dever. Não é favor colocar os remédios psiquiátricos ao alcance dos pobres, é obrigação. É dever do governo. Remédios psiquiátricos precisam ser gratuitos para quem precisa, assim como já acontece com os soropositivos”, propôs.

Ele afirmava que seu grande mal não era a depressão, mas o cigarro. “Meu pulmão foi meu grande adversário. O grande criminoso da minha vida foi o cigarro. Eu venci a depressão porque pude pagar remédios e psiquiatra. A depressão é vencível, é controlável. É só ir ao psiquiatra e tomar os remédios. O cigarro não.”

Ele era categórico em afirmar que seu único arrependimento em quase 80 anos de vida era o vício no cigarro. “Sou do tempo em que fumar era coisa de macho. Cary Grant fumava, Humphrey Bogart fumava… Conseguir que uma pessoa pare de fumar significa que ela volte a viver”, afirmou emocionado.

Ele foi capaz de um feito raro: parar de fumar sozinho. Mas, infelizmente, já era tarde demais. Os danos ao pulmão e coração eram de tal ordem que muito pouco poderia ser revertido. Antes de falecer, Chico andava com a ideia de criar uma fundação com seu nome para apoiar os estudos de combate ao tabagismo. Infelizmente, não teve tempo.

Ele tinha a dimensão do poder que suas palavras poderiam ter para as vítimas de depressão e tabagismo.

“O humor só existe em países com problemas. Não existe humorista sueco ou finlandês. Do problema nasce o humor. Como humorista, não tenho nenhum poder de consertar uma coisa, mas tenho o dever de denunciá-la. É o que estou fazendo aqui: denunciando a falta de socorro aos doentes mentais no Brasil”.

Que o seu contundente relato alcance aqueles que ainda fumam ou questionam os danos que os transtornos mentais não tratados podem causar na vida de quem os sofre, seus familiares e amigos. Se Chico conseguiu diminuir a tristeza de milhões de brasileiros com o sorriso, que ele possa agora diminuir o preconceito contra as doenças psiquiátricas por meio de suas palavras.

ANALICE GIGLIOTTI, mestre em psiquiatria pela Unifesp, é medica e sobrinha de Chico Anysio

Anúncios

26/09/2017 Posted by | Artigos, Saúde | Deixe um comentário

Sintomas do Esgotamento Emocional

desprezar os outrosO esgotamento emocional é um grande vilão que se não for tratado com seriedade pode se transformar em depressão.

O sono não é reparador: Você acorda cansado, mesmo tendo dormido a noite toda;

Queda de rendimento no trabalho: Você não é mais tão rápido para fazer tudo o que sempre fez com disposição e faz as coisas no modo automático;

Memória fraca: A agenda agora é sua amiga, pois sem o aviso no celular você esquece mesmo e nem se dá conta;

Há algum tempo sair de casa para festas e ficar com os amigos já não te dão entusiasmo: Antes era bom sair, conversar com amigos, mas agora existe sempre uma boa desculpa para ficar de pijama em casa;

Azia, dores de estômago e intestino que não funciona como deveria: Nosso aparelho digestivo é sempre o primeiro a dar sinais de que suas emoções não estão bem;

Dores de Cabeça: Basta tomar um analgésico e tudo fica bem, mas ela marca presença pelo menos três vezes ao mês, ou até mais;

Vontade de chorar sem explicação aparente: Sua sensibilidade está muito maior e coisas pequenas já são suficientes para um choro compulsivo e reclamações exageradas;

Dificuldades para ler e assimilar novos conteúdos: Aprender algo novo está mais complicado, sua paciência em aulas e palestras já não é a mesma de antes;

Pensamentos negativos mais frequentes: Para de buscar novas soluções para os problemas, pois acredita que as coisas podem piorar se você tentar algo novo;

Engolir sapos para evitar discussões: Se for possível cortar da sua vida para ter paz e saúde, não pense duas vezes;

Como tratar: Pare de adiar seu descanso. Faça algo por você! Coloque-se em primeiro lugar, nada deve ser feito no modo automático. Você deve sentir a vida e não apenas seguir o fluxo.

Autora: Luciana Lara

27/07/2017 Posted by | Saúde | Deixe um comentário

Pesquisadores garantem: beber café é o melhor para viver mais

Boas notícias para todos os fanáticos por café: seu vício pode fazer você viver mais! De acordo com novas pesquisas, as chances de uma vida prolongada podem ser maiores se você consumir café.

“É claro que o café pode ser incorporado a uma dieta e a um estilo de vida saudáveis”, diz a cientista Veronica Setiawan, uma das pesquisadoras por trás da descoberta.

Os benefícios do consumo de café já vêm sendo defendidos por pesquisadores. Agora, há mais evidências dos efeitos positivos em tomar uma xícara de café. Dois novos estudos americanos, publicados no Annals of Internal Medicine, revelam que o café pode nos ajudar a viver mais tempo.

