PrimeLife (Ano VI)

Viva Bem, Viva Mais, Viva com Estilo

Pessoas Suaves

“Toda elegância é discreta, assim como toda virtude é silenciosa…” – Luiz Felipe Pondé

Existe uma classe de pessoas cuja maneira de viver, de agir e de pensar despertam especial admiração àqueles cuja sensibilidade permite percebê-las.

São seres singulares, não encontradas amiúde, tampouco com grande frequência.

Raridades!

Reservadas e discretas deixam suas marcas por onde passam, sem ser forçado e muitos que cruzam seus caminhos não compreendem a razão de serem tão atraentes.

Fazem-se notar sem pretensão de fazê-lo, sem afetação, apresentam-se com autêntica humildade.

Não necessitam subterfúgios artificiais para destacar-se e não possuem qualquer necessidade de estar em evidência, são naturalmente seguras.

Podem ser inteligentes e cultas, ou simples, mas sábias. Elegância discreta, tom de voz adequado e sempre munidas de gentileza e simpatia.

A bondade e a empatia não permitem que façam julgamentos sobre quem ou o que quer que seja. São abertas e desprovidas de preconceitos.

Falam o necessário, porém com eloquência, o que as tornam interessantes. Normalmente não são pessoas contidas, ainda que sejam expansivas, conseguem, com sua leveza, ser agradáveis.

Aplicam a dose certa de sensatez a seus modos ao que pensam e ao que falam, em condutas e comportamentos retos.

Sabem quando falar e quando calar, e colocam-se em seu devido lugar não sendo jamais levianas, indiscretas ou invasivas.

Anúncios

28/06/2017 Posted by | Comportamento, Estilo | Deixe um comentário

Gratidão

A gratidão é o maior princípio do reconhecimento que nós podemos ter. Quando recebemos algo, faz todo sentido demonstrar nossa gratidão.

Os benefícios da gratidão são maravilhosos!

A gratidão não é moeda de troca, é gentileza. É sentir necessidade de dizer “obrigado”, é beijar no rosto de alguém carinhosamente, é se expressar em gestos, qualquer atitude, com um sentido abraço.

A gratidão traz junto dela uma série de outros sentimentos, como amor, fidelidade, amizade e muito mais. A gratidão é um sentimento muito nobre!

É muito importante lembrar que onde você foca a sua Gratidão, lá estará a sua felicidade. No casamento, no trabalho, família, pais, filhos, amigos, financeiro.

Vamos dizer que você tem um trabalho onde 90% do tempo você se sente feliz, realizado e motivado, porém tem 10% que não é tão bom.

Se você focar nos 90% positivo você terá mais coisas boas e sentirá bem. O contrário também pode ocorrer se você observar só os 10% ruins você terá mais coisas negativas, problemas, enfim tudo que não era para acontecer irá acontecer.

Quando você aprende a focar em coisas boas e começa a agradecer por elas, a mudança será positivamente avassaladora.

A Gratidão vem de dentro. Precisamos senti-la verdadeiramente em nosso coração, vivenciá-la com os gestos, olhares e principalmente com as palavras.

Muitos têm o sentimento de gratidão em seu coração, mas não “colocam” para fora dizendo: muito obrigada, sou grato.

O que nos impede de sermos Gratos:

◾Sentimento de inferioridade e de vitimização extrema;

◾Autossuficiência

◾Mágoa e ressentimentos

◾Inveja e comparação

◾Dificuldades de mostrar afetos

É importante reforçar a necessidade de ter a Gratidão dentro e fora, buscando usar palavras e termos gentis e educados, pois sabemos que o Universo absorve nossos sentimentos, ações e palavras.

Quando você alcançar esta maneira de pensar e de se sentir grato, você perceberá que coisas extraordinárias irão acontecer em sua vida e ao seu redor.

28/06/2017 Posted by | Comportamento, Psicologia | Deixe um comentário

Não agrade os ingratos, nem sirva os folgados

Passamos muito tempo fazendo a coisa certa para as pessoas erradas, sofrendo as consequências das péssimas escolhas pelo caminho, sofrendo à toa por coisas inúteis e gente sem conteúdo, alimentando vãs esperanças em relação ao que não tem a menor chance de vir a acontecer.

Perdemos muito tempo investindo no vazio, esperando retorno do que não volta, aguardando sorrisos de quem nem nos olha direito. É preciso focar no que é real, pois, mesmo que não haja muito de verdadeiro nesses terrenos, esse pouco bastará.