“Nós não podemos dizer que beber café prolongará sua vida, mas vemos uma associação. Se você gosta de tomar café, beba! Se você não é um bebedor de café, então você precisa considerar se deveria começar”, diz Setiawan.

Um dos estudos analisou de perto 520 mil pessoas, entre bebedores e não bebedores de café, em dez países europeus. Outro estudo, que também analisou a bebida e a mortalidade, seguiu 185 mil pessoas por um período de 16 anos.

De acordo com a EurekAlert, as pesquisas mostram que pessoas que bebem uma xícara por dia correm um risco 12% menor de morrer prematuramente. Mais importante: para as pessoas que bebiam pelo menos três xícaras por dia, o risco era 18% menor em comparação com quem não bebia café.

“O café contém muitos antioxidantes e compostos fenólicos que desempenham um papel importante na prevenção do câncer. Embora este estudo não mostre causalidade ou aponte para o que os produtos químicos no café podem ter esse ‘efeito elixir’, é claro que a bebida pode ser incluída dentro de um estilo de vida saudável”, acrescenta Setiawan.

Acredita-se que o café reduz o risco de acidentes vasculares cerebrais (AVC), diabetes, doenças pulmonares e renais, doenças cardiovasculares e doenças no sistema digestivo.

Esta é uma ótima notícia para todos os fanáticos por café. Eu acho que uma xícara por dia realmente mantém um médico bem longe!

21/07/2017 Posted by | Anti-Envelhecimento, Saúde | Deixe um comentário

Dia Nacional do Homem

No dia 15 de julho próximo passado, comemorou-se o Dia Nacional do Homem.

Esta data foi inspirada no Dia Internacional do Homem (19/11), e tem o objetivo de conscientizar a população masculina sobre os cuidados que devem tomar com a sua saúde, e seu comportamento.

No Brasil, o Dia do Homem foi criado por iniciativa da Ordem Nacional dos Escritores, e é celebrado no país desde 1992.

Nós sabemos que não existe um “homem perfeito”, mas buscar o auto aperfeiçoamento pode tornar a sua vida mais realizada.

Para ser um homem melhor, você pode ter de fazer algumas mudanças no seu modo de pensar, agir e interagir com as outras pessoas.

Abaixo relacionamos alguns pontos para reflexão:

SEJA FIEL AOS SEUS VALORES

Faça um esforço consciente para definir quais são os seus principais valores, aqueles princípios que permanecem sinceros e inalterados, e aja de acordo com eles, independente de quaisquer inconveniências que possam surgir no caminho.

  • Ter uma base moral fortalecida fará com que você possa ser fiel a si mesmo com mais facilidade, mesmo quando a vida ficar difícil. De tempos em tempos, comprometer-se aos seus valores pode exigir coragem, mas o esforço valerá a pena.

TREINE-SE PARA SER REALISTICAMENTE POSITIVO

Ser idealista ao extremo pode evitar que você lide bem com a realidade da vida, enquanto ser otimista permitirá que você reconheça essa realidade e espere por um resultado melhor.

  • Desafie os pensamentos negativos. Em vez de presumir que as coisas darão errado, tenha ciência dessa possibilidade, mas pense no que você precisa fazer para evitar falhas. Vá atrás dos seus objetivos. Pense com antecedência e faça planos para o futuro. Pergunte a si mesmo o que você quer conquistar e, com base nisso, estabeleça os objetivos adequados. Quando você os tiver em mente, concentre-se em torná-los realidade.
  • De certa forma, precisamos mesmo viver o momento e aproveitar a vida pelo que ela é. Não deixe que as graças da sua vida desapareçam por estar concentrado demais no futuro para prestar atenção no presente.
  • Por outro lado, se você não conseguir estabelecer esses objetivos para si mesmo, pode ficar facilmente estagnado, o que pode fazer com que a vida pareça menos realizada do que realmente é.

MANTENHA-SE FIRME SOB QUALQUER PRESSÃO

O estresse é inevitável. No entanto, quando você se encontrar em uma situação que o deixe irritado ou ansioso, treine-se para manter a calma e controlar essas emoções em vez de deixá-las soltas.

  • Em vez de ter uma reação impensada e instintiva, acalme-se e pense de modo racional. Reaja de acordo com a razão, não com a emoção.
  • É claro que isso não significa que você não possa sentir emoções. Pelo contrário: aceitar o fato de que você as tem pode ser difícil para alguns homens; no entanto, quanto mais cedo você fizer isso, mais fácil será controlá-las em vez de deixar que elas controlem você.

RESPONSABILIZE-SE PELO SEU PRÓPRIO COMPORTAMENTO

Quando as coisas derem errado e a culpa for das suas atitudes, aceite a responsabilidade e siga em frente. Do mesmo modo, quando as coisas derem certo por causa de algo que você fez, aceite o crédito merecido..

  • Não culpe os outros pelos seus fracassos e não se concentre nos comportamentos negativos demonstrados pelas pessoas quando estiver avaliando o que deu errado em determinada situação. Você não controla o que os outros fazem a você; só é possível controlar as próprias atitudes. Assim, faz sentido que você se concentre nelas quando for avaliar o passado e seguir em frente.

AGUCE A MENTE

Busque o conhecimento ativamente e mantenha o cérebro nas melhores condições possíveis.

Ler é uma ótima maneira de fazer isso, mas você também pode manter as habilidades mentais aguçadas resolvendo quebra-cabeças ou encarando novos desafios.

DEIXE A MENTE DESCANSAR

Embora seja importante aguçá-la, é fácil exagerar se você não der a si mesmo uma chance de se afastar do mundo e relaxar de vez em quando.

  • Passar tempo com os seus amigos pode ser uma parte importante desse processo de relaxamento, mas você também deve reservar um tempo para ficar só. Quando isso acontecer, desconecte-se ao máximo do mundo. Desligue o computador e o celular. Passe um tempo isolado e dê a si mesmo a chance de se recarregar.

CUIDE DO CORPO

Lembre-se sempre dos três pilares de uma vida saudável: uma dieta de qualidade, exercícios regulares e horas suficientes de sono.

  • Você não precisa viver à base de saladas e shakes de proteínas para ter uma dieta saudável. Pelo contrário: as melhores dietas são as mais equilibradas. No entanto, você pode ter de resistir à tentação de ingerir “alimentos inadequados” com frequência. O ser humano não consegue viver só de bacon e barras de chocolate.
  • Tente se exercitar pelas manhãs, assim que acordar. Você pode ir à academia, caso isso seja de seu interesse. Se não, pode ainda fazer leves caminhadas ou ficar animado com alguns polichinelos.

MANTENHA UMA APARÊNCIA BEM ARRUMADA

A sua aparência tem um papel importante na primeira impressão dos outros sobre você.

Embora os rituais de beleza das mulheres possam ser um tanto complexos, tudo o que você precisa fazer (como homem) é manter uma higiene básica e vestir roupas limpas e bem arrumadas, que se adequem às ocasiões.

Nada impede, muito pelo contrário, que você cuide da sua pele e do seu corpo. Hoje o mercado está repleto de produtos específicos para os cuidados pessoais do homem

  • Se tiver pelos faciais, mantenha-os raspados, assim com os pubianos. Isto é fundamental para manter uma boa higiene.
  • Vista roupas limpas e de boa aparência, e garanta que sejam adequadas para a ocasião.

MANTENHA-SE INFORMADO

Atualize-se sobre o mundo à sua volta. No entanto, em vez de preencher a mente com informações relativamente inúteis, concentre-se nas pessoas e nos eventos que realmente importam. Isso pode exigir que você sacrifique um pouco do tempo que dedica a esportes ou jogos para aprender mais sobre o estado atual das políticas estrangeiras, ou o efeito econômico gerado pelos últimos desastres naturais.

  • Você precisará entender o mundo em que vive se quiser funcionar nele da melhor maneira possível.
  • É claro que isso não significa que você não possa se dedicar a hobbies e interesses. Essas coisas são importantes, já que ajudam você a relaxar e recarregar as energias. Basta aprender a priorizar a atenção e a aproveitar os hobbies sem deixar que eles controlem a sua vida.

LIMPE OS LOCAIS ONDE VOCÊ VIVE E TRABALHO

Há um motivo por trás da notória fama de desleixados atribuída a homens solteiros. Desafie esse estereótipo e mantenha o seu espaço pessoal em uma condição de relativa limpeza. Não é necessário ser perfeito, mas você provavelmente deva se certificar de que pode, ao menos, olhar para baixo e ver o chão, em vez de pilhas de roupas sujas e embalagens vazias.

SEJA RESPONSÁVEL COM O DINHEIRO

Dívidas podem ser um peso enorme, e ter várias delas fará com que as instituições financeiras se recusem a fazer empréstimos caso você precise bancar as mensalidades de escola/faculdade, carros novos e moradias melhores. Em resumo, ser uma pessoa financeiramente irresponsável impedirá que você avance na vida.

  • Não gaste o dinheiro que você não tem e economize o dinheiro que recebe. Investir com sabedoria ou guardar uma parte do salário na conta bancária poderá dar a você uma boa estabilidade financeira em épocas difíceis.

EXPERIMENTE ALGO NOVO

O segredo de ter uma vida interessante é fazer coisas interessantes. Desafie-se a aprender algo novo ou a conhecer um lugar que nunca tenha visitado.

  • Encontre uma coisa que lhe interesse e aprenda mais sobre ela. Isso pode envolver fazer algo mental (como estudar um novo idioma) ou algo físico (como aprender a lutar krav-magá).