Precisamos parar de tentar agradar aos ingratos, às pessoas descontentes e incapazes de receber algo de fora. Existem indivíduos que se encontram por demais fechados ao acolhimento do que não se encontra dentro deles, do que não faz parte daquele mundinho em que eles se fecham, presos a crenças e sentimentos que não mudam, não são repensados, não saem do lugar. Tentar alcançá-los é inútil.

É necessário evitar a servidão aos folgados, aos aproveitadores, a quem não sai do lugar por si só, a quem foge a qualquer tipo de responsabilidade, pois sabe que alguém sempre fará por ele.

Temos que ter clareza quanto ao que realmente devemos e poderemos tomar para nós, ou acumularemos cargas de bagagens que não são, nem de longe, relacionadas às nossas vidas. Muita gente precisa de ajuda, sim, mas muitos precisam é de vergonha na cara.

Não podemos nutrir amizades duvidosas, com pessoas que não expressam a menor necessidade de nós, como se tanto nossa presença quanto nossa ausência fossem a mesma coisa, algo sem importância, invisível, dispensável.

Nem todos de quem gostamos irão gostar de nós, o retorno da estima e da afeição nunca é uma certeza, portanto, há necessidade de que adentremos exclusivamente os encontros verdadeiros.

Não é fácil nem tranquilo conseguirmos acertar quanto ao que poderemos regar com a certeza de retorno e reciprocidade, uma vez que as pessoas, os acontecimentos, a vida, tudo é imprevisível.

Embora muito do que acontecerá em nossas vidas não possa ser controlado, mantermos sob controle nossas verdades e a certeza de que merecemos ser felizes nos tornará mais fortes diante dos tombos, sem que desistamos de nossos sonhos.

28/06/2017 Posted by | Comportamento, Psicologia | Deixe um comentário

A Banalização do Mal

Nas cenas do cotidiano, o mal se banalizou.

Mais um exemplo são as cinco palavras, tatuadas à força na testa de um jovem de 17 anos: “Eu sou ladrão e vacilão”. A tortura ocorreu por ele ser suspeito de roubar uma bicicleta em São Bernardo do Campo (SP). Agressão no adolescente gerou indignação, mas também admiração pelos internautas.

Somos um país que lidera o ranking mundial de linchamentos e homicídios, que banalizou assistir à população fazer justiça com as próprias mãos. Porém, podemos encontrar na filosofia e na psicanálise algumas respostas para entender a banalização do mal. Segundo Theodor Adorno, a principal característica da sociedade de massas não é somente a perda da individualidade, mas a perda da sensibilidade.

O que estamos assistindo todos os dias é a herança da apatia burguesa, que contaminou indivíduos de todas classes sociais, que se tornaram indiferentes a esses acontecimentos e que ainda defendem de forma odiosa essas atitudes brutais nas redes sociais.

Assim o mal embrutece determinadas pessoas diante do sofrimento causado pelo guerra, miséria, injustiça, tortura, repressão e barbárie, como sendo normal a coisificação humana. No seu livro “A Banalidade do Mal”, Hannah Arendt, mostrou que a multidão é incapaz de fazer julgamentos morais e insensível a toda dor e injustiça.

A psicanálise interpreta que a banalização do mal na sociedade atual é a vazão que algumas pessoas fornecem a sua pulsão de morte, conhecida como tânatos. Uma vez que odiosidade e a agressividade são forças que coabitam no ser humano e se manifestam nos conflitos banais de maneira mórbida em nosso cotidiano.

A pulsão de morte simboliza no interior do ser humano como autodestruição, e para o exterior se revela como pulsão de destruição. Por isso, existem pessoas que deixam o seu “demônio interior” falar mais alto, estabelecendo o limite entre o somático e o psíquico, arrastando o organismo a agir em direção do mal. Fiódor Dostoiévski escreveu que sabemos secretamente da existência de um demônio oculto, que habita em nós.

Não é por acaso que fundamentalismo político e religioso se aproveitam da banalização do mal, para destruir o espaço público, criando uma sociedade de indivíduos atomizados, que zanzam pelos shoppings centers tentam esquecer o medo da pobreza. Além disso, esse discurso de ódio desrespeita as diferenças e quer impor as suas normas através da força, condenando todos os que pensam de outro modo.

Entretanto para Jean-Jacques Rousseau o homem só se torna homem, ou seja, torna-se humano pela piedade e a piedade está presente nas pessoas de boa vontade, pois dessa virtude brotam a generosidade, a clemência, a bondade e a benquerença. São poderes mentais, emocionais e espirituais que colocados em ação asseguram a defesa da dignidade humana e recusam a banalização do mal, a fim de bloquearmos a “força luciférica”, que insiste morar dentro de nós.

 

20/06/2017 Posted by | Artigos, Comportamento | Deixe um comentário

Delícias Maduras

Maturidade acalma. 

Traz sossego. 

Nos livra de melindres. 

Gente madura olha nos olhos. 

Não faz chantagem emocional nem sufoca com suas carências. 

Gente madura compreende, não cria caso, não age para atingir nem faz uso de indiretas. 

Aliás ser maduro é ser direto, objetivo. 

É respeitar a opinião alheia pois quer que a sua também seja respeitada.

É aprender com os erros, ao invés de paralisar com eles.

É ouvir mais do que falar e escutar com atenção, pois é assim que procede o aprendizado. 

Gente madura ri de si mesma pois sabe que o sorriso é a chave para muitas portas que a vida nos apresenta. 

Sabe que o bom humor é chique, que gente feliz brilha, sem precisar de Sol. 

E sabe também que alegria de verdade não se forja, se exercita com as próprias dificuldades da vida.

Gente madura sabe o que é ser feliz. Anda devagar, por que já teve pressa e percebeu que ela não é só inimiga da perfeição. 

Gente madura sabe que a pressa faz passar despercebido o que realmente nos ilumina o coração. 

Erick Tozzo

19/06/2017 Posted by | Comportamento | Deixe um comentário

Os 7 inimigos do coração 

Especialista em medicina de estilo de vida, o doutor Luiz Fernando Sella deixou de lado as tradicionais causas físicas que afetam a saúde, como altos índices de colesterol, hipertensão, diabetes ou cigarro, e decidiu investigar o lado emocional da questão em seu novo livro, Os 7 inimigos do coração.
A publicação, que ganha noite de autógrafos nesta segunda-feira, na Livraria da Travessa de Ipanema, no Rio de Janeiro, mostra como traições, paixões ou tristezas profundas podem afetar o coração, “a parte mais íntima e profunda do ser”, segundo Sella. 

“O livro convida para uma reflexão sobre algumas emoções que tendem a roubar nossas energias. É uma conversa sobre os sete inimigos que fecham os canais da felicidade. 

Todos têm o potencial de destruir alegria, relacionamentos, caráter, saúde, nossa fé. Mas, para cada um, existe um remédio, o verdadeiro antídoto, capaz de neutralizar seus efeitos nocivos”, explica ele. 

19/06/2017 Posted by | Estilo, Livros, Saúde | Deixe um comentário

Veja o que mudou nas regras para viajar de avião. 

O passageiro que decidir viajar de avião deve ficar atento. 

Já estão em vigor novas regras do setor, como o fim da franquia de bagagem. 

A Gol começa a cobrar por mala despachada nesta terça-feira. 

Outras aéreas como Azul e Latam já anunciaram cobrança.

O principal argumento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) é que hoje o custo do transporte da mala está embutido no preço da passagem.

 Quem despacha e quem não despacha paga a mesma coisa. 

A ideia é que, com a permissão para cobrança pela bagagem, as tarifas para quem só leva bolsa de mão caiam. 

Mas não há garantia de que isso vá acontecer.


19/06/2017 Posted by | Viagens | Deixe um comentário

Olhos cansados: por que esse problema é cada vez mais frequente?

Você já sentiu seus olhos ardendo, coçando e lacrimejando, como se estivessem sempre cansados? Se a resposta for positiva, vale a pena ficar atento. Segundo o oftalmologista Ricardo Augusto Paletta Guedes, esses podem ser sintomas de um fenômeno recente chamado astenopia ocupacional. Cada vez mais comum, ele é causado pelo uso excessivo de celulares, tablets e computadores.

A astenopia é um dos tipos de cansaço visual e compreende um conjunto de sintomas oculares causados pelo esforço exagerado. Os principais são dores oculares, cefaleias (dor de cabeça), lacrimejamento, ardência e coceira. A falta de óculos, para quem tem miopia, hipermetropia ou astigmatismo, também pode causar a doença.