PENSE ANTES DE AGIR

Embora a “síndrome da língua maior que a boca” possa afetar tanto os homens quanto as mulheres, os homens têm uma fama de se encrencarem mais por isso.

Não importa se isso é ou não justo; você deve sempre se esforçar para pensar por alguns segundos sobre as coisas que pretende dizer ou fazer antes de seguir adiante

  • Ter a “cabeça quente” costuma ser uma característica masculina; no entanto, isso não é algo sábio. Embora você não deva ter medo de tomar atitudes, reconheça que alguns impulsos não são necessariamente bons. Uma breve avaliação deve ser suficiente para que você determine se é ou não seguro prosseguir.
  • Por exemplo: se a sua primeira reação for insultar um colega de trabalho ou subordinado por um pequeno erro cometido, será bom para todos se você parar, questionar o seu impulso e escolher uma maneira melhor de lidar com o problema.

ADOTE UMA ATITUDE ALTRUÍSTA

Busque as melhores atitudes para todas as pessoas envolvidas, mesmo que você tenha de se sacrificar um pouco para isso. Ao demonstrar a sua disposição para colocar os outros antes de si mesmo, passará a mensagem de que você é confiável.

  • A compaixão não vem tão facilmente para muitos homens, e é fácil perder as outras pessoas de vista quando você se concentra somente nos próprios objetivos. Mesmo assim, é importante persistir nos seus esforços para alcançar as necessidades (óbvias e não tão óbvias) das outras pessoas.
  • É claro que isso não significa que você deva sacrificar o respeito próprio. Há uma linha tênue entre se sacrificar pelos outros e deixar que os outros abusem de você. Enquanto a primeira é uma opção, a segunda é forçada sobre você e, geralmente, as pessoas a aceitam sem questionamento.

AJA COM SINCERIDADE

Trate as pessoas com a mesma atitude genuína com a qual você gostaria de ser tratado. Seja fiel a si mesmo e permita que essa sinceridade seja exposta em meio às suas interações diárias.

  • Tente não fazer nem dizer coisas da boca para fora, mesmo que você esteja tentando apaziguar os sentimentos de alguém ou aliviar uma situação desagradável. Ser flagrado dizendo algo insincero fará com que as pessoas deixem de confiar em você, o que pode fazer com que ter um relacionamento pessoal e profissional bem-sucedido com os outros seja difícil.
  • Aqui, tome duas atitudes: pare de contar “mentiras brancas” e cumpra todas as promessas que fizer (a menos que uma emergência verdadeira e inevitável o impeça de fazê-lo).

CUMPRA AS OBRIGAÇÕES FAMILIARES

Você pode ter de exercer vários papéis na sua família ao longo da vida: filho, irmão, marido ou pai; você pode ter relacionamentos importantes com parentes mais distantes; pode ver os amigos como uma família, embora não haja laços de sangue. Independentemente da situação, é preciso que você se certifique de que possa cumprir as responsabilidades exigidas pelo seu “papel”.

  • Tanto os homens quanto as mulheres precisam se envolver com as suas famílias de modo igual. No entanto, embora isso seja uma expectativa imposta sobre as mulheres, a sociedade não costuma fazer o mesmo com os homens. Por exemplo: uma mãe de família que trabalhe pode ser questionada quanto à forma com que ela equilibra a carreira e a família, enquanto um pai de família que trabalhe não passa por isso.
  • Ao se esforçar para cumprir as obrigações em família, você poderá melhorar os seus relacionamentos, além de aprimorar o seu caráter moral. As famílias são postas à prova ao longo de toda a vida, e tratar bem os parentes lhe ensinará a tratar as pessoas externas com o mesmo carinho.

TRATE AS MULHERES COM RESPEITO  

Ao contrário da crença popular, babacas não conquistam mulheres, pelo menos, não quando a mulher tem um mínimo de respeito próprio.

Se você ainda não agir assim, deverá parar de tratar as mulheres como objetos e começar a vê-las como seres humanos.

DÊ O PRIMEIRO PASSO  

Em qualquer situação social, deve haver uma pessoa que diga: “Vai”. Não tenha medo de assumir esse papel. Comece fazendo escolhas e criando planos e supere as objeções conforme elas surgirem, em vez de se preocupar com elas de antemão.

  • O “mundo romântico” oferece o exemplo mais óbvio. Se você quiser chamar uma mulher para sair, chame-a. Você pode ser rejeitado; no entanto, mesmo que isso aconteça, a rejeição pelo menos libertará a sua atenção e permitirá que você procure pessoas em outro lugar.
  • Como um exemplo não romântico, considere a dinâmica entre você e os seus amigos. Em vez esperar que eles o convidem para as coisas, comece a ir atrás deles e fazer os convites por conta própria.

ACEITE AS PESSOAS COMO ELAS SÃO

Nem todas as pessoas se dão bem umas com as outras, mas você provavelmente poderá tolerar a maioria delas se puder vê-las sob uma lente objetiva.

  • Ninguém tem uma história exatamente igual à sua ou está vivendo as mesmas circunstâncias que você; assim, ninguém pensará exatamente como você pensa. Ademais, cada pessoa está em um estágio diferente do crescimento pessoal. Se examinar o seu passado, você provavelmente poderá se lembrar de um período da sua vida do qual não se orgulha.
  • Quando aprender a aceitar os pontos fortes e fracos das outras pessoas, você poderá começar a influenciá-las com uma preocupação genuína, em vez de apenas fazer críticas severas.

DEMONSTRE GRATIDÃO

Tornar-se um homem melhor requer muito trabalho, e você deve se orgulhar das próprias conquistas. No entanto, também deverá reconhecer a ajuda que receber dos outros. Seja grato internamente por esse auxílio e, sempre que possível, compartilhe essa gratidão externamente com as pessoas.

17/07/2017 Posted by | Ética, Bem Estar, Boa Aparência, Cuidados Pessoais, Desenvolvimento Pessoal, Elegância, Equilibrio, Estilo, Etiqueta, Homem de Caráter, Lembranças do Dia, Saúde | Deixe um comentário

Os 7 inimigos do coração 

Especialista em medicina de estilo de vida, o doutor Luiz Fernando Sella deixou de lado as tradicionais causas físicas que afetam a saúde, como altos índices de colesterol, hipertensão, diabetes ou cigarro, e decidiu investigar o lado emocional da questão em seu novo livro, Os 7 inimigos do coração.
A publicação, que ganha noite de autógrafos nesta segunda-feira, na Livraria da Travessa de Ipanema, no Rio de Janeiro, mostra como traições, paixões ou tristezas profundas podem afetar o coração, “a parte mais íntima e profunda do ser”, segundo Sella. 

“O livro convida para uma reflexão sobre algumas emoções que tendem a roubar nossas energias. É uma conversa sobre os sete inimigos que fecham os canais da felicidade. 

Todos têm o potencial de destruir alegria, relacionamentos, caráter, saúde, nossa fé. Mas, para cada um, existe um remédio, o verdadeiro antídoto, capaz de neutralizar seus efeitos nocivos”, explica ele. 

19/06/2017 Posted by | Estilo, Livros, Saúde | Deixe um comentário

Olhos cansados: por que esse problema é cada vez mais frequente?

Você já sentiu seus olhos ardendo, coçando e lacrimejando, como se estivessem sempre cansados? Se a resposta for positiva, vale a pena ficar atento. Segundo o oftalmologista Ricardo Augusto Paletta Guedes, esses podem ser sintomas de um fenômeno recente chamado astenopia ocupacional. Cada vez mais comum, ele é causado pelo uso excessivo de celulares, tablets e computadores.

A astenopia é um dos tipos de cansaço visual e compreende um conjunto de sintomas oculares causados pelo esforço exagerado. Os principais são dores oculares, cefaleias (dor de cabeça), lacrimejamento, ardência e coceira. A falta de óculos, para quem tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo, também pode causar a doença.

Recentemente, no entanto, tem chamado a atenção a frequência cada vez maior de casos de astenopia ocupacional, causada pelo uso intenso de dispositivos digitais. Isso ocorre porque, quando os olhos fixam um objeto a menos de 3 metros de distância, o músculo ciliar entra em contração para focalizar a imagem. “Ao usarmos o celular, tablet ou computador em excesso, geramos um esforço exagerado e prolongado desse músculo, originando esse tipo de astenopia”, explica o médico. Para completar, quando ficamos muitas horas seguidas em frente a uma tela, o reflexo de piscar diminui e acabamos piscando menos vezes do que o normal. Isso gera ressecamento ocular, outro causador do sintoma de cansaço visual.

Cuidados

Segundo o oftalmologista, o tratamento da astenopia deve ser direcionado à causa do cansaço. “Se for um erro de refração, como miopia, hipermetropia ou astigmatismo, a correção visual por meio de óculos ou lente de contato deverá ser prescrita”, afirma.

Se a causa for uso excessivo dos dispositivos digitais, ele acredita que a educação do paciente seja fundamental. “É preciso limitar o uso da visão de perto e intercalar com períodos de descanso”, recomenda. “Normalmente, para cada 40 ou 50 minutos de uso do computador, celular ou tablet, deve-se ter em torno de 10 minutos de descanso visual”, afirma. Nesse período de descanso, é importante olhar para longe, pela janela, ou ficar com os olhos fechados por alguns minutos. Outro cuidado importante é o de manter os olhos bem lubrificados, lembrando-se de piscar de forma frequente, mesmo que voluntária, ou por meio do uso de colírios lubrificantes oculares.