Recentemente, no entanto, tem chamado a atenção a frequência cada vez maior de casos de astenopia ocupacional, causada pelo uso intenso de dispositivos digitais. Isso ocorre porque, quando os olhos fixam um objeto a menos de 3 metros de distância, o músculo ciliar entra em contração para focalizar a imagem. “Ao usarmos o celular, tablet ou computador em excesso, geramos um esforço exagerado e prolongado desse músculo, originando esse tipo de astenopia”, explica o médico. Para completar, quando ficamos muitas horas seguidas em frente a uma tela, o reflexo de piscar diminui e acabamos piscando menos vezes do que o normal. Isso gera ressecamento ocular, outro causador do sintoma de cansaço visual.

Cuidados

Segundo o oftalmologista, o tratamento da astenopia deve ser direcionado à causa do cansaço. “Se for um erro de refração, como miopia, hipermetropia ou astigmatismo, a correção visual por meio de óculos ou lente de contato deverá ser prescrita”, afirma.

Se a causa for uso excessivo dos dispositivos digitais, ele acredita que a educação do paciente seja fundamental. “É preciso limitar o uso da visão de perto e intercalar com períodos de descanso”, recomenda. “Normalmente, para cada 40 ou 50 minutos de uso do computador, celular ou tablet, deve-se ter em torno de 10 minutos de descanso visual”, afirma. Nesse período de descanso, é importante olhar para longe, pela janela, ou ficar com os olhos fechados por alguns minutos. Outro cuidado importante é o de manter os olhos bem lubrificados, lembrando-se de piscar de forma frequente, mesmo que voluntária, ou por meio do uso de colírios lubrificantes oculares.

Lentes especiais

Para quem sente desconforto nos olhos, mas de qualquer forma precisa passar o dia alternando o olhar entre diversas telas digitais, as ZEISS Digital Lenses podem ajudar – e muito. As lentes foram desenvolvidas especialmente para pessoas que têm entre 30 e 40 anos, independentemente de usarem lentes de visão simples ou não, e precisam diminuir o estresse visual ao longo do dia. Sua efetividade foi testada em usuários de dispositivos digitais e 90% deles ficaram satisfeitos. Os participantes afirmaram que elas reduziram os sintomas de olhos cansados. Saiba mais em http://www.lentesdigitais.com.br.   

Fonte: Ricardo Guedes

17/06/2017 Posted by | Estilo, Saúde | 1 Comentário

Novo antibiótico eficaz contra bactérias resistentes é descoberto

O novo mecanismo também é 10 vezes menos suscetível a desencadear resistência do que os antibióticos atualmente no mercado

Cientistas anunciaram a descoberta, em um teste na Itália, de um novo antibiótico eficiente contra as bactérias resistentes.

O novo antibiótico, produzido por um micróbio encontrado no solo, que foi batizado como “pseudouridimycine” (PUM), conseguiu destruir uma ampla gama de bactérias, muitas delas resistentes, durante os testes de laboratório. Também foi capaz de curar alguns ratos infectados com escarlatina.

A descoberta foi publicada na revista americana Cell.

O pseudouridimycine neutraliza a polimerase, uma enzima essencial para todas as funções de cada organismo.

Seu mecanismo, no entanto, é diferente ao da rifampicina, uma categoria de antibiótico que atua na mesma enzima. Também é 10 vezes menos suscetível de desencadear resistência como os antibióticos atualmente no mercado.

O “pseudouridimycine” (PUM) matou 20 espécies de bactérias de laboratório e foi particularmente eficaz contra os estreptococos e estafilococos, que muitas vezes são resistentes a múltiplos antibióticos.

Os testes clínicos com o novo antibiótico podem começar em três anos e chegar ao mercado dentro de uma década, afirmaram os cientistas da Universidade Rutgers-New Brunswick e da empresa italiana de biotecnologia Naicons.

A descoberta demonstra mais uma vez que as bactérias encontradas no solo são a melhor fonte de novos antibióticos, destaca a pesquisa

Fonte: AFP

17/06/2017 Posted by | Ciência | Deixe um comentário

Viver Melhor

Aproxime-se de tudo que te faça completo, que te faça feliz e de todos que te queira bem. Aproveite tudo de bom que essa vida tem. Traga para perto de você quem você gosta e quem gosta de você também. Queira ver o lado ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom para quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Seja feliz, despreocupado, de bem com a vida.

 

08/06/2017 Posted by | Reflexões | Deixe um comentário