Lentes especiais

Para quem sente desconforto nos olhos, mas de qualquer forma precisa passar o dia alternando o olhar entre diversas telas digitais, as ZEISS Digital Lenses podem ajudar – e muito. As lentes foram desenvolvidas especialmente para pessoas que têm entre 30 e 40 anos, independentemente de usarem lentes de visão simples ou não, e precisam diminuir o estresse visual ao longo do dia. Sua efetividade foi testada em usuários de dispositivos digitais e 90% deles ficaram satisfeitos. Os participantes afirmaram que elas reduziram os sintomas de olhos cansados. Saiba mais em http://www.lentesdigitais.com.br.   

Fonte: Ricardo Guedes

17/06/2017 Posted by | Estilo, Saúde | 1 Comentário

As bebidas energéticas isotônicas

O que é uma bebida energética?

As bebidas energéticas tem como objetivo compensar a perda de água, carboidratos e minerais devido ao esforço físico. A sua composição é adaptada para as necessidades nutricionais dos atletas durante a atividade física.

Qual é a vantagem de bebidas energéticas?

Hidratação é fundamental, independente da atividade física. O primeiro objetivo de uma bebida energética é, então, hidratar.

As bebidas energéticas são doces e representam um aporte de carboidratos de fácil digestão durante o exercício. Eles podem reverter o esgotamento das reservas de energia e, assim, evitar a hipoglicemia (“a fadiga súbita”)

Como usar bebidas energéticas?

Exercícios inferiores a 1h/1h30: Água pura é suficiente.

Exercícios superiores a 1h / 1h30: É aconselhável consumir uma bebida com carboidratos com ingestão regular (1 gole a cada 10 a 15 minutos). Esta bebida deve se concentrar em carboidratos para fornecer energia ao corpo rapidamente utilizável. Esta bebida também deve conter sódio, vitamina B1 e ser isotônica para assimilação adequada.

Exercícios muito longos: Para os esforços que duram muito tempo, a ingestão de carboidratos e minerais é sempre importante para suprir as necessidades do organismo. Esta bebida também deve conter minerais: sódio, potássio e magnésio, ela deve também conter vitaminas B1, B2, B6, que têm um papel na utilização de carboidratos pelo corpo.

Quais são os ingredientes essenciais de uma bebida energética?

A especificidade da bebida será ligada ao hidrato de carbono, sais minerais (tais como o sódio) e, assim, a sua osmolaridade.

A água para manter a hidratação: a atividade física promove uma perda significativa de água podendo afetar o desempenho dos atletas.

Carboidratos compensam as perdas de energia: os carboidratos mais utilizados são glicose, frutose e maltodextrina.

O sódio para compensar as perdas de suor: o sódio ajuda a manter o equilíbrio de fluidos no corpo. A ingestão situada entre 400 e 1100mg/L é recomendada. Não é recomendado ultrapassar este limiar para não modificar a osmolaridade e, assim, indiretamente, a taxa de esvaziamento gástrico

Osmolaridade: A osmolaridade do sangue deve ser de 290mOsm /L, e a bebida isotônica deve ter a mesma concentração

Evitando armadilhas:

Frutose: A frutose por si só não é recomendada durante o exercício. Além de 30g / l, pode conduzir a problemas gastrointestinais, que têm um efeito negativo no desempenho. Ela deve ser combinada com outro açúcar.

O mel: muito rico em frutose. Bebida energética formulada com este ingrediente têm pouco valor a menos que seja ligada a outro açúcar.

A temperatura da bebida: A bebida deve ser fria (10-15 ° C), mas não gelada.

O que é a regulamentação de bebidas isotônicas?

Isotônicos tem o nome técnico de suplemento hidroeletrolítico para atleta e são dispensados de registro na Anvisa. Mas mesmo assim tem que seguir as suas determinações.

O que determina uma bebida ser ou não isotônica é a osmoralidade. Isto é, quanto mais próxima da osmolaridade do sangue, maior a capacidade de absorção pelo organismo.

No Brasil, a regulamentação exige que a osmolaridade deve ser inferior a 330 mOsm/kg água.

A Anvisa determina na RDC 18/2010 e RDC 60/2008 os níveis de cada componente da formulação, inclusive o sódio, que deve estar entre 46 e 115 g/L.

Marie Fauchille

Nutricionista

11/05/2017 Posted by | Fitness, Saúde | Deixe um comentário

Dicas para manter a forma durante as viagens a trabalho

Ser um executivo significa viajar com frequência, seja para conhecer parceiros em uma cidade próxima ou atravessar o oceano para avaliar um novo mercado em potencial. E todo mundo tem consciência do quão importante é manter-se em forma para a saúde – apesar da agenda maluca. E como fazer isso quando se está longe de casa por dias? Durante as viagens, você não estará próximo da sua academia, não terá acesso a nenhum equipamento com o qual já esteja familiarizado e, pior de tudo, sua programação vai, provavelmente, estar tão apertada que será difícil de encaixar qualquer exercício nela.

Encontre o hotel certo

A primeira missão é achar o hotel certo. Assim que você souber qual será o destino da viagem, procure informações sobre os hotéis da região e descubra o que ele oferece. Muitos possuem áreas adequadas para a prática de exercícios – isso quando não oferecem uma academia completa. Se você for para Denver, por exemplo, o Grand Hyatt Denver Downtown seria uma ótima escolha, com piscina coberta, academia e quadras de tênis. Também é possível escolher estabelecimentos com modalidades bem específicas. Os hotéis Kimpton são exemplo disso: contam com um canal com 24 horas de programação de yoga e tapetes no quarto para a prática.

Estabeleça um compromisso

Se o seu hotel não tem uma academia ou você não pode ter acesso a nenhum equipamento para manter a forma, você certamente acabará desistindo dos exercícios. Entretanto, é melhor se comprometer, pelo menos, a poucos minutos de atividade intensa todos os dias do que não fazer nada. E, já que não existem aparelhos no seu caminho, o jeito é usar o próprio peso do seu corpo e elementos do dia a dia. Você pode, por exemplo, optar por um treinamento de sete minutos usando um aplicativo. E sempre há a possibilidade de caminhar ou correr na vizinhança.

Faça as refeições no hotel

Quando se está em uma cidade nova, a tentação de sair para comer é enorme. Mas a melhor alternativa para manter a forma durante esses períodos é comer no hotel, pelo menos, uma de suas refeições. Os bufês de café da manhã costumam ser fartos, o que significa que você poderá escolher uma fruta, um queijo leve ou aveia. Outra sugestão é ir até o supermercado local e comprar produtos frescos para os lanches rápidos entre as refeições ou comidas fáceis de preparar, que podem ser feitas no conforto do quarto de hotel. Dessa forma, você vai economizar dinheiro e poderá se alimentar de maneira saudável.

Escolha os restaurantes e pratos corretos

Como muitas reuniões de negócio são realizadas durante um almoço ou jantar, muitas vezes não há alternativa e o restaurante acaba sendo inevitável. Nestes casos, fique atento para manter a situação sob controle. Caso tenha oportunidade de escolher o local, faça sua pesquisa antes e opte por um que ofereça, principalmente, pratos saudáveis. Uma vez lá, escolha itens que sejam compatíveis com suas necessidades nutricionais, em pequenas porções, e, sempre que possível, acompanhados de frutas e vegetais.

Durma bem

O sono é um componente subestimado na saúde física, mas, dormindo melhor, você estará mais atento, terá mais energia e mais motivação para praticar exercícios. Se organize para conseguir, pelo menos, sete horas de sono por noite, mesmo quando durante uma viagem. Talvez seja difícil dormir em um ambiente que não seja familiar, mas dê a si mesmo tempo suficiente para conseguir uma boa noite de sono. Evite cafeína e interação com telas digitais antes de ir para a cama e faça exercícios físicos durante o dia.

Estabeleça mais – pequenos – compromissos

Você não precisa ser um fisiculturista ou um corredor de maratona para melhorar a sua saúde física. De acordo com a clínica Mayo, dependendo do seu nível de atividade, de 75 a 150 minutos por semana são suficientes para conquistar benefícios – e isso significa de 10 a 20 minutos por dia.

Pequenas atitudes – como alongar o corpo ao acordar ou escolher uma salada em vez de uma massa – contribuem, e muito, para manter a boa forma, mesmo quando você está viajando a trabalho.

É tudo ou nada: cada pequeno passo é muito valioso.

15/04/2017 Posted by | Estilo, Saúde, Viagens | Deixe um comentário

Carnaval

viver de modo leveO período de Carnaval é motivo de muitos encontros com os amigos, viagens, curtir blocos de rua, entre outros programas típicos dos dias de folia, assim como os que antecedem também. É claro que durante esse período, muitos gostam de saborear diversos drinques. Para aqueles que estão em dieta ou desejam apenas manter uma rotina saudável, uma deliciosa opção são os preparados com frutas e sem álcool. Já existe uma infinidade de combinações de dar água na boca! Seguem algumas dicas: Melancia com um pouco de gengibre; Morango, folhas de manjericão, xarope de grenadine e água; Infusão de capim limão com rodelas de limão siciliano e água; Limão tahiti, limão siciliano, hortelã, açúcar e água.

 Já que estamos no mês do Carnaval, trazemos um alerta muito importante que costuma ocorrer no mês do evento e nos que antecedem também: o aumento do uso de termogênicos e remédios para emagrecer rapidamente ou para enrijecer e fazer crescer musculatura. Parece óbvio que, nessa época do ano, muitas pessoas desejam perder uns quilinhos para poder desfilar com um corpo mais bonito. Para isso, é comum irem para a internet procurar opções quase milagrosas a fim de perder peso rápido. É aí que entram os termogênicos.

Existe um número incontável de produtos no mercado e o princípio ativo principal de quase todos eles é um só: a cafeína, uma sustância muito conhecida, mas que em doses concentradas e muito elevadas pode trazer efeitos prejudiciais ao corpo, como hipertensão arterial, arritmias cardíacas, infarto agudo do miocárdio, AVC, doenças psiquiátricas (crises de ansiedade ou mania) e até mesmo morte. Além dos termogênicos, outro grande vilão são os anabolizantes, que fazem o efeito contrário, de aumentar a massa corporal.

 O uso de produtos sem orientação médica, indiscriminado e por longa duração pode afetar a função endócrina natural da testosterona, causando infertilidade, concentrações reduzidas de espermatozoides e volume testicular reduzido. Outras alterações hormonais incluem um aumento de sete vezes na concentração de estradiol, que é um dos principais hormônios femininos, o que explica a ginecomastia, ou seja, o desenvolvimento excessivo das glândulas mamárias masculinas. Nas mulheres, observa-se o surgimento de acnes, queda de cabelo, disfunções hepáticas, mudanças corporais e na voz, alterações no humor, aumento do estresse, formação de coágulos sanguíneos, retenção de líquidos, aumento da pressão arterial e até câncer.

Não caiam em modismos e nem em soluções milagrosas, que prometem resultados da noite para o dia. Consulte seu endocrinologista para um apoio eficaz e seguro para o emagrecimento, assim como aumento de massa muscular

 Fonte: Dra. Silvia Bretz

 

12/02/2017 Posted by | Saúde | Deixe um comentário

Dicas psicológicas para lidar com a insônia

insoniaO filósofo suíço pop Alain de Botton disse certa vez que “a insônia é a vingança da mente por todos os pensamentos que evitamos durante o dia”. Não sabemos se ele proferiu a frase acordado às três da manhã, mas quem já passou pelo problema sabe que é difícil de discordar.

Separamos algumas dicas simples para ajudar quem passa noites inteiras sem pregar o olho. Mas, se o caso for grave, é uma ótima ideia procurar um psicólogo. As informações foram extraídas de um método de tratamento não farmacológico chamado terapia cognitivo-comportamental (TCC), cuja eficiência contra a insônia é comprovada por diversos estudos, como este aqui, feio por médicos do Centro de Desordem do Sono de Melbourne, na Austrália, e publicado na revista científica Annals of Internal Medicine. Eles avaliaram os resultados de mais de 20 pesquisas clínicas prévias sobre o tema, e a grande maioria atestou a eficácia do método.

Tire da sua cabeça que você ficará péssimo no dia seguinte

É comum que insones passem por uma cruel fase de negociação com o despertador, que só piora o problema. Afinal, a percepção de que você passará o próximo dia com um imenso cansaço mental e físico pela falta de sono aumentará sua ansiedade e, por consequência, diminuirá mais ainda suas possibilidades de conseguir dormir.

Por isso, é uma ótima ideia colocar na sua cabeça que ocorrerá exatamente o contrário: acordarei muito bem, obrigado. O pensamento de que o próximo dia não será, afinal, tão ruim assim pode te ajudar a relaxar e pegar no sono no dia anterior.

Use a cama em horários precisos, para finalidades específicas.

Isso doerá no fundo da alma, mas a afirmação acima também envolve não dormir mais do que o normal nos finais de semana. Adormecer e acordar no mesmo horário todos os dias, usar a cama só para o sono e evitar associá-la a atividades que não sejam “ZZZZZZZzzzz”, como assistir a uma série da Netflix ou estudar, são todas atitudes simples que podem mudar a maneira como sua mente encara a cama e ajudar a regularizar seu repouso. Essa abordagem quase militar não é um conselho incomum, e é conhecida como “higiene do sono”.

Evite usar remédios, se possível

Diversos estudos confirmam que a mudança de hábito induzida pela TCC é mais eficiente no tratamento de distúrbios no sono que vários alternativas farmacológicas. Esta pesquisa, por exemplo, publicada no JAMA International Medicine, atestou que a maior parte dos usuários do Ambiem (indutor de sono conhecido no Brasil como Zolpidem) apresentou uma melhora apenas razoável nos níveis de sono durante o uso e voltou à “estaca zero” após o término do tratamento. Além da baixa eficiência, há o risco de dependência química e de uma considerável diminuição do desempenho cognitivo e psicomotor ao longo do dia, o que os Mutantes chamariam de “Ando Meio Desligado”.

por Science of Us (USA)

26/10/2016 Posted by | Psicologia, Saúde | Deixe um comentário